ONU-HABITAT debate impactos socioeconômicos de refinaria petroquímica no Maranhão

Representantes da Petrobras e da Universidade Federal Fluminense também participam de oficina de Monitoramento dos Indicadores Socioeconômicos dos Municípios do entorno da refinaria Premium 1. Compartilhamento de informações sobre impacto da construção do complexo petroquímico de Itaboraí, no leste do Estado do Rio de Janeiro, acontece de 23 a 25 de abril no centro de Ciências Sociais da Universidade Federal do Maranhão.