Pillay: combater a impunidade e proteger o direito à verdade

“Conhecer a história da sua opressão faz parte da herança das populações. Conhecer a verdade permite que as vítimas e seus parentes obtenham um sentido de conclusão do processo, restaurando parte de sua dignidade e tendo seu sofrimento reconhecido”. Declaração da Alta Comissária de Direitos Humanos das Nações Unidas, Navi Pillay, para o Dia Internacional para o Direito à Verdade para as Vítimas de Graves Violações dos Direitos Humanos, comemorado mundialmente em 24 de março.

Conselho de Direitos Humanos ordena inquérito sobre violência na Líbia

Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas acaba de condenar veementemente a recente violência na Líbia e ordenou um inquérito internacional sobre os supostos abusos ocorridos no país. Em resolução adotada por unanimidade no final de uma sessão especial realizada hoje (25/02) em Genebra, o Conselho de 47 membros também pediu ao governo líbio que cumpra com sua responsabilidade de proteger sua população e que cesse imediatamente com todas as violações dos direitos humanos.

ONU discute piso para promover serviços sociais

A Comissão para o Desenvolvimento Social da ONU começou (14/02) a estruturar um “piso de proteção social” global, para garantir serviços como alimentação, segurança, educação e saúde para todos. A sessão, realizada em Nova York, é uma preparação para o encontro, em junho, da Organização lnternacional do Trabalho (OIT) com governos, empregadores e trabalhadores da agência para elaborar uma estratégia de proteção social de longo prazo.