Alimentação escolar foi definida como um super-recurso por estudo do Centro de Excelência contra a Fome. Foto: PMA

Centro de Excelência contra a Fome anuncia resultado de concurso de nutrição

O Centro de Excelência contra a Fome, fruto de uma parceria entre o governo brasileiro e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas, anunciou os vencedores do “Concurso de pesquisas científicas e projetos de inovação: Multiplicando experiências e estratégias sustentáveis de alimentação e nutrição do Brasil”.

O objetivo da iniciativa foi dar destaque a artigos de pesquisa científica e projetos sustentáveis de alimentação e nutrição no Brasil que possam ter sua experiência compartilhada pelo Centro de Excelência na África.

FIDA visitou cooperativas que recebem apoio da ONU e do governo no semiárido piauiense. Foto: FIDA / Manoela Cavadas

Projeto no semiárido do Piauí apoiado pela ONU terá aditivo de R$106 milhões

O governo do Piauí recebe nesta quarta-feira (30) representantes da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural e do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) das Nações Unidas para elaborar a extensão do projeto Viva o Semiárido, iniciativa que visa ao desenvolvimento das comunidades rurais do estado.

Serão financiados planos de negócios nas cadeias produtivas da cajucultura, ovinocaprinocultura, avicultura, apicultura, piscicultura, mandiocultura e artesanato. As ações são voltadas para público prioritário de mulheres, jovens e comunidades quilombolas.

Projeto multissetorial do Banco Mundial promoveu a infraestrutura rodoviária e iniciativas de igualdade de gênero. Foto: EBC

Projeto do Banco Mundial combate violência de gênero em rodovia do Tocantins

No Tocantins, um projeto multissetorial do Banco Mundial visa a aumentar a eficiência do transporte rodoviário do estado. A iniciativa também tem um componente educacional que visa a reduzir o risco de violência de gênero ao longo de uma rodovia.

Para o organismo internacional, a violência de gênero é um tema complexo que demanda a colaboração entre setores distintos — desde o transporte até a educação — de forma a agregar novas ferramentas para seu enfrentamento.

Diretor-geral da OMC durante evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) em Brasília. Foto: CNI/Miguel Ângelo

Comércio pode ajudar a impulsionar competitividade brasileira, diz diretor-geral da OMC

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio, o brasileiro Roberto Azevêdo, discutiu durante visita ao Brasil iniciada na semana passada (23) formas de o comércio internacional e a própria OMC ajudarem o país a ampliar sua competitividade.

“O Brasil é um membro muito ativo na OMC em todas as nossas atividades, do trabalho diário ao monitoramento, aos acordos para disputas assim como em nossas negociações. Olhando adiante, não tenho dúvida de que o comércio e a OMC continuarão a ter importante papel em ajudar o país a impulsionar sua competitividade”, declarou.

Foto: Logan Abassi/ONU/MINUSTAH

Brasil encerra atividade militar no Haiti nesta quinta-feira (31)

Nesta semana, as tropas brasileiras se despedem oficialmente da missão da Organização das Nações Unidas no Haiti depois de mais de uma década. Será realizada na próxima quinta-feira (31), às 19h de Porto Príncipe (20h em Brasília), a cerimônia que marca o encerramento das atividades militares do Brasil na Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (MINUSTAH). Nos últimos 13 anos, 37.500 militares brasileiros atuaram no país.

UNESCO no Brasil lança publicação sobre processo de criação do Museu de Congonhas

A criação do primeiro e único museu de sítio do país, o Museu de Congonhas (MG), localizado junto ao Patrimônio Mundial do Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, ganhou um relato impresso encomendado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Brasil.

A publicação “Museu de Congonhas: Relato de uma Experiência”, da arquiteta Jurema Machado, registra o processo de implantação da instituição e suas contribuições para o desenvolvimento do município.

O programa Embaixadores da Juventude é uma iniciativa criada em 2016 para formar jovens e adolescentes brasileiros com capacidade de liderança e impacto social. Foto: UNODC

ONU e Instituto Caixa Seguradora concluem segunda edição do programa Embaixadores da Juventude

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC) e o Instituto Caixa Seguradora concluem no sábado (2) em Brasília (DF) a segunda edição do programa Embaixadores da Juventude.

Pelo segundo ano consecutivo, a iniciativa reuniu jovens de 18 a 25 anos com forte papel de liderança social para discutir a atuação da juventude na implementação e no monitoramento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Belém, Pará. Foto: Flickr/Bernardo Barlach (cc)

UNICEF e governo do Pará mobilizam municípios em prol da infância

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) realiza na quarta-feira (30) em Belém a cerimônia de repactuação do Selo UNICEF com o governo do Pará. Na solenidade, também será lançada uma campanha da agência da ONU e das Centrais Elétricas do Pará (CELPA) em prol da infância no estado.

O Selo UNICEF estimula os municípios a implementar políticas públicas para garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes.

As fichas técnicas são resultado de estudo desenvolvido por parceria entre a ONU Meio Ambiente e ministérios. Foto: EBC

ONU Meio Ambiente e parceiros lançam consulta online sobre compras públicas sustentáveis

A ONU Meio Ambiente e parceiros realizam até 8 de setembro uma consulta pública do projeto “Compras Públicas e Rotulagem Ambiental” (SPPEL, na sigla em inglês). Estão disponíveis online três fichas técnicas destinadas a testar e aperfeiçoar a metodologia para o desenvolvimento de critérios e requisitos socioambientais na contratação de bens e serviços pela administração pública.

ONU e parceiras promovem roda de conversa online para o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

A Organização das Nações Unidas no Brasil e associações parceiras realizam na quinta-feira (31) uma roda de conversas online para a ocasião do Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, lembrado em 29 de agosto.

Promovida pela campanha Livres & Iguais e parceiras, a roda de conversas “Visibilidade Lésbica 2017: ‘Que visibilidade nós queremos?'” tem o objetivo de celebrar a data e destacar os muitos desafios ainda existentes para a efetividade plena de direitos da população de lésbicas no Brasil.

Ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e representante-residente do PNUD Brasil, Niky Fabiancic, assinam protocolo de intenções. Foto: Marcos Corrêa/PR

Com apoio do PNUD, governo brasileiro lança Programa Nacional de Voluntariado

A ambiciosa Agenda 2030 e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) precisam de um amplo apoio social para serem implementados. Com o objetivo de promover o voluntariado para estimular essa participação social, a Casa Civil do governo brasileiro, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), lançou nesta segunda-feira (28), em Brasília (DF), o Programa Nacional de Voluntariado — Viva Voluntário.

OMS atualiza Lista de Medicamentos Essenciais com novas recomendações sobre uso de antibióticos. Foto: ONU

Especialistas e agências da ONU reúnem-se no Rio para discutir resistência a antibióticos

Representantes de agências da ONU e outros organismos internacionais reuniram-se em meados de agosto (17 e 18) no Rio de Janeiro para trocar informações, unir esforços e alinhar atividades de apoio aos países das Américas na implementação de seus Planos de Ação Nacionais para a contenção da resistência antimicrobiana (RAM).

A reunião teve a presença de representantes do Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (PANAFTOSA-OPS/OMS), da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), entre outros especialistas.

ONU Meio Ambiente e parceiros lançam movimento por separação e descarte correto de lixo

A ONU Meio Ambiente e a Coalizão Embalagens, formada por 23 associações empresariais signatárias do Acordo Setorial de Embalagens em Geral, lançaram nesta segunda-feira (28) na Casa da ONU, em Brasília (DF), o movimento “Separe. Não Pare” com o objetivo de informar, inspirar e mobilizar a população brasileira a separar e descartar corretamente os resíduos domésticos.

Para a representante da ONU Meio Ambiente no Brasil, Denise Hamú, o “Separe. Não Pare.” vai ajudar a transformar a forma como o brasileiro olha para seu lixo. “Quando as pessoas reparam no lixo que geram, passam a adotar outros valores e hábitos de consumo consciente, e isso é o que muda nossos padrões de produção e consumo para outros mais sustentáveis”, declarou.

Setor de mineração é responsável por 200 mil empregos diretos e 800 mil indiretos no Brasil. Foto: PNUD

PNUD e Ministério de Minas e Energia lançam relatório sobre mineração e desenvolvimento sustentável

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Ministério de Minas e Energia lançaram na semana passada (23), em Brasília (DF), a versão em português do “Atlas: Mapeando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável na Mineração”.

O documento, que traz contribuições de iniciativas brasileiras, destaca a atuação do setor na Agenda 2030, com informações sobre como as atividades de mineração podem contribuir para cada um dos 17 ODS.

Em Darfur, no Sudão, mulheres se manifestam pelo fim da violência. Foto: ONU/Albert González Farran

Dia Laranja trata da violência contra mulheres e meninas em crises humanitárias

Agências das Nações Unidas, ativistas e governos do mundo todo lembram a cada dia 25 o Dia Laranja, que alerta para a urgente necessidade de prevenir e eliminar a violência contra mulheres e meninas.

No Dia Laranja de agosto, a campanha centrou-se nas crises humanitárias. Nessas situações, mulheres e meninas são mais propensas a perder seus meios de subsistência e a enfrentar situações de violência baseada em gênero, como a violência sexual, o casamento precoce e o tráfico de pessoas com fins de exploração sexual.

FIDA realizou visitas a cooperativas que recebem apoio da ONU e do governo no semiárido piauiense. Foto: FIDA/Manoela Cavadas

Fundo agrícola da ONU destina R$53 milhões ao semiárido do Piauí

Representantes do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) reuniram-se na semana passada (24) com o secretário do Planejamento do Piauí, Antonio Neto, para tratar de termo aditivo para o projeto Viva Semiárido, iniciativa que visa ao desenvolvimento das comunidades rurais do estado.

O projeto Viva Semiárido engloba 89 municípios e cinco territórios. Tem atuação focada nos municípios com maior índice de pobreza no estado e trabalha com apicultura, fruticultura, cajucultura, mandiocultura, além de também prover outras ações de capacitação e fortalecimento das organizações e associações e cooperativas.

Evento foi concebido para reunir profissionais de serviços de vigilância epidemiológica e das universidades para discutir avanços no conhecimento científico. Foto: EBC

Centro da ONU apoia simpósio no Rio sobre doenças transmitidas por carrapatos

A Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) e a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) promovem nos dias 16 e 17 de outubro o 2º Simpósio Nacional de Doenças Transmitidas por Carrapatos. O evento ocorre no Rio de Janeiro, as inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site do evento. O prazo para envio de trabalhos científicos é 20 de setembro.

O simpósio tem o apoio do Centro Pan-americano de Febre Aftosa (PANAFTOSA).

Haitianos desembarcam no Brasil após terremoto de 2010. Foto: Senado/Luciano Pontes

ONU lança estudo sobre migração haitiana para Brasil, Chile e Argentina

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos (IPPDH) do Mercosul lançaram na semana passada (15) um diagnóstico sobre a migração haitiana para os países-membros e associados do bloco, analisando especialmente o caso das cidades de Brasil, Chile e Argentina.

O estudo concluiu que nos três países há evidências de um nível aceitável de garantia de acessos a direitos por parte dos migrantes haitianos, particularmente no acesso à educação e à saúde. Além disso, no Brasil, a regularização de pessoas migrantes contribuiu de forma importante para o acesso dessa população ao mercado de trabalho formal.

Unindo ficção à realidade, UNAIDS e Rede Globo promovem debate em torno da AIDS. Foto: Reprodução

Unindo ficção à realidade, ONU e Rede Globo promovem debate sobre AIDS

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e o setor de Responsabilidade Social da Rede Globo promovem desde segunda-feira (21) ações para incentivar o debate em torno de temas relacionados ao HIV e à AIDS. A iniciativa faz parte da parceria na plataforma de direitos humanos Tudo Começa pelo Respeito.

“Quando esse tipo de ação de sensibilização acontece, fica claro que ainda estamos carentes de um debate sobre HIV e AIDS em nossa sociedade”, afirmou Daniel de Castro, assessor de comunicação do UNAIDS no Brasil. “Falar de HIV e de AIDS também é uma forma de trabalhar a prevenção. No mínimo, conseguimos alertar as pessoas para o fato de que a AIDS ainda não acabou e de que todo mundo precisa estar atento e se prevenir do HIV”, completou.

Foto: Rede Brasil do Pacto Global/Fellipe Abreu

Rede Brasil do Pacto Global reúne executivos em SP para discutir combate à corrupção

A Rede Brasil do Pacto Global promoveu na semana passada (16) o workshop “Collaboration Lab – Ações coletivas de combate à corrupção”, na sede do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), em São Paulo.

O secretário-executivo da Rede Brasil, Carlo Pereira, ressaltou a urgência de discutir a questão no país. “Por razões óbvias, é um tema que está entre as nossas principais ações. E procuramos trabalhar com a prevenção, pois é assim que podemos gerar maior impacto”, disse.

Foto: Virada Sustentável - SP

Objetivos globais da ONU são tema da Virada Sustentável em São Paulo

A sétima edição da Virada Sustentável será realizada até domingo (27) em São Paulo tendo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) como tema central. O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) é parceiro do evento.

Ao longo de quatro dias, serão mais de 500 atividades, espalhadas por mais de 100 pontos da capital paulista. A expectativa é de um público de mais de 1 milhão de pessoas. Na programação, há exposições, shows, palestras e atividades que discutirão o desenvolvimento sustentável.

Foto: upslon/Flickr

Edital da ONU para organizações feministas prolonga prazo de inscrição para 1º de setembro

O edital Building Movements – Feminismos Contemporâneos estendeu o prazo de inscrição até 1º de setembro. Data limite para se candidatar a financiamento e apoio técnico era 25 de agosto. Iniciativa vai selecionar organizações da sociedade civil brasileira envolvidas na promoção da igualdade de gênero. Objetivo é fortalecer redes feministas no Brasil. Convocatória é promovida pela ONU Mulheres.

Planejamento da carreira e empreendedorismo são alguns dos temas abordados no projeto Empoderando Refugiadas. Foto: Rede Brasil do Pacto Global/Fellipe Abreu

Pacto Global da ONU no Brasil lança documentário sobre projeto Empoderando Refugiadas

A Rede Brasil do Pacto Global da ONU, a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), a ONU Mulheres e outros parceiros do projeto Empoderando Refugiadas promovem na semana que vem (29) em São Paulo evento de encerramento de sua segunda edição. A atividade será gratuita.

Na ocasião, os resultados do projeto serão compartilhados e será lançado um minidocumentário com as histórias de algumas de suas participantes. O filme apresenta as diversas trajetórias, estratégias e desafios de dez mulheres em busca de uma oportunidade de recomeçar a vida em outro país.

Mosquito Aedes aegypti é principal vetor do vírus da dengue, zika e chikungunya. Foto: UNICEF/BRZ/Ueslei Marcelino

Agência da ONU discute combate ao zika em programa do Canal Saúde

A representante-auxiliar do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Fernanda Lopes, participou na terça-feira (22) do Sala de Convidados, programa do Canal Saúde, com o objetivo de discutir o tema “A sociedade e as soluções para o zika”.

Durante o programa, Fernanda citou a campanha do UNFPA Brasil “Mais direitos menos zika”, que foca na necessidade de discutir os direitos de saúde reprodutiva das mulheres para um combate eficaz do vírus.

Na categoria Startups, a vencedora foi Gabriela Vieira Silva, da Agribela, projeto de cápsulas biodegradáveis para controle biológico de pragas agrícolas. Foto: ONU Meio Ambiente/Luciano Pascoal

ONU Meio Ambiente e parceiros premiam iniciativas de redução do impacto ambiental na cadeia de grãos

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) e a ONU Meio Ambiente premiaram na semana passada (18 a 20) em Londrina (PR) duas propostas inovadoras para reduzir o impacto ambiental na cadeia de grãos.

A vencedora da categoria Startups foi a iniciativa Agribela, de Gabriela Vieira da Silva, um projeto de cápsulas biodegradáveis para controle biológico de pragas agrícolas. Na categoria Ideias, o vencedor foi Luiz Guilherme Lira de Arruda com a proposta de “Bico pulverizador para ultra baixo volume”, que tem como objetivo reduzir o volume de calda em pulverizações de agrotóxicos.

Brasil ocupa a 32ª posição em ranking latino-americano e caribenho de participação de mulheres no parlamento. Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

Brasil é ‘lanterna’ em ranking latino-americano sobre paridade de gênero na política

O Brasil ocupa a 32ª posição em um ranking de 33 países latino-americanos e caribenhos sobre participação das mulheres nos parlamentos nacionais. Com 9,9% de parlamentares eleitas, o país só fica à frente de Belize, cujo índice é de 3,1%. O primeiro colocado é a Bolívia, com 53,1% de participação de mulheres no parlamento.

“No Brasil, é urgente reconhecer que as mulheres são fundamentais para a democracia e que elas estão cada vez mais distantes de fazer parte do grupo decisório sobre a política nacional, das possibilidades de exercer a cidadania e da igualdade de maneira plena e concreta”, disse Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres Brasil.

Projeto Viva o Semiárido fortalece negócios de pequenos agricultores no Piauí. Foto: FIDA/Manoela Cavadas

Fundo agrícola da ONU realiza missão ao Piauí para deliberar sobre repasse de R$ 53 mi

O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) deu início nesta semana (22) a uma visita técnica que decidirá pela liberação de 53 milhões de reais para o Projeto Viva o Semiárido (PVSA), iniciativa da agência da ONU para as comunidades rurais do Piauí. O governo do estado deverá desembolsar o mesmo valor para novas iniciativas no âmbito do programa, que é executado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR).

A representante-residente assistente do PNUD no Brasil, Maristela Baioni, e a diretora técnica do SEBRAE Nacional, Heloísa Menezes, em seminário onde foram anunciados os vencedores da premiação Incluir 2017. Foto: SEBRAE

Premiação da ONU sobre empreendedorismo sustentável no Brasil anuncia vencedores

O Programa da ONU para o Desenvolvimento (PNUD) e o SEBRAE divulgaram nesta semana (22) os vencedores da chamada Incluir 2017, premiação sobre empreendedorismo inclusivo. A seleção recebeu 857 inscrições e reconheceu dez ganhadores em categorias que abordam desde a inserção de pessoas idosas no mercado de trabalho até projetos de sustentabilidade no setor agrícola. Resultados foram anunciados no seminário Negócios de Impacto Social, no Rio de Janeiro.

Negócios sustentáveis são tema de encontro regional da ONU Meio Ambiente. Foto: PEXELS

ONU Meio Ambiente promove encontro de organismos financeiros em Buenos Aires

Até 25 de agosto, a Iniciativa Financeira da ONU Meio Ambiente recebe inscrições para seus encontros regionais sobre negócios sustentáveis. Na América Latina e Caribe, evento acontece em Buenos Aires, dos dias 5 a 7 de setembro. Discussões terão a presença de executivos e especialistas das Nações Unidas para debater as chamadas “finanças verdes”. Participação é gratuita, mas os inscritos devem arcar com os custos da viagem.

As Mesas-Redondas Regionais de Finanças Sustentáveis acontecem ainda em Nova Iorque, Genebra, Joanesburgo e Tóquio.

Oskar Slushchenko, solicitante de refúgio da Ucrânia vivendo no Rio de Janeiro. Imagem: UNIC Rio/Pedro Andrade

De Kiev ao Rio: solicitante de refúgio ucraniano busca melhores condições de vida no Brasil

Oskar Slushchenko, ucraniano de 27 anos, deixou seu país de origem em 2014 por causa do conflito separatista que eclodiu no leste da Ucrânia, em abril do mesmo ano. Formado em Relações Internacionais, o jovem vivia e trabalhava na capital federal, Kiev. Com os confrontos na porção oriental do território, Oskar viu seu país enfrentar instabilidade política e econômica. Sem ter certeza sobre o seu futuro, resolveu vir para o Brasil.

Uso da bicicleta como meio de transporte gera atividades físicas regulares que previnem diversas doenças crônicas não-transmissíveis, como hipertensão e diabetes, e o bem-estar físico e mental dos funcionários. Foto: OPAS/OMS

Sede da OMS em Brasília oferece bicicletas para deslocamento de funcionários

A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) disponibiliza 12 bicicletas aos funcionários de sua representação em Brasília (DF). Mais do que uma forma de lazer, a oferta de bikes no ambiente de trabalho pode ser uma estratégia para mobilizar funcionários a adotar hábitos benéficos ao meio ambiente e à própria saúde.

Segundo a agência da ONU, seu uso como meio de transporte gera atividades físicas regulares que previnem diversas doenças crônicas não-transmissíveis, como hipertensão e diabetes, e o bem-estar físico e mental dos funcionários. Além disso, reduz a quantidade de veículos no trânsito e as emissões de partículas nocivas à saúde, além de estimular o uso do espaço público.

Rede Esporte pela Mudança Social reúne organizações que apostam nas atividades físicas e esportivas como ferramenta de desenvolvimento humano. Foto: PNUD/REMS

Rede de ONGs esportivas comemora 10 anos com atividades gratuitas em 5 estados brasileiros

Com a proposta de democratizar a atividade física e o lazer, a Rede Esporte pela Mudança Social (REMS) — criada por uma parceira entre a Nike e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) — promove a partir desta terça-feira (22) o evento “Esporte na Rua”. Iniciativa promoverá ações gratuitas no Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Ceará e Santa Catarina. Programação marca o aniversário de dez anos da Rede.

Os programas de compras públicas promovem melhores hábitos alimentares, geram novos mercados para a agricultura familiar e estimulam a articulação das políticas públicas, segundo a FAO. Foto: EBC

Países latino-americanos discutem normas para compras públicas da agricultura familiar

Parlamentares de oito países latino-americanos e caribenhos, entre eles do Brasil, participam de oficina de trabalho esta semana em Bogotá, na Colômbia, para discutir a formulação de leis e normas para as compras públicas da agricultura familiar. As estratégias inserem-se no Programa de Cooperação Internacional entre Brasil e Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

Os programas de compras públicas promovem melhores hábitos alimentares, geram novos mercados para a agricultura familiar e estimulam a articulação das políticas públicas, de acordo com a FAO.

Centro de Excelência contra a Fome busca replicar experiência positiva do Brasil, que investiu em alimentação escolar para combater a desnutrição. Foto: Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos da ONU (PMA)

Centro da ONU participa de atividades do conselho nacional sobre segurança alimentar e nutricional

O Centro de Excelência contra a Fome da ONU participou na semana passada (16) da Plenária do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA). Representantes do governo e da sociedade civil discutiram políticas públicas de acesso e distribuição de água. Temas como agroecologia, sistemas irrigados, contaminação dos rios por agrotóxicos e preservação e revitalização das bacias hidrográficas estiveram no centro dos debates.

Castanha é produto florestal importante para comunidades que vivem na região amazônica. Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

FAO participa de debates sobre gestão financeira de áreas da Amazônia sob proteção

Em São Paulo para um evento sobre a gestão financeira de áreas da Amazônia sob proteção ambiental, o representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Alan Bojanic, lembrou que zonas de preservação também têm uma função social. Essas regiões, segundo o especialista, podem oferecer oportunidades de geração de renda para quem mora perto das florestas, sem prejudicar o ecossistema.

Camisinhas distribuídas pelo UNFPA. Foto: UNFPA

Agências da ONU incentivam empresas brasileiras a fornecer produtos de saúde para organismos internacionais

Laboratórios e farmacêuticas brasileiros conheceram ao longo de três dias, na semana passada, os parâmetros utilizados por agências da ONU para escolher fornecedores de produtos de saúde. Em workshop promovido pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), especialistas ressaltaram a fraca participação de empresas latino-americanas no mercado internacional de insumos e elogiaram os padrões de regulação do Brasil, que tem capacidade para se inserir na cadeia de fornecedores.

Reuniões do FIDA com representantes do governo piauiense, especialistas e ativistas abordou desigualdades de gênero nas comunidades agrícolas do semiárido. Foto: Governo do Piauí/Larissa Machado

Fundo agrícola da ONU avança debates para reduzir desigualdades de gênero no semiárido do Piauí

Em viagem a Teresina, uma equipe do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) se reuniu com ativistas, especialistas e representantes do governo do Piauí para discutir como reduzir as desigualdades de gênero em comunidades rurais do semiárido. O objetivo da missão à capital do estado era a elaboração de um plano sobre empoderamento das mulheres para o projeto Viva o Semiárido, parceria do FIDA e do Executivo estadual.