Vacinação contra a febre amarela. Foto: Agência Brasil / Marcelo Camargo

OMS inclui áreas urbanas de RJ, BA e SP em recomendação de vacina contra febre amarela

A Organização Mundial da Saúde (OMS) incluiu 88 novos municípios brasileiros como áreas com recomendação de vacina contra febre amarela. Com isso, todo o estado do Rio de Janeiro passa a ser área com recomendação de vacina contra a doença. O número de municípios da Bahia cuja imunização é recomendada passou de 69, em janeiro, para 154 atualmente. No estado de São Paulo, apenas a capital paulista não faz parte da área recomendada para imunização.

Quase metade das mulheres (126 milhões ) latino-americanas e caribenhas em idade de trabalhar já fazem parte da força de trabalho, segundo diretor da OIT. Foto: Agência Brasil

Evento da OIT em Genebra reúne especialistas para discutir futuro do trabalho

A sede da Organização Internacional do Trabalho (OIT) em Genebra, na Suíça, recebe a partir desta quinta-feira (6) o Diálogo Global sobre o Futuro do Trabalho, que abordará questões sobre o desenvolvimento das nossas sociedades nos próximos anos. O evento reunirá economistas, acadêmicos e outros especialistas que discutirão os modelos de trabalho das próximas décadas. O fórum poderá ser acompanhado ao vivo pela Internet.

Parceria com a Montblanc, firmada em 2006 com uma visão sobre a importância de promover o direito à educação, já arrecadou mais de US$10 milhões para o trabalho do UNICEF. Foto: UNESCO

Montblanc e UNICEF renovam parceria para apoiar crianças por meio da educação

A companhia alemã Montblanc e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) anunciaram na segunda-feira (3) a renovação de sua parceria para ajudar algumas das crianças mais vulneráveis do mundo a ter acesso à educação.

Na nova etapa, a cooperação entre a empresa e a agência da ONU permitirá o desenvolvimento de iniciativas pela melhoria da educação no Brasil, na China e em Djibuti.

Brinquedos do Erê Lab têm design original e de autoria própria para valorizar aspectos da cultura brasileira. Foto: PNUD

Parque infantil inovador de SP e RJ vence prêmio de agência da ONU

Um parque público para crianças com uma disposição de brinquedos inovadora, instalado em bairros de São Paulo e Rio de Janeiro, foi um dos vencedores do Prêmio Mais Movimento, entregue em dezembro do ano passado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O objetivo da premiação foi prestigiar iniciativas originais com impacto social.

Desenvolvido pela empresa Erê Lab, o projeto cria espaços para desenvolver a capacidade motora e cognitiva das crianças por meio de equipamentos não convencionais que incentivam um brincar mais livre, conectado aos movimentos da natureza.

Segundo a OIT, o percentual de sindicalização do Brasil está acima de outros países da América Latina. Foto: EBC

Federação das Indústrias do DF adere ao movimento ElesPorElas

O Sistema Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra) celebrou a adesão oficial ao movimento ElesPorElas HeForShe, em parceria com o governo de Brasília, com o compromisso de lançar iniciativas que reconheçam a conexão entre crescimento econômico e igualdade de gênero.

Criado pela ONU Mulheres, o movimento ElesPorElas (HeForShe) é um esforço global para envolver homens e meninos na remoção das barreiras sociais e culturais que impedem as mulheres de atingir seu potencial, e ajudar homens e mulheres a modelarem juntos uma nova sociedade.

Líderes e especialistas de mais de 40 países se reúnem em Brasília para promover consumo e produção sustentáveis

Cerca de 150 representantes de mais de 40 países da África, América Latina e Caribe se reunirão no Palácio Itamaraty, em Brasília, a partir de amanhã (6), para a Conferência sobre Cooperação Sul-Sul para Produção e Consumo Sustentáveis.

Evento promovido pela ONU Meio Ambiente terá a participação do ministro do Meio Ambiente do Brasil, Sarney Filho, de especialistas das Nações Unidas, de autoridades estrangeiras e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

Em todo o mundo, as mulheres fazem a grande maioria do trabalho não remunerado, incluindo assistência à infância, culinária, limpeza e agricultura. Este trabalho não remunerado é essencial para que as famílias e as economias funcionem, mas também é menos valorizado do que o trabalho remunerado. Inclui o cuidado familiar com crianças e idosos, por exemplo. A especialista da ONU Mulheres Shahra Razavi revela o valor real do trabalho não remunerado – e como podemos reduzir o fardo para as mulheres, enfrentando a discriminação das nossas sociedades.

VÍDEO: Qual é o real valor do trabalho não remunerado?

Em todo o mundo, as mulheres fazem a grande maioria do trabalho não remunerado, incluindo assistência à infância, culinária, limpeza e agricultura. Este trabalho não remunerado é essencial para que as famílias e as economias funcionem, mas também é menos valorizado do que o trabalho remunerado. Inclui o cuidado familiar com crianças e idosos, por exemplo.

A especialista da ONU Mulheres Shahra Razavi revela o valor real do trabalho não remunerado – e como podemos reduzir o fardo para as mulheres, enfrentando a discriminação das nossas sociedades. Confira nesse vídeo.

Projeto de agência da ONU usa esporte para promover uma cultura de paz e desenvolver habilidades pessoais entre jovens vivendo em situações de vulnerabilidade. Foto: UNODC/Kevin Town

ONU apresenta projeto sobre esporte para a prevenção da criminalidade em evento da CBF

O projeto ‘Vamos Nessa’, do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), usa o esporte para desenvolver habilidades pessoais entre jovens que vivem em situação de vulnerabilidade. Programa está em fase de testes em centros esportivos do Distrito Federal e do Rio de Janeiro e foi tema de apresentação da agência da ONU em workshop da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na última sexta-feira (31), em Brasília.

Segundo dados de 2014 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), negros e negras, o que inclui pardos e pretos, compõem 53,6% da população brasileira. Foto: EBC

Fundo de População da ONU lamenta decisão dos EUA de suspender financiamento

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) lamentou nesta terça-feira (4) a decisão dos Estados Unidos de negar qualquer financiamento para o trabalho da agência no mundo.

“Nós sempre consideramos os EUA como um parceiro de confiança e um líder em ajudar a garantir que toda gravidez seja desejada, todo parto seja seguro e cada jovem alcance seu potencial”, disse a agência da ONU em comunicado.

Avó alimenta neta de 2 anos no distrito de Dhading, no Nepal. Foto: Banco Mundial/Aisha Faquir

Cúpula da ONU discute envelhecimento populacional e desenvolvimento sustentável

O órgão consultivo das Nações Unidas para questões relacionadas à população e ao desenvolvimento iniciou na segunda-feira (3) sua cúpula anual, com foco na mudança das estruturas etárias da população e no desenvolvimento sustentável.

A ONU estima que, até 2050, a população com mais de 65 anos na Europa irá aumentar de 23% para 28%. Para o secretário-geral António Guterres, a migração internacional pode ajudar a enfrentar os desafios do envelhecimento populacional. Ele encorajou todos os governos a facilitar processos migratórios seguros, ordenados e regulares.

Jovens empreendedores. Foto: Start-Up Brasil

Agência da ONU e SEBRAE prorrogam prazo de premiação sobre empreendedorismo inclusivo

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) prorrogaram para 17 de abril o prazo de inscrições para a chamada pública Incluir 2017 — iniciativa que vai reconhecer boas práticas de empreendedores, produtores rurais e donos de companhias de pequeno porte. Premiação reconhecerá projetos que promovam a inclusão socioeconômica de cidadãos com menor renda.

Uma delegação de Mianmar participou no fim de março de uma visita de estudos ao Brasil, organizada pelo Centro de Excelência contra Fome. Foto: PMA

Delegação de Mianmar visita Brasil para conhecer programas de alimentação escolar

Uma delegação de Mianmar participou no fim de março de uma visita de estudos ao Brasil, organizada pelo Centro de Excelência contra Fome e pelo escritório do Programa Mundial de Alimentos (PMA) do país asiático.

O objetivo foi oferecer a Mianmar uma oportunidade de aprender sobre o desenho e a implementação de programas multissetoriais e sustentáveis de alimentação escolar e contribuir para o fortalecimento da capacidade institucional do governo.

Novo chefe do FIDA, Gilbert Houngbo disse desejar que as pessoas vejam a vida no campo como uma escolha e não uma necessidade. Foto: WikiCommons / Flickr / Maria Hsu

Novo presidente do FIDA defende investir na juventude rural para combater crise de migração

Investir na juventude rural é essencial para reduzir a migração de jovens que buscam trabalhar nas cidades e importante para manter o suprimento global de alimentos, afirmou nesta segunda-feira (3) o novo chefe da agência das Nações Unidas encarregada de erradicar a pobreza rural.

Em uma de suas primeiras entrevistas desde que passou a ocupar a liderança do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), Gilbert Houngbo disse desejar que as pessoas vejam a vida no campo como uma escolha e não como uma necessidade.

Projeto Paulo Freire tem o ojetivo de contribuir para a redução da pobreza rural em 31 municípios do Semiárido do Ceará. Foto: EBC

Deputados do CE aprovam repasse a projeto apoiado por agência da ONU

A Assembleia Legislativa do Ceará (CE) aprovou na quinta-feira (30) uma lei que autoriza repasse de 5,8 milhões de reais para a execução do Projeto Paulo Freire, iniciativa de desenvolvimento agrário apoiada pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

O Projeto de Desenvolvimento Produtivo e de Capacidades, conhecido como Projeto Paulo Freire, tem o objetivo de contribuir para a redução da pobreza rural em 31 municípios do Semiárido do Ceará, por meio do desenvolvimento produtivo sustentável e do capital social e humano.

Participantes de ato unificado pelo fim da violência contra a mulher, realizado em São Paulo. Foto: Flickr CC/Mídia Ninja

ONU Mulheres abre inscrições para mapeamento de iniciativas para igualdade de gênero no Brasil

A ONU Mulheres e parceiros lançaram na sexta-feira (31) a Plataforma UNA, destinada a mapear o ecossistema de iniciativas para a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres no Brasil.

Para serem incluídas no mapeamento, as organizações devem se inscrever até 10 de abril no site http://www.u1na.org. A inscrição é altamente recomendada para que o maior número possível de organizações e iniciativas no Brasil sejam refletidas no mapeamento.

VÍDEO: O que é desenvolvimento sustentável?

Países latino-americanos e caribenhos reúnem-se no México para discutir adoção da Agenda 2030

O México receberá de 26 a 28 de abril a primeira reunião do Fórum dos Países da América Latina e do Caribe sobre Desenvolvimento Sustentável, em que representantes de governos, instituições internacionais, setor privado, academia e sociedade civil se encontrarão para revisar os avanços e desafios da implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável na região.

A tuberculose é a causa mais comum de hospitalização e morte entre pessoas HIV positivas. Foto: EBC

Países precisam adotar medidas urgentes para reduzir mortes por tuberculose, diz UNAIDS

No Dia Mundial de Combate à Tuberculose, lembrado em 24 de março, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS) encorajou os países a fazerem muito mais para reduzir o número de mortes por tuberculose (TB) entre pessoas vivendo com HIV.

A tuberculose é a causa mais comum de hospitalização e morte entre pessoas HIV positivas. Em 2015, 1,1 milhão de pessoas morreram de alguma doença relacionada à AIDS — cerca de 400 mil delas morreram de tuberculose, incluindo 40 mil crianças.

Para Banco Mundial, países latino-americanos e caribenhos precisam intensificar a integração regional para retomar o crescimento. Foto: APPA

Menos de 1% das empresas latino-americanas realizam exportações, diz CEPAL

Em seminário em Tegucigalpa, em Honduras, a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) defendeu na terça-feira (28) a participação mais igualitária de empresas de pequeno e médio porte da região no mercado de exportações. Segundo a agência da ONU, isso poderia fortalecer a presença de companhias latino-americanas no comércio internacional. Menos de 1% do setor privado regional realiza vendas ao exterior.

Refugiados participam de Feirão do Emprego em São Paulo. Foto: Governo de São Paulo (Arquivo)

Agência da ONU participa de seminário em SP sobre integração de refugiados nas grandes cidades

A integração dos refugiados em grandes cidades será tema de palestra magna da Expo Arquitetura Sustentável, que acontece em São Paulo na próxima terça-feira (4). A representante da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) no Brasil, Isabel Marquez, será uma das palestrantes.

“A população de refugiados de hoje é cada vez mais urbana. Esta tendência cria novos tipos de vulnerabilidade e novos desafios de proteção para a comunidade humanitária, além de criar oportunidades para ajudar refugiados a serem autossuficientes”, disse Isabel.

Visita teve como objetivo aprofundar o intercâmbio entre Brasil e Costa Rica de boas práticas de proteção dos direitos dos trabalhadores migrantes. Foto: EBC

Brasil e Costa Rica discutem proteção aos direitos de trabalhadores migrantes

Com o objetivo de aprofundar o intercâmbio entre Brasil e Costa Rica de boas práticas de proteção dos direitos dos trabalhadores migrantes, o governo costa-riquenho recebeu uma visita técnica brasileira no mês passado, organizada pelo escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no país.

A visita técnica foi realizada no marco do Projeto de Cooperação Sul-Sul para a Proteção dos Direitos dos Trabalhadores Migrantes na América Latina e no Caribe, implementado em 2015 pelo escritório da OIT no Brasil, em parceria com a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e Ministério do Trabalho.

Agricultores do Moçambique viram novos mercados se abrirem com a participação do país no PAA África. Foto: PMA/Arssalan Serra

Brasil, Moçambique e ONU debatem iniciativas de alimentação escolar associadas à agricultura familiar

Representantes do Brasil e da ONU reuniram-se em Moçambique com o governo local para o primeiro seminário nacional sobre o Programa de Aquisição de Alimentos para a África (PAA África) — iniciativa que conecta a produção da agricultura familiar às demandas de escolas que oferecem refeições para seus alunos. Encontro ocorreu nos dias 20 e 21 de março e debateu como os aprendizados do projeto podem orientar o futuro da alimentação escolar no país africano.

Brasil afirmou ter tomado diversas medidas para garantir a segurança e a qualidade de suas carnes, afirmou a delegação brasileira aos membros da OMC. Foto: EBC

Brasil reafirma medidas de controle sanitário de carnes na OMC

O Brasil atualizou os países-membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre as medidas tomadas pelo país para garantir a segurança de suas carnes exportadas, durante reunião do Comitê sobre Medidas Sanitárias e Fitossanitárias realizada na semana passada (22 e 23 de março).

A delegação brasileira pediu que os países-membros levassem em conta as informações prestadas e “se abstivessem de adotar medidas que possam constituir restrições arbitrárias contrárias às regras da OMC”.

Chefe da CEPAL alertou que parcerias público-privadas não devem gerar passivos contingentes para as finanças públicas dos países latino-americanos e caribenhos. Foto: EBC

CEPAL pede transparência em parcerias público-privadas na região latino-americana e caribenha

As parcerias público-privadas nos países latino-americanos e caribenhos precisam ser instrumentos de desenvolvimento, e não de privilégios, atendendo a sistemas de governança e transparência. A declaração foi feita pela secretária-executiva da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), Alicia Bárcena, durante a 16ª Cúpula de Chefes de Estado e de Governo do Mecanismo de Diálogo de Tuxtla em San José, na Costa Rica.

“Não queremos que as parcerias público-privadas gerem passivos contingentes para as finanças públicas, mas que potencializem o investimento, contribuam para a diversificação produtiva”, disse Bárcena.

André Oliveira, presidente do Pacto Global da ONU no Brasil, destacou importância do combate à corrupção. Foto: Pacto Global/Fellipe Abreu

Pacto Global da ONU mapeia desafios do setor privado para enfrentar corrupção no Brasil

“O problema do Brasil não é a construção civil, não são os trens, não é a carne. O problema do Brasil é a corrupção”. Foi assim que o presidente do Pacto Global da ONU no Brasil, André Oliveira, descreveu a atual crise por que passa o país. Para combater crimes no âmbito corporativo, a rede de empresas reuniu 60 representantes do setor privado, governo e academia na semana passada (21), em São Paulo, para um workshop sobre como coibir ações corruptas.

Família síria aguarda partida de barca em Lesbos, na Grécia, com destino a campo de refugiados em Larissa. Foto: ACNUR/Achilleas Zavallis

Cooperação é fundamental para ajudar refugiados na Grécia, diz agência da ONU

A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) afirmou que esforços conjuntos e o fortalecimento da cooperação são fundamentais para melhorar a situação dos refugiados e das pessoas que buscam asilo na Grécia.

“A situação da Grécia pode ser gerenciada, mas para conseguirmos isso, é preciso um compromisso firme de todos os lados”, disse o alto-comissário das Nações Unidas para os refugiados, Filippo Grandi.

Programa de Voluntários da ONU apoia Dia das Boas Ações no Brasil

Estão abertas inscrições para participar da segunda edição brasileira do Dia das Boas Ações, movimento global de voluntariado que será realizado sábado (1) e domingo (2) em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. A iniciativa tem o apoio do Programa de Voluntários das Nações Unidas (UNV).

As inscrições vão até esta quarta-feira (29). Consulte atividades disponíveis para voluntários no site www.diadasboasacoes.com.br.

Previsão da FAO é de que a produção de milho para 2017 na América Latina e no Caribe se manterá em níveis altos como resultado do aumento da produção em Argentina e Brasil. Foto: EBC

Brasil e Argentina impulsionam colheita de milho na América do Sul em 2017, diz FAO

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) prevê colheitas de milho na América do Sul mais favoráveis em 2017 devido principalmente à expansão nos principais produtores, Argentina e Brasil.

O relatório “Perspectivas de colheitas e situação alimentar” (disponível em inglês) também destaca que, em 2016, a colheita recorde de milho no México e a recuperação da produção de cereais em outros países da América Central depois da seca do ano passado resultaram em uma colheita abundante de cereais na sub-região.

A FAO e o governo brasileiro recebem até 13 de abril inscrições para curso semipresencial sobre programas sustentáveis de alimentação escolar. Foto: PMA / Ana Claudia Costa

FAO recebe inscrições para curso sobre programas sustentáveis de alimentação escolar

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e o governo brasileiro recebem até 13 de abril inscrições para curso semipresencial sobre programas sustentáveis de alimentação escolar.

O curso tem como público-alvo gestores públicos, professores, estudantes, profissionais e técnicos das áreas relacionadas à alimentação escolar, segurança alimentar e nutricional, agricultura, saúde e educação de Brasil, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Paraguai e Peru.

Foto: Flickr/percursodacultura (cc)

Fundação Banco do Brasil e ONU abrem inscrições para prêmio sobre desenvolvimento sustentável

Até 31 de maio, o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017 recebe inscrições de iniciativas desenvolvidas para resolver problemas em seis áreas — água e meio ambiente, agroecologia, economia solidária, educação, saúde e bem-estar, cidades sustentáveis e inovação digital — que formam as categorias temáticas do concurso. Premiação tem o apoio de quatro agências da ONU no país.

Trecho do Parque Rachel de Queiroz, em Fortaleza. Foto: Prefeitura de Fortaleza/Kaio Machado

Banco Mundial ajuda Fortaleza a revitalizar áreas degradadas e melhorar mobilidade urbana

Em Fortaleza, o Banco Mundial se uniu à Prefeitura para reabilitar as áreas da Bacia de Vertente Marítima e do Parque Rachel de Queiroz. A iniciativa é parte do esforço do organismo financeiro para enfrentar alguns dos problemas trazidos pela urbanização acelerada e não planejada no Brasil. Projeto foi premiado pelo Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) em janeiro deste ano.