ONU pede o retorno de famílias palestinas um ano após despejo

Um ano após os despejos de refugiados palestinos de suas casas em Jerusalem Oriental, ontem (2), o Comissário-Geral da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos (UNRWA), Filippo Grandi, pediu às autoridades israelenses que deixassem as famílias retornarem às suas casas e protegessem os direitos dos palestinos. Essa situação também já foi vista em outras regiões de Israel e muitos palestinos têm medo de demolições e despejos.

Declaração Conjunta das Nações Unidas por Ocasião do Dia Internacional em Apoio às Vítimas de Tortura

“Estamos profundamente preocupados com o fato de a tortura continuar ocorrendo de forma generalizada e que certas práticas equivalentes à tortura, bem como a tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes, foi revigorada – em especial no contexto da chamada guerra global contra o terrorismo, após 11 de Setembro de 2001. A proibição da tortura e outras formas de tratamentos desumanos é absoluta e não pode ser revogada, mesmo em situações de emergência”.

Conselho de Direitos Humanos debate ataque israelense a navios com ajuda humanitária

O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas debateu nesta terça-feira (1) o ataque do exército de Israel a navios que levavam ajuda humanitária à Faixa de Gaza. A Representante da Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Kyung-wha Kang, se disse chocada com o fato de que “a ajuda humanitária tenha sido atingida com tanta violência” e condenou o ataque, destacando “o uso desproporcional da força”, se unindo aos pedidos de libertação dos ativistas feito pelo Secretário-Geral da ONU.

Relator Especial da ONU considera que as mortes causadas pela polícia brasileira continuam tendo taxas alarmantes

“O dia-a-dia de muitos brasileiros, especialmente aqueles que vivem em favelas, ainda é vivido na sombra de assassinatos e violência de facções criminosas, milícias, esquadrões da morte e da polícia, apesar de importantes reformas do Governo”, disse o Relator Especial do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas sobre Execuções Arbitrárias, Sumárias ou Extrajudiciais hoje (1/6), em Genebra, quando divulgou um Relatório de Acompanhamento sobre o progresso que o Brasil tem feito para reduzir mortes pela polícia desde a sua visita em 2007.

O “Alcance e significado da Declaração Universal dos Direitos Humanos” é discutido em evento na ABL

O Diretor do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC RIO), Giancarlo Summa, participou da palestra “Alcance e significado da Declaração Universal dos Direitos Humanos”, parte do seminário “Brasil, brasis”, organizado pela Academia Brasileira de Letras. Além da palestra, o evento contou com uma exposição de fotos e objetos relacionados à contribuição de Austregésilo de Athayde, único brasileiro a participar da redação da Declaração. O evento aconteceu em 11 de dezembro, no auditório da ABL, no Rio de Janeiro, e foi coordenado pelo acadêmico Celso Lafer.

“Histórias de Direitos Humanos” é lançado no Rio de Janeiro

O Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) promoveu, juntamente com o Consulado Geral da França, a última sessão do Cinemaison de 2008, a exibição do filme inédito no Rio de Janeiro, “Histórias de Direitos Humanos”. O evento – somente para convidados e sócios do Cinemaison – ocorreu no dia 8 de dezembro, às 20h00, na Maison de France, centro do Rio. Composto de 22 curtas-metragens de três minutos cada, desenvolvidos por diretores e artistas internacionalmente reconhecidos, o filme é uma homenagem ao 60º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, celebrado no dia 10 de dezembro.