Maria-Noel Vaeza se reuniu com representantes da sociedade civil para apresentar a nova campanha Geração Igualdade e discutir o a situação das mulheres brasileiras. Foto: ONU Mulheres

Nações Unidas pedem mais investimentos do Brasil nos direitos das mulheres

A diretora da ONU Mulheres para América Latina e Caribe, Maria-Noel Vaeza, reuniu-se em fevereiro (20 e 21) em Brasília (DF) com autoridades do Executivo e do Judiciário brasileiros e lideranças da sociedade civil.

Nos encontros, salientou que países da região precisam avançar em políticas para a eliminação das desigualdades de gênero, raça e etnia, a fim de fazer avançar o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O Bem Diverso é uma parceria entre a Embrapa e o PNUD. Foto: Bem Diverso

Seminário aborda experiência europeia e brasileira em conservação da biodiversidade

Promover uma dinâmica de cooperação e discussão de temas relacionados ao uso sustentável e à conservação da biodiversidade, tendo como base as experiências europeias e brasileiras. É com essa proposta que ocorreu na segunda-feira (2), em Brasília (DF), o seminário internacional “A experiência europeia e brasileira na promoção do uso e conservação da biodiversidade”.

Promovido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o evento foi realizado no âmbito do projeto Bem Diverso e marcou o início da segunda etapa do projeto Diálogos Setoriais, parceria gerenciada pelo Ministério de Economia, pela Delegação da União Europeia no Brasil (DELBRA) e pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE).

SP recebe 5ª edição do Embaixadores da Juventude, curso da ONU para jovens líderes

Estão abertas inscrições para a quinta edição do curso de formação do Programa Embaixadores da Juventude, que ocorrerá de 25 a 29 de março deste ano, em São Paulo (SP).

O curso é promovido pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC) e pelo Instituto Caixa Seguradora, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania da cidade de São Paulo (SMDHC).

Podem se inscrever jovens entre 18 e 24 anos, com Ensino Superior ou Técnico Profissionalizante (concluído, em andamento ou suspenso) e, sobretudo, que tenham espírito de liderança e papel transformador em suas comunidades. As inscrições vão até 10 de março.

Exposição “Alguns eram vizinhos: escolha, comportamento humano e o Holocausto”, realizada pelo Centro de Informação das Nações Unidas (UNIC Rio), em Recife (PE). Foto: Luiza Correia Katz

Exposição sobre vítimas do Holocausto realizada pelo UNIC Rio é inaugurada no Recife

A Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (ALEPE) realizou no dia 11 de fevereiro uma sessão solene em homenagem às vítimas do Holocausto. O evento foi uma iniciativa de deputados estaduais em parceria com a Federação Israelita de Pernambuco e o Consulado Geral da República Federal da Alemanha no Recife (PE).

Na ocasião, foi inaugurada a exposição “Alguns eram vizinhos: escolha, comportamento humano e o Holocausto”, realizada pelo Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), que também está em cartaz no Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), no Rio de Janeiro.

A mostra é produzida em parceria com o Museu Memorial do Holocausto dos Estados Unidos e o Programa Educacional da ONU sobre o Holocausto.

Treinamento realizado pela Accor com refugiados em Boa Vista (RR). Foto: Exército Brasileiro

Setor hoteleiro é opção para refugiados se realocarem no mercado de trabalho brasileiro

A multinacional hoteleira Accor fechou recentemente um acordo para contratar, até 2021, 150 refugiados venezuelanos para trabalhar em hotéis operados pelo grupo em Argentina, Brasil, Chile e Colômbia. A iniciativa acontece em paralelo a outro projeto que oferece treinamento a pessoas refugiadas no Brasil, como ocorreu em Boa Vista (RR) em dezembro.

Com o tema “O Mundo da Hospitalidade”, o curso capacitou mais de 80 refugiados venezuelanos, que saíram dos dois dias intensivos de aula com um certificado em mãos para atuar no setor hoteleiro. O treinamento foi realizado na Universidade Federal de Roraima e contou com o apoio da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

Sede da UNESCO em Paris. Foto: UNESCO

UNESCO condena assassinatos de jornalistas no Brasil, na Somália e no México

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) condenou na semana passada (27) o assassinato do jornalista brasileiro Lourenço Léo Veras, morto em 12 de fevereiro na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, onde trabalhava perto da fronteira com o Brasil.

Em nota, a diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, disse que os autores do crime precisam ser levados à Justiça e punidos. Ela acrescentou que a proteção dos jornalistas é fundamental para a defesa da liberdade de imprensa e da liberdade de expressão.

No município de Capitão Leônidas Marques (PR), prática do ioga é usada como canal para aproximar famílias e promover o debate sobre relacionamentos e conhecimento do próprio corpo. Foto: UNFPA

Saúde sexual e reprodutiva é discutida em aulas de ioga com adolescentes no Paraná

Em Capitão Leônidas Marques, município no oeste do Paraná, adolescentes estão tendo contato com o ioga como uma forma não apenas de exercício da mente e do corpo, mas também como uma ferramenta de promoção do debate sobre saúde e sexualidade.

Durante a prática, são abordados os temas trabalhados pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) nas capacitações dentro do projeto Prevenção e Redução da Gravidez Não Intencional na Adolescência nos Municípios do Oeste do Paraná, em parceria com a ITAIPU Binacional.

Maestro João Carlos Martins se apresenta no maior abrigo para refugiados e migrantes na América Latina, em Boa Vista (RR). Foto: ACNUR/Allana Ferreira

Pianista João Carlos Martins apresenta-se para refugiados e migrantes em Roraima

Conhecido mundialmente no circuito de música erudita, o maestro e pianista brasileiro João Carlos Martins usou mais uma vez a música para romper barreiras e unir nações.

Em uma recente visita a Roraima, ele levou inspiração às famílias que vivem no abrigo temporário para refugiados e migrantes venezuelanos Rondon 3, o maior abrigo para esta população na América Latina. Leia o relato da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

O Ministério da Saúde brasileiro confirmou na quarta-feira (26) o primeiro caso de COVID-19 no país. Foto: CDC/Alissa Eckert, James Archer

OPAS recomenda que países das Américas intensifiquem resposta à COVID-19

A diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Carissa F. Etienne, recomendou na quarta-feira (26) que os países intensifiquem seus planos de preparação e resposta à doença causada pelo coronavírus 2019 (COVID-19) antes do surgimento de novos casos na região das Américas.

O Ministério da Saúde do Brasil confirmou na quarta-feira o primeiro caso de COVID-19 no país. O paciente é um homem de 61 anos que voltou recentemente de uma viagem à Itália, onde tem ocorrido um surto do vírus desde a semana passada. Até agora, o COVID-19 já afetou 81.109 pessoas em 38 países ao redor do mundo, 78.191 delas na China.

Hingride Marcelle Leite de Jesus tem 20 anos e participou do programa “Uma Vitória Leva à Outra” no Rio de Janeiro. Foto: ONU Mulheres/Camille Miranda

PERFIL: ‘Sou Geração Igualdade’ — Hingride Marcelle Leite de Jesus, jogadora de rugby

A jogadora de rugby Hingride Marcelle Leite de Jesus tem 20 anos e participou no Rio de Janeiro (RJ) do programa “Uma Vitória Leva à Outra”, iniciativa de esportes e habilidades para a vida da ONU Mulheres e do Comitê Olímpico Internacional (COI).

“Como mulheres, nos faltam espaços nos quais possamos falar sobre os nossos problemas, fazer perguntas e expressar nossas opiniões. É o que mais gosto do programa Uma Vitória Leva à Outra – a criação de espaços seguros para meninas.” Leia o relato completo.

As cidades deverão produzir mais de 70% das emissões de gás carbônico globais e consumirão 80% da energia do mundo em 2030. Foto: UNsplash

Seminário internacional em Brasília discute soluções urbanas baseadas na natureza

Brasília (DF) sediará o 3º Seminário Internacional de Soluções Baseadas na Natureza com o tema “O Desafio da Água e as Cidades”.

O objetivo é promover discussões sobre como enfrentar desafios urbanos por meio de soluções vindas da natureza, favorecendo a qualidade de vida e a resiliência climática.

O evento acontece nos dias 10 e 11 de março, será aberto ao público e conta com a parceria do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

Foto: CDC

Brasil confirma primeiro caso de infecção pelo novo coronavírus

O estado do paciente não é grave, ele não está hospitalizado e deve permanecer em casa até a resolução completa dos sinais e sintomas. Cuidadores e trabalhadores de saúde foram orientados a monitorar a saúde dele por 14 dias, por meio de visita domiciliar.

No atendimento, foram adotadas medidas preventivas para transmissão por gotículas, feita coleta de amostras e realizados testes para vírus respiratórios comuns e o exame específico para diagnóstico, conforme preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) tem trabalhado com os Ministérios da Saúde dos países das Américas na preparação para lidar com esses casos importados.

Christian Salazar (à direita) e Niky Fabiancic (à direita). Foto: ONU Brasil

Sistema ONU discute apoio ao desenvolvimento do Brasil a partir das prioridades do país

Com a presença do diretor Regional para a América Latina e o Caribe do Escritório das Nações Unidas de Coordenação para o Desenvolvimento, Christian Salazar, o Sistema ONU no Brasil discutiu o apoio da Organização ao desenvolvimento sustentável do país e a linha de ação para 2020 e 2021.

Salazar esteve com o vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, e com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, para conversar sobre as prioridades do Brasil, sobre os grandes desafios globais e sobre o apoio da ONU ao desenvolvimento sustentável do país.

Projeto Além do Algodão, do WFP Brasil, contribui para a geração de renda dos agricultores familiares. Crédito: Julie Krabbe Clausen/Pexels.

Agências da ONU participam de workshop para impulsionar produção de algodão sustentável

Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (WFP), Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) participaram do evento organizado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e a Agricultura (FAO) para impulsionar produção de algodão sustentável em países da América Latina e África.

Workshop aconteceu em Santiago, no Chile, e teve como foco negociações estratégicas e modelos de negócios para mercados têxteis, focando em mercados para projetos de Cooperação Sul-Sul trilateral da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) que envolvem o algodão, dentre eles o Projeto Além do Algodão, do WFP Brasil.

Participantes do programa "Uma vitória leva à outra" lideram grupo em trajes azuis da ONU para celebrar Marta. Foto: ONU Mulheres/Camille Miranda

Marta Vieira da Silva and One Win Leads to Another girls celebrate women’s empowerment in Brazil Carnival

“Her fight is our flag, every second showing to the world the strength of the Brazilian woman” sang the parade-goers on Saturday, as tens of thousands of people in Rio de Janeiro, Brazil, celebrated the power and strength of women through the inspiring journey of the soccer player, UN Women Goodwill Ambassador and UN SDG Advocate, Marta Vieira da Silva. She was honoured in the Carnival parade by the samba school Inocentes de Belford Roxo.

Crianças indígenas waraos brincam no Súper Panas apoiado pelo UNICEF no abrigo Janakoida, em Pacaraima, Roraima, perto da fronteira com a Venezuela. Crédito: UNICEF/Hiller.

Abrigos de Belém contarão com espaço UNICEF de integração de crianças refugiadas e migrantes

O Fundo das Nações para a Infância (UNICEF), com apoio da Agência das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), realizou em Belém uma oficina de formação para funcionários públicos com o intuito de preparar os abrigos da cidade para a inauguração de espaços Súper Panas.

O espaço Super Panas, do UNICEF – que significa “super amigos” em espanhol – oferece atividades recreativas, educativas e de apoio psicossocial, fundamentais para o desenvolvimento e a recuperação emocional dos crianças refugiadas e migrantes.

Participantes do programa "Uma vitória leva à outra" lideram grupo em trajes azuis da ONU para celebrar Marta. Foto: ONU Mulheres/Camille Miranda

Jogadora Marta e meninas do ‘Uma vitória leva à outra’ celebram empoderamento no Carnaval do Rio

“Que a sua luta é a nossa bandeira, em cada segundo mostrando pro mundo a força que tem a mulher brasileira”, cantou o samba-enredo da Inocentes de Belford Roxo no sábado (22), enquanto milhares de pessoas celebravam o Carnaval no Rio de Janeiro (RJ).

O samba foi uma homenagem ao poder e à força das mulheres por meio da jornada inspiradora da jogadora de futebol Marta Vieira da Silva, Embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres e defensora dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A convite da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o representante da ONU viajou para Belo Horizonte, onde foi recebido pelo Grupo de Trabalho da ALMG sobre a situação em Brumadinho. Foto: ALMG

No Brasil, representante da ONU discute direitos humanos com autoridades e sociedade civil

O representante para América do Sul do Escritório das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Jan Jarab, realizou sua primeira visita oficial ao Brasil.

Entre 17 e 19 de fevereiro, Jarab participou em reuniões com governo e parlamentares em Brasília, bem como em atividades no estado de Minas Gerais, com foco na situação de Brumadinho — após a tragédia causada pelo rompimento de uma barragem de mineração em 2019.

Na visita, a agenda do representante teve ênfase em assuntos relacionados com a prevenção da tortura, os direitos dos povos indígenas, empresas e direitos humanos e nos direitos econômicos, sociais, culturais e ambientais em geral.

Foto: OIT Brasil

Trabalho decente na cadeia produtiva do algodão é tema de curso da OIT e do governo brasileiro em Moçambique

Compartilhar experiências e conhecimentos passíveis de serem adaptados à realidade de um país africano e de gerarem ainda mais conhecimento local e capacidade institucional em políticas públicas.

Esse foi o propósito de duas oficinas de capacitação para a promoção do trabalho decente na cadeia produtiva do algodão de Moçambique, realizadas em Maputo e em Nampula, nos dias 19 e 21 de fevereiro.

OIM em ação em Beira, Mozambique. Foto: OIM

OIM lança guia sobre proteção e assistência a migrantes vulneráveis à violência

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) lançou nesta quinta-feira (20) um conjunto de publicações para apoiar a identificação de vulnerabilidades associadas à migração e melhorar a proteção e assistência disponíveis aos migrantes.

Disponíveis inicialmente em inglês, esses instrumentos são inéditos e ajudarão os formuladores de políticas e os profissionais, estabelecendo uma direção operacional clara, fornecendo proteção e assistência aos migrantes vulneráveis ou que tenham sofrido violência, exploração e abuso.

A existência dos movimentos sociais e de instituições, coletivos, grupos, redes e organizações não governamentais são fundamentais para reverter e/ou reduzir o impacto de problemáticas sociais. Foto: UNFPA Brasil/Solange Souza

Especialistas destacam sociedade civil como fundamental no enfrentamento às violências contra mulheres

A violência contra mulheres e meninas é uma das violações de direitos humanos, baseadas em gênero, mais recorrentes no mundo. Segundo dados das Nações Unidas, uma em cada três mulheres sofrerá abuso físico ou sexual durante a vida.

O Relatório de Situação da População Mundial 2019 (SWOP), lançado globalmente pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), aponta que, para alcançar o desenvolvimento e para que todas as pessoas desfrutem de direitos, a violência baseada em gênero precisa ser enfrentada.

Para especialistas, luta impulsionada por organizações da sociedade civil se apresenta como estratégica para a mudança deste cenário.

Palácio da Justiça, em Brasília. Foto: Flavio Serafini/Flickr/CC

Oficina discute experiências e necessidades relacionadas à acolhida de imigrantes nos municípios

Aconteceu nesta semana (17 e 18) a oficina ‘Aprendendo Juntos’, parceria da Organização Internacional para as Migrações (OIM) e da Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e seu Departamento de Migração.

A OIM, em coordenação com o governo federal, tem estabelecido parcerias sólidas com os municípios brasileiros, oferecendo ferramentas e apoiando na construção de políticas baseadas em evidências para a proteção dos direitos dos migrantes.

O objetivo da oficina realizada pela OIM foi sensibilizar o setor privado para a inserção laboral de pessoas migrantes e refugiadas. Foto: OIM

Rio Branco recebe oficina para inclusão de migrantes no mercado de trabalho

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) realizou na terça-feira (18) a segunda capacitação do ano voltada à implementação de políticas para migrantes em situação de vulnerabilidade no mercado de trabalho. Desta vez, a atividade aberta ao público aconteceu em Rio Branco (AC).

O objetivo do evento foi sensibilizar o setor privado para a inserção laboral de pessoas migrantes e refugiadas. Na capital do Acre, também foram dados esclarecimentos sobre a estratégia de interiorização dos venezuelanos e venezuelanas, que os leva voluntariamente de Roraima a outros estados do Brasil visando uma melhor integração socioeconômica na sociedade brasileira.

Foi exibido filme para que as crianças e adultos pudessem se distrair durante a espera no cadastramento. Foto: ACNUR

Mutirão de documentação no Pará beneficia mais de 100 indígenas venezuelanos

Em um esforço coordenado entre Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), Polícia Federal e Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos do Pará, 106 indígenas venezuelanos da etnia Warao foram cadastrados nos últimos dois meses junto ao sistema SISCONARE como solicitantes de refúgio, sendo que 70 já tiveram seus protocolos emitidos.

O constante deslocamento dessa população pela região Norte e a complexidade logística de Belém, associados aos desafios linguísticos dos Warao, tornaram desafiador para a rede local de proteção atender suas necessidades de documentação.

Foto: upslon/Flickr

Embaixadores da Juventude debatem em Lisboa combate à violência contra mulher

Em Lisboa, a rede de Embaixadores da Juventude foi convidada para compartilhar a perspectiva brasileira de prevenção à violência orientada por questões de gênero a partir de uma perspectiva da juventude masculina.

O jovem embaixador Ronan Firmino, selecionado pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e pelo Instituto Caixa Seguradora, destacou a importância de incluir diferentes setores da sociedade no debate sobre formas de prevenir e combater a violência contra mulheres.

Vista do bairro de São Conrado, no Rio de Janeiro, com a Rocinha em primeiro plano. Foto: Wikimedia/Alicia Nijdam

Conferência no Rio discute investimentos financeiros no desenvolvimento sustentável

A proposta de explorar, aprender e discutir como os investimentos privados podem estar orientados à construção de um sociedade mais justa para as próximas gerações orientou a Converge Capital Conference 2020, realizada no Rio de Janeiro (RJ) na semana passada (13 e 14).

A conferência, que teve o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) entre os principais convidados, reuniu membros de famílias investidoras, executivos e atores-chave do mercado financeiro.