Organização Pan-Americana da Saúde ajuda Espírito Santo a combater febre amarela

Um dos estados brasileiros mais afetados pelo atual surto de febre amarela é o Espírito Santo. A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) enviou especialistas à unidade federativa para ajudar o governo local no combate à doença. Consultores trabalham ao lado das autoridades no monitoramento das populações de mosquitos e também na análise de dados de pacientes com casos suspeitos ou confirmados da patologia.

Projeto Paulo Freire tem o ojetivo de contribuir para a redução da pobreza rural em 31 municípios do Semiárido do Ceará. Foto: EBC

Deputados do CE aprovam repasse a projeto apoiado por agência da ONU

A Assembleia Legislativa do Ceará (CE) aprovou na quinta-feira (30) uma lei que autoriza repasse de 5,8 milhões de reais para a execução do Projeto Paulo Freire, iniciativa de desenvolvimento agrário apoiada pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

O Projeto de Desenvolvimento Produtivo e de Capacidades, conhecido como Projeto Paulo Freire, tem o objetivo de contribuir para a redução da pobreza rural em 31 municípios do Semiárido do Ceará, por meio do desenvolvimento produtivo sustentável e do capital social e humano.

Participantes de ato unificado pelo fim da violência contra a mulher, realizado em São Paulo. Foto: Flickr CC/Mídia Ninja

ONU Mulheres abre inscrições para mapeamento de iniciativas para igualdade de gênero no Brasil

A ONU Mulheres e parceiros lançaram na sexta-feira (31) a Plataforma UNA, destinada a mapear o ecossistema de iniciativas para a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres no Brasil.

Para serem incluídas no mapeamento, as organizações devem se inscrever até 10 de abril no site http://www.u1na.org. A inscrição é altamente recomendada para que o maior número possível de organizações e iniciativas no Brasil sejam refletidas no mapeamento.

Alimentos in natura, como frutas e vegetais, devem compor a base da alimentação ao lado das comidas minimanete processadas, segundo a OPAS. Foto: Pexels

ONU e governo brasileiro ensinam 10 passos simples para uma alimentação saudável

Em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e a Universidade de São Paulo (USP), o Ministério da Saúde produziu o Guia Alimentar para a População Brasileira. A publicação apresenta dez passos simples para uma alimentação saudável, além de oferecer sugestões de refeições que respeitam as diferenças regionais e que indicam comidas e bebidas de fácil acesso para os brasileiros.

Refugiados participam de Feirão do Emprego em São Paulo. Foto: Governo de São Paulo (Arquivo)

Agência da ONU participa de seminário em SP sobre integração de refugiados nas grandes cidades

A integração dos refugiados em grandes cidades será tema de palestra magna da Expo Arquitetura Sustentável, que acontece em São Paulo na próxima terça-feira (4). A representante da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) no Brasil, Isabel Marquez, será uma das palestrantes.

“A população de refugiados de hoje é cada vez mais urbana. Esta tendência cria novos tipos de vulnerabilidade e novos desafios de proteção para a comunidade humanitária, além de criar oportunidades para ajudar refugiados a serem autossuficientes”, disse Isabel.

Visita teve como objetivo aprofundar o intercâmbio entre Brasil e Costa Rica de boas práticas de proteção dos direitos dos trabalhadores migrantes. Foto: EBC

Brasil e Costa Rica discutem proteção aos direitos de trabalhadores migrantes

Com o objetivo de aprofundar o intercâmbio entre Brasil e Costa Rica de boas práticas de proteção dos direitos dos trabalhadores migrantes, o governo costa-riquenho recebeu uma visita técnica brasileira no mês passado, organizada pelo escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no país.

A visita técnica foi realizada no marco do Projeto de Cooperação Sul-Sul para a Proteção dos Direitos dos Trabalhadores Migrantes na América Latina e no Caribe, implementado em 2015 pelo escritório da OIT no Brasil, em parceria com a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e Ministério do Trabalho.

Agricultores do Moçambique viram novos mercados se abrirem com a participação do país no PAA África. Foto: PMA/Arssalan Serra

Brasil, Moçambique e ONU debatem iniciativas de alimentação escolar associadas à agricultura familiar

Representantes do Brasil e da ONU reuniram-se em Moçambique com o governo local para o primeiro seminário nacional sobre o Programa de Aquisição de Alimentos para a África (PAA África) — iniciativa que conecta a produção da agricultura familiar às demandas de escolas que oferecem refeições para seus alunos. Encontro ocorreu nos dias 20 e 21 de março e debateu como os aprendizados do projeto podem orientar o futuro da alimentação escolar no país africano.

Brasil afirmou ter tomado diversas medidas para garantir a segurança e a qualidade de suas carnes, afirmou a delegação brasileira aos membros da OMC. Foto: EBC

Brasil reafirma medidas de controle sanitário de carnes na OMC

O Brasil atualizou os países-membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre as medidas tomadas pelo país para garantir a segurança de suas carnes exportadas, durante reunião do Comitê sobre Medidas Sanitárias e Fitossanitárias realizada na semana passada (22 e 23 de março).

A delegação brasileira pediu que os países-membros levassem em conta as informações prestadas e “se abstivessem de adotar medidas que possam constituir restrições arbitrárias contrárias às regras da OMC”.

Georgia Braga-Orillard (mais à esquerda) participa da consulta nacional do Ministério da Saúde sobre relatório global de AIDS. Foto: UNAIDS/Jessyca Zaniboni

ONU elogia compromisso do Brasil em participar de pesquisa global sobre AIDS

Em participação numa consulta do Ministério da Saúde organizada para compilar dados sobre HIV e AIDS que serão divulgados internacionalmente, a diretora do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), Georgiana Braga-Orillard, elogiou a liderança do Brasil no combate à epidemia. Segundo ela, país deve aproveitar a participação em pesquisas globais para olhar com mais atenção para o contexto brasileiro.

André Oliveira, presidente do Pacto Global da ONU no Brasil, destacou importância do combate à corrupção. Foto: Pacto Global/Fellipe Abreu

Pacto Global da ONU mapeia desafios do setor privado para enfrentar corrupção no Brasil

“O problema do Brasil não é a construção civil, não são os trens, não é a carne. O problema do Brasil é a corrupção”. Foi assim que o presidente do Pacto Global da ONU no Brasil, André Oliveira, descreveu a atual crise por que passa o país. Para combater crimes no âmbito corporativo, a rede de empresas reuniu 60 representantes do setor privado, governo e academia na semana passada (21), em São Paulo, para um workshop sobre como coibir ações corruptas.

Programa de Voluntários da ONU apoia Dia das Boas Ações no Brasil

Estão abertas inscrições para participar da segunda edição brasileira do Dia das Boas Ações, movimento global de voluntariado que será realizado sábado (1) e domingo (2) em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. A iniciativa tem o apoio do Programa de Voluntários das Nações Unidas (UNV).

As inscrições vão até esta quarta-feira (29). Consulte atividades disponíveis para voluntários no site www.diadasboasacoes.com.br.

Previsão da FAO é de que a produção de milho para 2017 na América Latina e no Caribe se manterá em níveis altos como resultado do aumento da produção em Argentina e Brasil. Foto: EBC

Brasil e Argentina impulsionam colheita de milho na América do Sul em 2017, diz FAO

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) prevê colheitas de milho na América do Sul mais favoráveis em 2017 devido principalmente à expansão nos principais produtores, Argentina e Brasil.

O relatório “Perspectivas de colheitas e situação alimentar” (disponível em inglês) também destaca que, em 2016, a colheita recorde de milho no México e a recuperação da produção de cereais em outros países da América Central depois da seca do ano passado resultaram em uma colheita abundante de cereais na sub-região.

A FAO e o governo brasileiro recebem até 13 de abril inscrições para curso semipresencial sobre programas sustentáveis de alimentação escolar. Foto: PMA / Ana Claudia Costa

FAO recebe inscrições para curso sobre programas sustentáveis de alimentação escolar

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e o governo brasileiro recebem até 13 de abril inscrições para curso semipresencial sobre programas sustentáveis de alimentação escolar.

O curso tem como público-alvo gestores públicos, professores, estudantes, profissionais e técnicos das áreas relacionadas à alimentação escolar, segurança alimentar e nutricional, agricultura, saúde e educação de Brasil, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Paraguai e Peru.

Foto: Flickr/percursodacultura (cc)

Fundação Banco do Brasil e ONU abrem inscrições para prêmio sobre desenvolvimento sustentável

Até 31 de maio, o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017 recebe inscrições de iniciativas desenvolvidas para resolver problemas em seis áreas — água e meio ambiente, agroecologia, economia solidária, educação, saúde e bem-estar, cidades sustentáveis e inovação digital — que formam as categorias temáticas do concurso. Premiação tem o apoio de quatro agências da ONU no país.

Componentes importados para a aplicação da vacina contra a febre amarela. Foto: OPAS

ONU aciona mais de 15 especialistas para ajudar Brasil a enfrentar febre amarela

Para ajudar o Brasil a enfrentar o atual surto de febre amarela, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) mobilizou mais de 15 peritos em vigilância, virologia, imunização e outras áreas para atuar junto a equipes de campo do governo em Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Atualmente, o país realiza campanhas de vacinação em massa nesses estados e também em São Paulo e Bahia. Mais de 18,8 milhões de vacinas já foram distribuídas, além das 3,7 milhões de doses de iniciativas de imunização de rotina.

Foto: UNICEF/Ueslei Marcelino

Zika expôs ‘falências’ e desafios na garantia dos direitos das mulheres no Brasil, diz ONU

Em encontro com a sociedade civil no Rio de Janeiro, o representante do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Jaime Nadal, alertou para falhas nos serviços de saúde sexual e reprodutiva do Brasil, que protegeram a população do zika de ‘forma parcial’.

Para a ONU Mulheres, resposta à doença deve incluir iniciativas a longo prazo, que prestem assistência contínua às crianças que nasceram com a síndrome congênita provocada.

Representantes de 23 países da América Latina e do Caribe finalizaram reunião de negociação para acordo regional sobre direitos de acesso à informação, participação e Justiça ambientais. Foto: FAO/L. Dematteis

Negociação para o acordo regional sobre assuntos ambientais continuará na Argentina

Representantes de 23 países da América Latina e do Caribe finalizaram na semana passada em Brasília reunião de cinco dias com a finalidade de negociar um acordo regional sobre os direitos de acesso à informação, participação e Justiça ambientais, com o compromisso de dar sequência às conversações em julho na Argentina.

A 6ª Reunião do Comitê de Negociação do Acordo Regional sobre o Acesso à Informação, à Participação Pública e o Acesso à Justiça em Assuntos Ambientais na América Latina e no Caribe (Princípio 10) foi realizada na capital brasileira e organizada pelo governo do país e pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL).

Waldomiro Costa Pereira (à esquerda) e Antonio Mig Claudino foram executados no dia 20 de março. Fotos: reprodução

ONU e CIDH manifestam preocupação com proteção de defensores de direitos humanos no Brasil

Escritório de direitos humanos da ONU na América do Sul e Relatoria sobre os direitos de defensoras e defensores de direitos humanos da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) receberam com preocupação as notícias dos assassinatos de Waldomiro Costa Pereira, militante do MST, em Parauapebas, Pará, e do cacique Antonio Mig Claudino, da Terra Indígena Serrinha, no norte do Rio Grande do Sul, que ocorreram no dia 20 de março.

“O Brasil é um dos países mais perigosos para defensoras e defensores de direitos humanos, sobretudo em consequência de atividades ligadas à disputa por terras, ao trabalho decente e à proteção do meio ambiente”, afirmou o representante da ONU, Amerigo Incalcaterra. “Isso torna ativistas de direitos humanos que lutam pela reforma agrária, líderes sindicais, campesinos e comunitários, e lideranças indígenas, quilombolas e comunidades tradicionais desproporcionalmente mais vulneráveis a ataques e ameaças.”

Leia aqui o comunicado conjunto na íntegra.

Artistas, criadores, ONGs podem candidatar-se para receber recursos do Fundo Internacional de Diversidade Cultural. Foto: Agência Brasil.

Fundo Internacional para a Diversidade Cultural está com inscrições abertas

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) está com as inscrições abertas para a oitava edição do Fundo Internacional para a Diversidade Cultural (IFCD, na sigla em inglês) até o dia 14 de abril.

Podem se inscrever produções de obras artísticas e culturais e organização de eventos culturais e artísticos de nível nacional, regional e/ou internacional.

Gestores públicos do Distrito Federal discutiram implementação local dos objetivos globais. Foto: EBC

Gestores públicos do DF debatem implementação da Agenda 2030

Gestores públicos do governo do Distrito Federal participaram na sexta-feira (24) de uma oficina sobre a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, promovida pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), na Casa da ONU, em Brasília.

A intenção foi identificar dados para orientar e definir políticas públicas tendo em vista os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Na ocasião, os participantes discutiram prioridades locais para a implementação dos ODS de acordo com as necessidades do Distrito Federal.

Países latino-americanos reúnem-se em Brasília para discutir acesso à saúde por populações mais vulneráveis. Foto: EBC

Países latino-americanos reúnem-se em Brasília para discutir desigualdade no acesso à saúde

Gestores e profissionais de saúde de Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, México, Paraguai, Peru e Panamá reúnem-se em evento em Brasília nesta semana para discutir práticas e políticas inovadoras destinadas a grupos de maior vulnerabilidade social — população negra, populações do campo, da floresta e das águas, LGBTI, pessoas em situação de rua, ciganos e migrantes.

O I Encontro Latino-Americano de Políticas de Promoção da Equidade em Saúde: Populações Vulneráveis e Gestão Participativa é fruto de parceria entre Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e Ministério da Saúde. O encontro é transmitido pela Internet.

A equipe Coletivo, de Caxias do Sul, se sagrou a grande campeã desta edição. Formada por imigrantes senegaleses, o time disputou a final com a Colômbia que só foi definida após uma emocionante sequência de pênaltis. Foto: ACNUR/Luiz Eugênio Gressler

Mais de 100 atletas participam da primeira Copa dos Refugiados em Porto Alegre (RS)

Cerca de 110 atletas refugiados e migrantes, de diferentes nacionalidades, deram um exemplo de solidariedade, espírito esportivo e integração cultural no domingo (27) na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

A primeira edição da Copa dos Refugiados em Porto Alegre foi uma realização da Associação Antônio Vieira (ASAV) em parceria com a agência de inovação social Ponto, que contou com o apoio da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), da Prefeitura Municipal de Porto Alegre e de entidades e organizações da sociedade civil.

Entre 1990 e 2013, o número de pessoas sofrendo de depressão e ansiedade aumentou quase 50%, de 416 milhões para 615 milhões. Foto: EBC

OPAS promove seminário online para jornalistas sobre como reportar suicídio

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) convida jornalistas da América Latina e do Caribe a participar na terça-feira (28), das 11h30 às 12h30 (horário de Brasília), do seminário virtual “Melhores práticas para reportar o suicídio”.

O evento, que busca melhorar a cobertura jornalística sobre essa questão nos veículos de imprensa das Américas, ocorrerá na ocasião do Dia Mundial da Saúde (7 de abril), cujo tema deste ano é a depressão, principal fator de risco o suicídio.

Tem gente que sofre discriminação todos os dias. E se fosse com você?

Pessoas de diferentes grupos sociais enfrentam em seu dia a dia situações de discriminação. São maltratadas ou estigmatizadas por serem mulheres, negras, soropositivas, gays, nordestinas, viverem com uma deficiência, entre outras características.

Para combater o problema, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS) lançou este mês a campanha #EseFosseComVocê?, em parceria com a Rede Globo. E o Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil (UNIC Rio) ouviu relatos de como é viver sob a violência do preconceito.

Foto: Adilson Almeida/Quilombo do Camorim

No Rio de Janeiro, quilombo urbano resgata história dos ancestrais

Em 25 de março, a ONU marca o Dia Internacional em Memória das Vítimas da Escravidão e do Comércio Transatlântico de Escravos. Durante o tráfico transatlântico, o Brasil recebeu quase 5 milhões de africanos escravizados. Na época, os quilombos eram locais de refúgio dos escravos fugidos das fazendas. Hoje, ajudam a preservar parte da nossa história.

Confira nessa reportagem especial em vídeo do Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio).

experiências inovadoras na atenção aos adolescentes (10 a 19 anos) e jovens (20 a 24 anos). Foto EBC

Laboratório de Inovação abre inscrições para experiências em saúde de jovens e adolescentes

A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e o Ministério da Saúde recebem inscrições para o Laboratório de Inovação na Atenção Integral à Saúde de Adolescentes e Jovens e para o Laboratório de Inovação e Reconhecimento a Boas Práticas de Segurança do Paciente na Saúde Suplementar Brasileira.

Poderão se inscrever no projeto experiências inovadoras de atenção a adolescentes (10 a 19 anos) e jovens (20 a 24 anos), que estejam finalizadas ou em curso. O prazo é 10 de maio.

FAO pede redução das emissões de gases do efeito estufa na produção de carvão vegetal. Foto: PNUD

FAO aponta necessidade de tornar produção de carvão vegetal mais sustentável

Relatório divulgado na quinta-feira (23) pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) indicou que a região da América Latina e do Caribe é superada apenas pelo continente africano em termos de produção e uso per capita de carvão vegetal, sendo o Brasil o maior produtor do mundo.

O documento aponta a necessidade de tornar mais eficiente a produção e o uso dessa matéria-prima, com o objetivo de reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

Presídio de Águas Lindas, em Goiás, em 2009. Foto: Antonio Cruz/ABr

Tuberculose é problema de saúde nas Américas; incidência é alta nos presídios brasileiros

As Américas reduziram consideravelmente o número de novos casos e de mortes por tuberculose nos últimos 25 anos. No entanto, estima-se que quase 270 mil pessoas tenham contraído a doença em 2015 e quase 50 mil não sabem que estão doentes. Nos presídios brasileiros, a incidência da doença entre detentos é muito maior quando comparada à população em geral.

No marco do Dia Mundial da Tuberculose, 24 de março, a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) convoca todos a trabalharem juntos para pôr fim à doença e não deixar ninguém para trás.

Sede da Coordenação da ONU em Brasília. Foto: PNUD/divulgação

Sistema ONU no Brasil divulga comunicado sobre assassinatos de defensores de direitos humanos

O Sistema das Nações Unidas no Brasil divulgou nesta sexta-feira (24) uma nota sobre os assassinatos de dois defensores de direitos humanos no Brasil.

Waldomiro Costa Pereira, militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), foi assassinado dentro da UTI de um hospital na cidade de Parauapebas, no Pará. Em Ronda Alta, no Rio Grande do Sul, o cacique Antonio José Mig Claudino foi assassinado com cinco tiros dentro de um bar numa aldeia onde há disputa de terras.