Voluntários de diferentes países reuniram-se em Foz do Iguaçu para série de atividades e palestras sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Foto: PNUD

Centenas de jovens latino-americanos se reúnem em Foz do Iguaçu para discutir voluntariado

Centenas de jovens da Argentina, Brasil, Chile, México e Paraguai reuniram-se em Foz do Iguaçu em julho (14) para a Conferência Latino-Americana do Rotaract’s Clubs, organização voltada para promover o voluntariado entre pessoas de 18 a 29 anos. Evento contou com o apoio do Programa de Voluntários das Nações Unidas (UNV) e abordou as metas da ONU para erradicar a pobreza e combater as mudanças climáticas.

Juliana Maia, assistente de programas da ONU Mulheres Brasil. Foto: Sistema FIRJAN/Vinícius Magalhães

ONU Mulheres defende igualdade de gênero e racial no setor privado

A diversidade racial na iniciativa privada foi tema de um seminário no Rio de Janeiro que contou com a participação da ONU Mulheres. A agência das Nações Unidas lembrou que, segundo o Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 Maiores Empresas do Brasil, as funcionárias negras representam apenas 10,6% do número de total de profissionais. No quadro executivo, existem apenas duas afrodescendentes entre 548 diretores.

Parceria entre a OIT e a UNIVAG levou conhecimentos de gastronomia para 32 mulheres haitianas que vivem no Brasil. Foto: OIT

Culinárias do Brasil e do Haiti se misturam em projeto da OIT para a capacitação de migrantes

Em Cuiabá, 32 mulheres haitianas participaram de um curso de gastronomia brasileira e mato-grossense. Formação oferecida pela Universidade de Várzea Grande (UNIVAG), em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), também ensinou às migrantes como empreender. Turma criou uma marca própria de biscoitos a partir de receita típica do Brasil, incrementada com tradições do Haiti.

Menina em Guaribas, no sul do Piauí, cidade escolhida para lançar o programa Fome Zero em 2003 no Brasil. Foto: Agência Brasil

FAO realiza concurso para jornalistas que abordam combate à fome

Até 31 de julho, jornalistas, cinegrafistas e fotógrafos podem inscrever reportagens num concurso da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) sobre o direito a alimentação. Vencedores ganharão uma viagem — com passagens e estadia pagas — para Montevidéu, onde apresentarão seus trabalhos para mais de mil legisladores das Frentes Parlamentares contra a Fome na América Latina e no Caribe

Campanha 'Talentos Invisíveis' aborda desafios que refugiados enfrentam para se inserir no mercado de trabalho brasileiro. Imagem: Agência África

Campanha destaca qualificações profissionais de refugiados que buscam emprego no Brasil

Em parceria com o Programa de Apoio para a Recolocação dos Refugiados (PARR) e a empresa EMDOC, a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) lançou nas redes sociais a campanha “Talentos Invisíveis”, uma ação inédita para facilitar o ingresso de pessoas refugiadas no mercado de trabalho brasileiro. Até o final do ano passado, o Brasil abrigava 9.552 pessoas reconhecidas como refugiadas pelo governo federal.

Servidores de 10 países recebem treinamento da FAO sobre gestão da posse de terra

Turma começou treinamento nesta semana e conta com 30 alunos, que são funcionários dos governos do Brasil, Colômbia, Equador, El Salvador, Guatemala, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Uruguai. Participantes receberão conteúdos que abordam como o reconhecimento dos direitos legítimos da posse de terra é capaz de reduzir litígios. A validação legal também é importante para garantir o uso sustentável dos recursos naturais.

Foto: Prefeitura de Olinda / Fernanda Mafra

UNESCO e Ministério da Saúde lançam concurso para escolher nova embalagem de camisinha do SUS

Em parceria com a UNESCO, o Ministério da Saúde lançou nesta semana (17) um concurso para mudar o visual dos preservativos distribuídos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Edital convoca universitários de design gráfico, desenho industrial, arquitetura e publicidade de todo o Brasil a criarem uma nova embalagem para as camisinhas distribuídas pela rede pública. Inscrições deverão ser feitas até 11 de setembro.

Foto: UNIFIL/Pasqual Gorriz

VÍDEO: Conheça a Força-Tarefa Marítima da Missão da ONU no Líbano

Em 2006, o Conselho de Segurança das Nações Unidas adotou a resolução 1701 para promover a paz e a estabilidade no sul do Líbano.

As Forças Armadas Libanesas têm a responsabilidade primária de garantir a segurança na área, enquanto a Força-Tarefa Marítima (FTM) da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL) – comandada pela Marinha do Brasil desde 2011 – opera em apoio às forças libanesas. Conheça os detalhes nesse vídeo da ONU.

Cidades são fonte de riqueza, mas também de desafios de habitação e infraestrutura. Foto: ONU-HABITAT

Centro da ONU analisa mais de 50 iniciativas sobre desenvolvimento urbano sustentável

O Centro Mundial para o Desenvolvimento Sustentável do PNUD (Centro RIO+) lançou nesta semana (17), em Cabo Verde, uma publicação sobre estratégias de planejamento para a sustentabilidade urbana. Documento apresenta um panorama com mais de 50 iniciativas criadas por cidades, coalizações de municípios, universidades, ONGs e setor privado para fomentar o crescimento e o planejamento responsáveis dos centros urbanos a nível municipal.

Para a chefe da ONU, este ano possibilitará adotar tratados que ajudarão a erradicar a pobreza. Foto: Ninja Mídia

Ibope: 51% dos brasileiros acreditam que governo federal é principal responsável por cumprir objetivos da ONU

Em parceria com a ONU Brasil, o IBOPE entrevistou 2.002 indivíduos de 143 municípios para avaliar o nível de conhecimento do brasileiro sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS) — um conjunto de metas adotadas em 2015 pela Assembleia Geral para erradicar a pobreza e combater as mudanças climáticas, entre outros propósitos, até 2030.

Aldeia Paikum, TI Bakairi (MT), empenhada na produção de adubo orgânico. Foto: FUNAI

UNICEF e Mato Grosso promovem seminário para discutir direitos dos jovens indígenas

Em Barra da Graça, no Mato Grosso, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove na quinta-feira (20) o seminário “Atenção à Criança e ao Adolescente Indígena no Selo UNICEF – Edição 2017/2020”. Objetivo do encontro é definir propostas para enfrentar a mortalidade e a desnutrição infantis, o sub-registro de nascimento e as lacunas na oferta de educação para crianças e adolescentes indígenas do estado.

Lousanny Rocha, da Secretaria de Saúde de Arapiraca, Jaime Nadal, do UNFPA, e Aurélia Fernandes, também da pasta municipal. Foto: UNFPA

UNFPA premia projetos municipais de saúde reprodutiva e planejamento familiar

Municípios de Alagoas, Espírito Santo, Mato Grosso e Porto Alegre foram reconhecidos pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) por iniciativas para a promoção da saúde materna, sexual e reprodutiva e também por esforços contra o racismo no atendimento. Premiação foi concedida durante a 14ª Mostra “Brasil, Aqui Tem SUS”, realizada durante o XXXIII Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS).

Centro cultural do BID em Washington é palco de exposição do Instituto Inhotim. Imagem: BID

Com a ONU, Inhotim inaugura exposição em Washington sobre impacto do homem na natureza

Em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o Instituto Inhotim inaugurou na terça-feira (18), em Washington, uma exposição sobre o impacto das atividades humanas na natureza e os perigos das mudanças climáticas. A mostra reúne obras de arte e experiências audiovisuais inspiradas no centro de arte localizado em Minas Gerais.

Pai e filhas em Beirute, no Líbano. Foto: Banco Mundial/Dominic Chavez

ONU abre chamada de artigos para revista sobre proteção social no Oriente Médio e norte da África

O Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG) abriu nesta semana (17) a chamada de artigos para a nova edição da sua principal publicação, a revista Policy in Focus. O próximo volume abordará como políticas de proteção social não contributivas estão mudando países o Oriente Médio e do Norte da África — região conhecida pela sigla MENA, em inglês. Prazo para envio de propostas é 28 de julho.

Paraty. Foto: Agência Brasil/Fernando Frazão

Centro da ONU leva para a Festa Literária de Paraty debate e filme sobre sustentabilidade

Em parceria com a Liga Brasileira de Editoras (LIBRE), o Centro Mundial para o Desenvolvimento Sustentável do PNUD no Rio de Janeiro (Centro RIO+) exibirá na 15ª Festa Literária Internacional de Paraty — a FLIP — o filme “Baixada Nunca Se Rende”, sobre coletivos de músicos da periferia da capital fluminense. Organismo da ONU também promoverá o debate “Territórios Criativos e Sustentabilidade”. Atividades acontecem no dia 28 de julho. Participação é gratuita.

Metas de saúde da ONU exigirão investimentos de US$ 371 bi por ano, revela estudo

Conclusão é de pesquisa sobre 67 países de média e baixa renda. Levantamento publicado nesta semana (17) no periódico The Lancet Global Health aponta que recursos poderiam prevenir 97 milhões de mortes prematuras e 20 milhões de mortes por doenças não transmissíveis. Dinheiro deverá ser utilizado para contratar 23 milhões de profissionais de saúde e construir 415 mil estabelecimentos de atendimento.

Nelson Mandela. Foto: Fundação Nelson Mandela

No Dia Nelson Mandela, centro da ONU no Brasil lança concurso de vídeos sobre pobreza

No Dia Internacional Nelson Mandela, lembrado neste 18 de julho, o Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) lança um concurso de vídeos com o tema ‘A luta contra a pobreza é uma questão de justiça. Não é um gesto de caridade’. Os três melhores filmes serão divulgados em 1º de setembro e serão exibidos no mesmo mês no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Rio de Janeiro. Prazo para inscrição é 8 de agosto.

Usina da COOPERCUC consegue processar 500 kg de fruta por dia. Foto: FIDA/Juan Cortes Carrasbal

Cooperativa do semiárido baiano expande produção com apoio do fundo agrícola da ONU

Há mais de uma década, mulheres do semiárido baiano decidiram liderar uma associação de cultivo de frutos silvestres, como o umbu, o maracujá e a goiaba. Hoje, a Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (COOPERCUC) vende anualmente 280 mil dólares em produtos comercializados mundo afora. Iniciativa recebeu apoio do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola das Nações Unidas (FIDA).

Os cinco vencedores da Mostra “Brasil Aqui Tem SUS”, na categoria região, receberam R$ 10 mil. Foto: EBC

Cinco experiências bem-sucedidas de trabalho no SUS são premiadas em Brasília

O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) premiaram nesta quinta-feira (13) cinco experiências bem-sucedidas de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. Feita durante a abertura do 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, em Brasília, a homenagem reconheceu iniciativas de cada uma das regiões do Brasil.

Complexo da Maré, no Rio de Janeiro. Foto: Agência Brasil/Tomaz Silva

Cidades latino-americanas lideram taxas de homicídios no mundo

Desigualdade social, urbanização não planejada, políticas antidrogas falhas, impunidade, disponibilidade de armas e cultura machista. Esses são alguns dos fatores que contribuem para que cidades latino-americanas liderem ranking mundial de homicídios, segundo especialistas.

A América Latina e o Caribe concentram apenas 8% da população global, mas respondem por mais de 33% dos homicídios do mundo, de acordo com o Observatório de Homicídios, do Instituto Igarapé. Quatorze dos 20 países com as maiores taxas de assassinato globalmente estão localizados na região. Leia a reportagem completa.

Com apoio da OPAS, Brasil exportou sangue pela primeira vez para ajudar a salvar a vida de jovem colombiana. Foto: Governo do Ceará

OPAS articula transporte de tipo raro de sangue doado por jovem brasileiro para criança colombiana

Uma cooperação inédita entre o Brasil, a Colômbia e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) permitiu que o sangue doado por um jovem brasileiro de Fortaleza salvasse a vida de uma criança na cidade de Medellín. A menina, de um ano e três meses de idade, precisava de uma transfusão de um tipo raro de sangue: o fenótipo Bombaim. Mas em todo o território colombiano não havia nenhum doador compatível.

Alain Grimard, do ONU-HABITAT, no lançamento do projeto 'Vida Nova nas Grotas'. Foto: Agência Alagoas

ONU-Habitat e Alagoas firmam parceria pelo desenvolvimento de zonas urbanas com assentamentos informais

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) e Alagoas iniciaram um projeto que inclui a elaboração conjunta de estratégias de desenvolvimento urbano, com foco na produção de dados de qualidade, sobretudo de assentamentos informais localmente conhecidos como “grotas”. Com uma duração de dois anos, iniciativa será implementada em regiões de Maceió e abordará temas como infraestrutura, inclusão social e prevenção da violência.

Paraguai, Bolívia e Brasil discutem projeto transfronteiriço para erradicação da febre aftosa

No Rio de Janeiro, representantes da indústria pecuária da Bolívia, Paraguai e Brasil se reuniram no início do mês (3) com o diretor e especialistas do Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (PANAFTOSA). Encontro discutiu projeto transfronteiriço entre os três países para eliminar a doença. Iniciativa será financiada pelo Grupo Interamericano para a Erradicação da Febre Aftosa (GIEFA), que também participou dos diálogos na capital fluminense.

Falta de saneamento contribui para disseminação de doenças. Foto: EBC

Mais de 4 milhões de brasileiros precisam defecar ao ar livre, diz relatório da ONU

Mais de 4,1 milhões de brasileiros de áreas rurais, ou 2% da população do país, não têm acesso a banheiros e precisam defecar ao ar livre, mostrou novo relatório publicado nesta quinta-feira (13) por Organização Mundial da Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Países como Canadá, Chile e Austrália, por exemplo, não têm cidadãos sem acesso a banheiros. A Argentina tem 1% de sua população nessa condição e a Bolívia, 14%, de acordo com o documento que detalhou as desigualdades globais no acesso a água e saneamento básico.

Atendimento de saúde no Acre. Foto: Sérgio Vale/Secom/Agência de Notícias do Acre/Flickr

UNICEF promove seminário no Acre sobre educação e saúde de jovens indígenas

Para discutir desafios enfrentados pelos jovens indígenas do Brasil, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove na sexta-feira (14), em Cruzeiro do Sul, no Acre, o Seminário Atenção à Criança e ao Adolescente Indígena no Selo UNICEF – Edição 2017/2020. Evento abordará estratégias para reduzir a mortalidade, a desnutrição infantil e o sub-registro civil de nascimento, além de debater iniciativas para melhorar a educação das crianças e adolescentes.