Jornalistas acompanham coletiva de imprensa na ONU, em Genebra. Foto: ONU/Violaine Martin

UNESCO e parceiros promovem ações pelo Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Uma série de ações desenvolvidas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Brasil, em parceria com diversas entidades que defendem a liberdade de imprensa e de expressão, foi lançada no domingo (3), data comemorativa do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.

Entre as ações previstas está a realização nesta segunda-feira (4), às 17h, de webinar com o tema “A importância do jornalismo em tempos de pandemia e desinformação”, que será transmitido simultaneamente nas páginas do Facebook e nos canais de YouTube de todas as entidades participantes.

Doação de ultrassom reforça diagnósticos de câncer e exames de pré-natal em Boa Vista

A doação feita pela Organização Internacional para as Migrações (OIM) à Secretaria Municipal de Saúde de Boa Vista de um ultrassom com alta resolução de imagem permitirá beneficiar até 48 mil usuários do sistema público do município em um ano. Esta foi a quarta doação de equipamentos de saúde realizada em Roraima este ano.

Os exames reforçarão os diagnósticos de câncer e os exames de pré-natal, beneficiando a comunidade local, de refugiados e de migrantes, sobretudo as mulheres grávidas. O equipamento será instalado no Centro de Tratamento e Prevenção ao Câncer, unidade de referência especializada em diagnóstico de Boa Vista.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – nossa visão compartilhada sobre como acabar com a pobreza, garantir um futuro saudável para o planeta e construir um mundo pacífico – estão ganhando impulso global. Com apenas 10 anos à frente, um ambicioso esforço global está em andamento para cumprir a promessa da #Agenda2030 – mobilizando mais governos, sociedade civil, empresas e convidando todas as pessoas a tomarem para si os #ObjetivosGlobais.

VÍDEO: uma década de ação pelas pessoas e pelo planeta

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – nossa visão compartilhada sobre como acabar com a pobreza, garantir um futuro saudável para o planeta e construir um mundo pacífico – estão ganhando impulso global.

Com apenas 10 anos à frente, um ambicioso esforço global está em andamento para cumprir a promessa da Agenda 2030 – mobilizando mais governos, sociedade civil, empresas e convidando todas as pessoas a tomarem para si os Objetivos Globais.

Crianças e adolescentes têm os mesmos direitos que a condição de refugiado confere a seus pais e mães, podendo tirar a Carteira de Registro Nacional Migratório e pedir a naturalização brasileira em quatro anos. Foto: ACNUR/Victor Moriyama

Em reunião online, Brasil reconhece 772 crianças e adolescentes venezuelanos como refugiados

A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) elogiou o governo brasileiro pelo reconhecimento, na terça-feira (28), da condição de refugiado de 772 crianças e adolescentes venezuelanos.

As crianças e adolescentes beneficiadas pela decisão são filhos ou dependentes de venezuelanos que já haviam sido reconhecidos como refugiados pelo governo brasileiro – e que solicitaram a extensão deste reconhecimento aos seus familiares com menos de 18 anos.

Campanha de informação sobre o coronavírus nas paredes das comunidades - Foto: Frente de Mobilização da Maré

Pensando no coletivo, favelas se organizam para combater o coronavírus

Gizele Martins é nascida e criada no Complexo da Maré, conjunto de 16 favelas com cerca de 140 mil habitantes na cidade do Rio de Janeiro. Jornalista e comunicadora comunitária, ajudou a criar a Frente de Mobilização da Maré para se preparar para a chegada do novo coronavírus.

O principal objetivo é distribuir de maneira ampla, efetiva e de acordo com a realidade da favela informações baseadas nas recomendações divulgadas pelo Ministério da Saúde, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Fiocruz sobre os cuidados e riscos do novo coronavírus.

Campanha de informação sobre o coronavírus nas paredes das comunidades - Foto: Frente de Mobilização da Maré

Rio’s vulnerable organize themselves to fight coronavirus

Gizele Martins was born and raised in the Complexo da Maré, a group of 16 favelas (slums) with around 140,000 inhabitants in Rio de Janeiro. A journalist and community activist, she helped to create the Mare Mobilization Front to prepare for the arrival of the new coronavirus.

Her mission is to distribute information based on the recommendations from the Ministry of Health of Brazil, the World Health Organization (WHO) and Oswaldo Cruz Foundation (FIOCRUZ) about the care and risks of the new coronavirus, in a broad and effective manner to the poor living in difficult conditions in the favelas.

Crianças que participam da estratégia de interiorização ganham companhia especial

A partir de abril, as crianças venezuelanas de 6 a 11 anos que participam da estratégia de interiorização do governo federal recebem a cartilha “Viajando por Brasil com Felipe y Elena”. O livro apresenta o novo país aos pequenos com informações culturais e geográficas, através dos olhares do brasileiro Felipe e da venezuelana Elena.

O livro é parte do “Passaporte para a Educação”, uma iniciativa do projeto Education Cannot Wait (A Educação não Pode Esperar), implementado em Roraima pela Organização Internacional para as Migrações (OIM) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Passageiros usam máscaras na estação Pinheiros, em São Paulo (SP). Foto: Agência Brasil/Rovena Rosa

Empresas brasileiras reconhecem que não atuar durante crise pode prejudicar reputação

As empresas brasileiras reconhecem que devem se responsabilizar para encontrar soluções aos desafios que chegam com a pandemia de COVID-19, e dizem estar satisfeitas com o que estão fazendo.

Por outro lado, menos da metade disse estar conduzindo ações educativas e sociais, como doações financeiras e/ou de equipamentos e materiais, e apenas uma em cada dez disse estar atuando em parceria com os órgãos governamentais.

É o que mostra o relatório “COVID-19 – Como as Empresas Estão Enfrentando a Pandemia”, produzido pela Rede Brasil do Pacto Global e pela agência global de comunicação Edelman.

Com apoio da ONU Mulheres, Isa Bot ganha novos conteúdos para enfrentar violência doméstica

A organização Think Olga e o Mapa do Acolhimento, projeto do Nossas.Org, anunciaram na terça-feira (28) uma atualização da ISA.bot, robô para Messenger e Google Assistente lançado no fim de 2019 com recursos para segurança online das mulheres.

A ISA.bot apresentará dicas e orientações para mulheres que estejam vivendo essa situação ou para pessoas que possam estar em condições de ajudar. São informações e dicas para se manter segura, como, por exemplo, informar alguém de confiança sobre o que está acontecendo, ou pedir que ligue diariamente para saber como está.

Cáritas e OIM acolhem refugiados e migrantes venezuelanos

Os refugiados e migrantes venezuelanos que participaram da estratégia de interiorização do governo federal e foram impactados pela pandemia do novo coronavírus serão acolhidos em casas de passagem.

O projeto irá acolher cerca de 400 refugiados e migrantes que perderam seus empregos, sua renda e sua moradia, contribuindo para as medidas de isolamento social e para a proteção de pessoas vulneráveis. Além de aliviar o sistema público de saúde, beneficiando toda a sociedade brasileira.

OPAS/OMS disponibiliza cursos virtuais sobre COVID-19 em português para profissionais de saúde

Com o intuito de apoiar profissionais de saúde do Brasil em meio à pandemia de COVID-19, a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) lançou quatro cursos virtuais de autoaprendizagem em português sobre doenças por vírus respiratórios emergentes, prevenção e controle de infecções pelo novo coronavírus, projetos para unidades de tratamento de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) e cuidados clínicos na SRAG. Todas as capacitações são abertas e gratuitas, sem prazo para conclusão.

Foto: OIT

OIT lembra importância de promover trabalho decente para domésticas em tempos de COVID-19

Observou-se na segunda-feira (27) o Dia Nacional da Trabalhadora Doméstica, data que marca a luta da categoria por seus direitos trabalhistas e ganha ainda mais relevância em meio à pandemia da COVID-19.

Por enfrentarem a difícil escolha entre trabalhar ou perder sua fonte de renda, assim como muitas pessoas na economia informal, as trabalhadoras domésticas estão entre as mais expostas ao risco de infecção, seja por dependerem de transporte público, por estarem expostas ao contato direito com outras pessoas, entre outros fatores.

Leia o relato da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

UNFPA e Itaipu realizam atividades online com adolescentes do oeste do Paraná

O projeto Prevenção e Redução da Gravidez Não Intencional na Adolescência nos Municípios do Oeste do Paraná, uma ação do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) no Brasil em parceria com a Itaipu Binacional, iniciou na quarta-feira (22) uma série de encontros virtuais com adolescentes.

Os encontros têm por objetivo promover debates sobre a promoção de direitos e fornecer informações adequadas às expectativas e dúvidas dos e das jovens durante a pandemia de COVID-19.

No Dia da Educação, UNESCO chama atenção para urgência de enfrentar desafios impostos pela COVID-19

Com mais de 1,5 bilhão de estudantes afetados pela pandemia em todo o mundo, a educação enfrenta uma crise sem precedentes. O número representa 87% da população mundial de estudantes. 

Valorizar a educação em um dos momentos mais difíceis da história é um compromisso da UNESCO para fortalecer uma agenda comum, que facilite oportunidades de aprendizagem inclusiva e equitativa para crianças e jovens durante este período no qual a educação foi interrompida de maneira súbita e sem precedentes devido à COVID-19.

A indiana Fátima Babu lidera campanha contra a fundição de cobre Sterlite em Tuticorin há 24 anos. Foto: Thom Pierce /Guardian/Global Witness/PNUMA

ONU e parceiros coordenam esforços para apoiar defensores ambientais

Programas das Nações Unidas, defensores do meio ambiente, ONGs e instituições acadêmicas se reuniram em Genebra no fim de fevereiro para discutir como mobilizar a comunidade internacional para apoiar os defensores ambientais.

Em todo o mundo, esses defensores estão lutando por um meio ambiente mais saudável ​​– não apenas para suas comunidades, mas para todos. Apesar de seu trabalho valioso e corajoso, eles continuam altamente vulneráveis ​​e sob crescente ataque em todo o mundo. Leia o relato do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

UNICEF lança podcast diário para ajudar crianças a continuar aprendendo em casa

Neste Dia da Educação, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lança ‘Deixa que Eu Conto’, podcast diário que vai levar histórias, brincadeiras e atividades a crianças e famílias de todo o país, contribuindo com o direito de aprender, em tempos de coronavírus.

Todos os conteúdos são gratuitos e estão disponíveis no Spotify, no YouTube e no site do UNICEF. Eles também serão disseminados para rádios de todo o país e compartilhados via WhatsApp.

OIM e Cáritas trabalham juntas para apoiar a integração econômica de migrantes no Paraná

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) e a Cáritas Brasileira Regional Paraná assinam acordo para promover a inserção econômica e laboral de migrantes vulneráveis, incluindo venezuelanos, no estado do Paraná. O projeto pretende beneficiar 400 migrantes em três frentes principais de ação: capacitação profissional, empreendedorismo e economia solidária.

Esta iniciativa é realizada no marco do projeto “Oportunidades – Integração no Brasil”, implementado pela OIM e realizado com o financiamento da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

Meninas e mulheres acessam água potável no vilarejo de Woukpokpoe, em Benin. Foto: Banco Mundial/Arne Hoel

Pacto Global discute importância do saneamento básico na luta contra o novo coronavírus

A falta de água e saneamento coloca bilhões de pessoas em risco de contaminação por coronavírus. De acordo com recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), a lavagem de mãos é uma defesa básica de primeira linha, sendo a forma mais eficaz de prevenir a propagação da COVID-19. Entretanto, a ONU estima que uma em cada três pessoas no mundo não tem acesso a água potável e sabão.

Para discutir estes desafios, a Rede Brasil do Pacto Global promoveu nesta quinta-feira (23) o webinar COVID-19 e ODS6: A importância do saneamento básico para o combate ao coronavírus.

Cartilha multilíngue auxilia na promoção da saúde de indígenas venezuelanos refugiados no Brasil

Nos esforços para apoiar as populações mais vulneráveis à pandemia do novo coronavírus, a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e a Instituição Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI) lançam a cartilha ‘Comunicação sobre Saúde com Indígenas Warao e Eñepa’, disponível em português, espanhol, e também nos idiomas nativos dessa população indígena em situação de refúgio no Brasil.

Voltado também para profissionais de saúde, a publicação traz uma perspectiva intercultural para facilitar a comunicação e o entendimento com a população indígena sobre saúde, diagnóstico e tratamento de acordo com a cosmologia de cada grupo. O material foi produzido em estreita colaboração com lideranças dessas duas etnias, que apoiaram na tradução, revisão e ilustração.

Pesquisas estão em andamento no mundo todo para encontrar uma vacina contra a doença provocada pelo novo coronavírus. Foto: Loey Felipe/UN Photo

Funcionários da OPAS adotam teletrabalho para apoiar resposta brasileira à COVID-19

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil disse estar preparada para continuar cooperando com as autoridades nacionais no enfrentamento à COVID-19, respeitando as medidas de isolamento social.

No dia 13 de março, o Plano de Continuidade de Operações da OPAS/OMS no Brasil (BCP – sigla em inglês) foi acionado para permitir que as funções, procedimentos corporativos e a capacidade da Organização de prestar a cooperação técnica estejam garantidos a fim de responder à situação de emergência.

OPAS pede que países mantenham programas de vacinação durante pandemia da COVID-19

As recomendações de fortalecer a vacinação contra influenza sazonal e sarampo foram emitidas em razão da 18ª Semana de Vacinação nas Américas, de 25 de abril a 2 de maio.

Desde 2003, mais de 806 milhões de pessoas de todas as idades foram vacinadas contra uma ampla gama de doenças perigosas sob a iniciativa regional promovida pela OPAS.

O Brasil estabeleceu postos de vacinação em escolas vazias devido à COVID-19, além de supermercados e farmácias. Além disso, está oferecendo vacinação “drive-thru” e em casa para pessoas que não conseguem sair de suas residências por motivos de saúde.

A meta é vacinar mais de 60 milhões de pessoas de alto risco – aquelas com doenças subjacentes, mulheres grávidas, crianças, profissionais de saúde e idosos.

São Gabriel da Cachoeira é um município localizado no estado do Amazonas e relatou a segunda maior incidência de casos de malária no país em 2018. Foto: OPAS/OMS.

OPAS destaca importância de se manter queda de casos de malária no Brasil

Em um ano, o Brasil conseguiu reduzir em 23,8% o número de casos de malária, passando 193.837 em 2018 para 156.629 em 2019. Neste ano, o país vem mantendo a redução, com uma queda, de janeiro a fevereiro, de 21,3% em relação ao mesmo período de 2019 – saindo de 24.115 para 19.878.

Por isso, no Dia Mundial de Luta Contra a Malária (25 de abril), a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) reforça a importância de o Brasil continuar os esforços de combate à doença, de forma sustentável.

Além disso, o organismo internacional destaca a necessidade de proteger os trabalhadores de saúde durante a pandemia de COVID-19, para que sejam mantidos os progressos já atingidos na luta global contra a malária.

Hayam leva cinco minutos para confeccionar uma máscara - Foto: Arquivo pessoal

Refugees make and distribute COVID-19 masks in Sao Paulo

Refugees and migrants are making and distributing masks designed to protect against the coronavirus to residents living in public housing in Sao Paulo, Brazil. Get to know the story of the Syrian designer and journalist who are working in collaboration with the Ministry of Labour and the University of Campinas with support from United Nations Refugee Agency (UNHCR) and the United Nations Population Fund (UNFPA) on the project that is called “Deslocamento Criativo”.

Curso aborda principais aspectos da produção e do uso do biogás para geração de energia elétrica e térmica. Foto: UNIDO

GEF Biogás Brasil lança em maio curso remoto sobre fundamentos do biogás

O “Curso de Fundamentos do Biogás” faz parte do Projeto GEF Biogás Brasil, implementado pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) e coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

O projeto oferece apoio técnico para conversão de resíduos orgânicos em energia ou combustível renovável, além de suporte na criação de modelos de negócios e assistência especializada sobre financiamento e políticas públicas referentes ao setor.

Os ministros destacaram a importância da disponibilidade de alimentos a preços convenientes em meio à pandemia de COVID-19. Foto: EBC

Países das Américas coordenaram ações para garantir alimentos na pandemia

Ministros de 34 países das Américas, entre eles do Brasil, destacaram a importância da disponibilidade de alimentos a preços convenientes. Também enfatizaram a necessidade de que produção, distribuição e venda sejam realizadas com o menor risco para a saúde de todos os que participam da cadeia alimentar.

A inédita Reunião Hemisférica de Ministros e Secretários de Agricultura foi organizada pelo Instituto Interamericano de Cooperação em Agricultura (IICA) e pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), em resposta a uma solicitação do Ministério da Agricultura do Chile.

Curitiba combina design e tecnologia para produzir protetores faciais impressos em 3D

Para lidar com o atual surto da COVID-19, a cidade de Curitiba mobilizou sua experiência em design e inovação para começar a produzir protetores faciais impressos em 3D para proteger seus profissionais de saúde.

Os recursos necessários para produzir estes protetores foram captados através de um esforço sincronizado entre órgãos públicos e privados.

O laboratório de fabricação do município, Fab Lab, está produzindo cerca de 220 unidades por dia.

Curitiba, uma das Cidades Criativas de Design da UNESCO no Brasil, é considerada uma referência nacional e internacional em inovação e cultura urbana.

Palestra virtual da assessora de apoio comunitário do UNAIDS sobre "COVID-19 e saúde". Foto: UNAIDS

Cozinha&Voz recebe oficial do UNAIDS para debate sobre HIV e resposta à COVID-19

As pessoas mais afetadas pela COVID-19, assim como as pessoas mais afetadas pelo HIV, são exatamente aquelas que estão em situação de vulnerabilidade social.

O alerta foi feito por Ariadne Ribeiro, assessora de apoio comunitário do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e uma mulher trans. Ela foi a convidada para uma palestra virtual sobre “COVID-19 e saúde”, para a turma do Cozinha&Voz, na quarta-feira (22).

O projeto desenvolvido por Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Ministério Público do Trabalho (MPT) capacita profissionais como assistente de cozinha e promove a empregabilidade de pessoas em situação de exclusão socioeconômica.

O webinário será transmitido no canal do UNFPA Brasil no Youtube. Arte: UNFPA

Seminário online debate desafios da produção de dados populacionais no contexto da COVID-19

A pandemia do novo coronavírus vem trazendo alterações no cotidiano social e na vida da população, desafiando a produção de dados populacionais e informações. No Brasil, e em diferentes países, ocorreu o adiamento da realização dos censos demográficos e as metodologias para a realização de pesquisas vêm sendo atualizadas para a nova realidade.

Diante deste cenário, na próxima quarta-feira (29), às 15h, a Associação Brasileira de Estudos Populacionais e o Fundo de População da ONU (UNFPA) realizam a primeira edição da série de webinários População e Desenvolvimento em Debate, com o tema “O desafio dos dados populacionais no contexto da COVID-19”. 

Equipamentos de Saúde doados pela OIM irão reforçar a rede pública de Roraima

Com o intuito de reforçar a rede pública de saúde a enfrentar a pandemia da COVID-19 e responder a demanda dos roraimenses e venezuelanos, a Organização Internacional para as Migrações (OIM) doou dois ultrassons à Secretária de Estado da Saúde de Roraima. A ação irá beneficiar mais de 50 mil usuários do Sistema Único de Saúde do estado no período de um ano.

Os equipamentos de alta resolução acompanhados de transdutores reto, curvo e endocavitário ficarão disponíveis no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, em Boa Vista, e no Hospital de Rorainópolis, duas das principais unidades hospitalares do estado. Eles serão úteis para procedimentos variados incluindo exames de pré-natal, diagnósticos cirúrgicos e observação de fraturas, por exemplo.

Projeto apoiado pelo ONU-HABITAT no Rio ajuda pessoas em situação de extrema pobreza

Projeto implementado pela Prefeitura do Rio de Janeiro em parceria com o Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) localiza pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social na capital fluminense e as encaminha a serviços públicos ou a programas de transferência de renda.

Em meio à pandemia de COVID-19, a busca por essas pessoas, antes feita presencialmente, ocorre agora por telefone. Mais de 1,6 mil ligações já foram realizadas.

Entre agosto de 2019 e fevereiro de 2020, o Projeto Territórios Sociais visitou cerca de 102 mil domicílios, entrevistou cerca de 98 mil pessoas e identificou nos seus primeiros oito meses aproximadamente 28 mil famílias como socialmente vulneráveis.

As famílias já encontradas estão sendo monitoradas e seus protocolos de atendimento sendo implantados. Cerca de 8 mil foram submetidas a uma visita de saúde, aproximadamente 4 mil foram atendidas pela assistência social e 1,6 mil crianças foram matriculadas na escola.

Novo SARS-CoV-2 de Coronavírus Micrografia eletrônica de varredura colorida de uma célula mostrando sinais morfológicos de apoptose, infectados com partículas do vírus SARS-COV-2 (laranja), isoladas de uma amostra de paciente. Imagem capturada no NIAID Integrated Research Facility (IRF) em Fort Detrick, Maryland. Crédito: NIAID

Pandemia criará um novo paradigma de sanidade alimentar, diz especialista ouvido pelo Pacto Global

A pandemia de COVID-19 coloca em discussão duas questões importantes para o agronegócio: a segurança alimentar, ou seja, garantir o acesso de todos aos alimentos; e a sanidade alimentar, que visa evitar a transmissão de doenças através da alimentação.

O projeto “Quarentena com o Pacto” recebeu Marcos Jank,  professor do Insper e titular da cátedra Luiz Queiroz da Esalq-USP,  para quem o Brasil tem um papel fundamental tanto na garantia do abastecimento global, quanto na liderança de um novo paradigma de controle de doenças que atingem animais e humanos no mundo.

Programa do PNUD e da Embrapa dá suporte para o beneficiamento de frutas da caatinga e do cerrado – Foto: PNUD

Projeto do PNUD contribui para conservação do cerrado e da caatinga em Minas Gerais

Localizado na região Nordeste do Estado do Minas Gerais, o Território do Alto do Rio Pardo abriga a transição de dois importantes biomas nacionais, a caatinga e o cerrado. A região enfrenta desafios que envolvem diretamente as famílias e o setor privado: mineração, monocultura de eucalipto e agricultura irrigada impedem a preservação da biodiversidade local e da cultura tradicional local.

O projeto Bem Diverso, implementado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) em parceria com a Embrapa e com recursos do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF), está atuando na região para contribuir para a conservação da biodiversidade local.

Conheça um pouco mais sobre o projeto.

Cozinha&Voz capacita profissionais como assistente de cozinha e promove a empregabilidade de pessoas em situação de exclusão socioeconômica. Foto: OIT

Projeto de trabalho decente para pessoas em vulnerabilidade faz sessões online

Projeto Cozinha&Voz capacita profissionais como assistente de cozinha e promove a empregabilidade de pessoas em situação de exclusão socioeconômica.

Ação faz parte de iniciativa de promoção do trabalho decente para pessoas em situação de vulnerabilidade, desenvolvida pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) e pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), com apoio da cozinheira Paola Carosella e da Casa Poema.

"Eu tô com saudade da escola. E também eu fico com falta dos meus amigos, eu gosto deles, mas não falo com eles, entendeu? Eu tô com saudade", explica Bianca Fontoura, de 5 anos, moradora de Manaus. Desenho: Bianca Fontoura

UNICEF convida crianças a desenhar como se sentem durante a quarentena

Como as crianças estão se sentindo durante a pandemia de COVID-19? O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) está fazendo essa pergunta a meninas e meninos de diferentes partes do país.

Por meio de desenhos, as crianças contam que sentem falta da escola, mostram que o novo coronavírus as assusta, mas também trazem mensagens de esperança.

Lançada nesta quarta-feira (22), a campanha “Sentimentos no Papel” tem como objetivo dar voz às crianças e incentivá-las a expressar seus sentimentos.

Serão priorizadas mulheres gestantes, lactantes e sobreviventes de violência doméstica, além de pessoas idosas. Ao todo, serão distribuídos 1 mil kits de higiene pessoal e limpeza. Foto: UNFPA

UNFPA distribui kits de higiene e limpeza para pessoas refugiadas e migrantes em Roraima

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) começa a distribuir nesta quarta-feira (22) 1 mil kits de higiene pessoal e limpeza a pessoas refugiadas e migrantes em Roraima, para que possam se proteger da pandemia da COVID-19.

Nesse primeiro momento, serão priorizadas mulheres grávidas e lactantes, sobreviventes de violência de gênero, pessoas idosas e crianças. A entrega ocorre em Boa Vista e Pacaraima.