Guia para conselheiros municipais de educação aborda desafios da pandemia

A União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME) entregou na sexta-feira (26) a mais de 4,3 mil conselhos o guia “Educação em tempos de pandemia: direitos, normatização e controle social”, produzido pela entidade com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

O documento reúne orientações para que conselheiros municipais ajudem a garantir o direito à educação de crianças e adolescentes, jovens e adultos, durante o período da pandemia de COVID-19.

As cestas foram compradas pelo UNOPS com recursos destinados pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) no Amapá. Foto: Amapá Solidário

UNOPS e parceiros entregam equipamentos de proteção individual a hospitais do Acre

O UNOPS, organismo das Nações Unidas especializado em infraestrutura, compras e gestão de projetos, entregou Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) ao estado do Acre na quinta-feira (25) para combate à COVID-19.

Na região atendida vive a maior população indígena do estado. Foram entregues 21 mil máscaras N95, 14 mil máscaras cirúrgicas, 5 mil toucas e 300 óculos de proteção para os hospitais Dr. Sansão Gomes e Hospital Geral de Feijó, das cidades de Tarauacá e Feijó.

O anúncio de utilidade pública é dublado pelo ator Rowan Atkinson, que criou a personagem Mr. Bean. Foto: Reprodução

Campanha com desenho animado do Mr. Bean lembra importância de se manter vigilante na pandemia

Organização Mundial de Saúde (OMS), Project Everyone e Tiger Aspect Productions fecharam uma parceria para lançar um anúncio de utilidade pública com uma das estrelas de comédia mais conhecidas do mundo, o Mr. Bean.

Com os casos de COVID-19 crescendo mundialmente, a “Lista essencial de verificação COVID-19” do Mr. Bean é um lembrete às pessoas sobre a importância de lavar as mãos, manter o distanciamento físico e demonstrar bondade com os vizinhos.

Voluntários da ONU Zâmbia em Lusaka compartilham informações sobre o novo coronavírus como parte dos esforços de sensibilização da comunidade. Foto: PNUD Zâmbia

ONU lista ações realizadas para combater COVID-19; estabelece roteiro para saída da pandemia

Em meio à crise causada pela pandemia de COVID-19, a ONU se mobilizou para salvar vidas, controlar a transmissão do vírus e aliviar as consequências econômicas, disse o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, a jornalistas na quinta-feira (25), falando no lançamento virtual de seu relatório de resposta da Organização à crise.

O relatório não apenas descreve as ações tomadas desde que a pandemia foi declarada, disse ele, como também oferece um roteiro para reconstruir melhor por meio de solidariedade e unidade global.

Foto: Reprodução

OIT, UNAIDS e MPT lançam vídeo sobre direitos da população LGBTI+ em meio à pandemia

Para marcar o Dia Internacional do Orgulho LGBTI+, celebrado em 28 de junho, Organização Internacional do Trabalho (OIT), Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e Ministério Público do Trabalho (MPT) lançam campanha em vídeo para garantir direitos e proteção da população lésbica, gay, bissexual, travesti, transexual e intersex (LGBTI+) no Brasil.

Em meio à crise de saúde da COVID-19 e seus impactos sobre sociedade, economia e mundo do trabalho, as agências afirmam ser fundamental voltar a atenção para as pessoas historicamente excluídas por preconceitos e discriminação em relação à sua orientação sexual e identidade de gênero.

São Paulo já soma mais de 1,7 mil mortos por COVID-19. Foto: Agência Brasil/Rovena Rosa

COVID-19: recuperação será mais lenta após ‘crise como nenhuma outra’, prevê FMI

A recuperação econômica da pandemia de COVID-19 é projetada para ser mais gradual do que o previsto anteriormente, de acordo com relatório publicado na quarta-feira (24) pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

O organismo internacional estima uma queda de 4,9% para a economia global este ano, frente à projeção de baixa de 3% feita em abril, indicando que a recessão será mais profunda e a recuperação, mais lenta. Para o Brasil, a previsão é de um tombo de 9,1%.

FAO monitora nuvem de gafanhotos que passa por Argentina e pode chegar ao Brasil

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) no Brasil está acompanhando a movimentação de uma nuvem de gafanhotos que passa pela Argentina e pode chegar ao Rio Grande do Sul, segundo informou a imprensa do país vizinho.

A FAO considera o gafanhoto do deserto “a praga migratória mais destrutiva do mundo”. Uma nuvem de 1 quilômetro quadrado destes insetos pode consumir a mesma quantidade de alimento que 35 mil pessoas em um dia. A preocupação da agência é a possibilidade de uma crise humanitária ser criada por tal situação.

Comércio exterior teve forte declínio com a COVID-19. Foto Tom Fisk/Pexels

CEPAL e Senado realizam webinar sobre propostas globais para recuperação sustentável

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe das Nações Unidas (CEPAL) e o senador Jaques Wagner, presidente da Subcomissão do Grande Impulso para a Sustentabilidade do Senado Federal, realizam na segunda-feira (29) o webinar “Propostas Globais para uma Recuperação Sustentável”.

O objetivo é apresentar propostas para uma recuperação econômica sustentável da crise provocada pela pandemia de COVID-19, que está atingindo fortemente o Brasil e muitos países do mundo.

Policlínica itinerante no município de Almeirim, no Pará. Foto: Agência Pará/Bruno CecimPoliclínica itinerante no município de Almeirim, no Pará. Foto: Agência Pará/Bruno Cecim

Países devem se preparar para enfrentar surtos recorrentes de COVID-19 pelos próximos 2 anos

A diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Carissa F. Etienne, afirmou quarta-feira (24) que, na ausência de tratamentos eficazes ou na ampla disponibilidade de uma vacina, a região das Américas pode sofrer surtos recorrentes de COVID-19, intercalados com períodos de transmissão limitada, ao longo dos próximos dois anos.

“Diante de uma pandemia que muda rapidamente, a liderança tornará efetiva ou romperá nossa resposta. Agora é a hora de os líderes superarem as divisões políticas e as fronteiras geográficas para aumentar o apoio a uma resposta proporcional a essa crise sem precedentes”, afirmou Etienne em coletiva de imprensa.

UNICEF e parceiros distribuem kits de higiene a 900 famílias vulneráveis de São Paulo

Foram feitas na quarta-feira (24) doações de kits de higiene pessoal e limpeza – bem como a distribuição de folhetos e cartazes informativos sobre prevenção do novo coronavírus e proteção de crianças, adolescentes e suas famílias – a pessoas que vivem em cortiços, ocupações ou estão em situação de rua em São Paulo (SP).

O projeto é fruto de uma parceria do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e do Ministério Público do Trabalho (MPT) para atender 900 famílias com crianças e adolescentes no centro da capital paulista, totalizando 2,7 mil crianças e adolescentes. A ação será realizada em parceria técnica com a Rede Ibab Solidária.

Carta da ONU

‘Carta da ONU foi assinada há 75 anos – e seus princípios continuam verdadeiros’

No dia 26 de junho de 1945 – há exatos 75 anos –, 50 países se comprometiam com os 19 capítulos e 111 artigos da Carta das Nações Unidas, o documento que fundou a ONU. Entre os valores descritos no documento, se destacam uma visão de paz mundial, a promoção dos direitos humanos universais e justiça para todos.

Em uma mensagem em vídeo marcando a data, o secretário-geral da organização, António Guterres, afirmou que os seus princípios continuam a ser verdadeiros hoje em dia. Ele classificou o documento como um “guia atemporal” que ainda é válido para enfrentar os desafios atuais.

Grupo de 174 empresas pede retomada econômica sustentável com atenção ao clima

Empresas comprometidas em reduzir suas emissões de gases de efeito estufa com base em critérios científicos assinaram um manifesto endereçado aos governos, pedindo que a retomada econômica priorize ações contra as mudanças do clima.

Das 174 companhias signatárias, oito são brasileiras – AES Tietê, Baluarte Cultura, EDP Energias do Brasil SA, Grupo Malwee, Lojas Renner SA, Movida Participações SA, Natura e NELM Advogados.

O documento indica a importância da substituição dos combustíveis fósseis e da inovação para a criação de soluções resilientes de baixo carbono, sempre priorizando os empregos mais verdes e o crescimento sustentável. Saiba como participar do movimento.

Vista aérea de derretimento de geleiras da ilha Rei George, Antártica. O relato de uma temperatura do Ártico mais típica dos trópicos ocorre alguns meses depois que a base de pesquisa argentina Esperanza, no extremo norte da península antártica, estabeleceu um novo recorde de temperatura. Foto: ONU/ Eskinder Debebe

ONU analisa relatos de calor recorde de 38°C no Círculo Polar Ártico

Relatos de que as temperaturas em uma cidade russa do Círculo Polar Ártico provavelmente atingiram um recorde de 38°C no último fim de semana estão sendo analisados pela Organização Meteorológica Mundial (OMM), que aguarda uma verificação final, informou na terça-feira (23).

Se as autoridades russas confirmarem a observação da temperatura realizada no último sábado (20), a OMM encaminhará a descoberta para uma análise mais detalhada por um painel internacional de especialistas.

OPAS alerta para necessidade de controlar dengue nas Américas durante a pandemia

Mais de 1,6 milhão de casos de dengue foram registrados nas Américas nos primeiros cinco meses de 2020, chamando a atenção para a necessidade de continuar eliminando os mosquitos vetores de doenças mesmo em meio à pandemia da COVID-19. A maioria dos casos de dengue nas Américas foi registrada no Brasil, com 1.040.481 casos, representando 65% do total.

De acordo com a atualização epidemiológica da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) sobre dengue e outras arboviroses, “enquanto as medidas de distanciamento social estão em vigor, as famílias devem ser incentivadas a trabalhar juntas em suas casas e ao redor delas para se livrar da água parada, reduzir e descartar resíduos sólidos e garantir a cobertura adequada de todos os recipientes de armazenamento de água. Essas medidas podem ser tomadas como uma atividade familiar”.

ONU e Comitê Olímpico Internacional unem forças para combater a COVID-19

No dia 23 de junho, data em que se celebra o Dia Olímpico, o Comitê Olímpico Internacional (COI), a Organização Mundial da Saúde (OMS) e as Nações Unidas lançaram uma parceria para incentivar pessoas e comunidades ao redor do mundo a se unirem por meio da campanha #HEALTHYTogether. Os três parceiros e diversos atletas olímpicos destacarão a colaboração global necessária para manter-se saudável e reduzir a propagação e o impacto da COVID-19.

Os atletas olímpicos ajudarão a divulgar informações importantes sobre saúde pública, inspirando as pessoas a adotarem ou manterem comportamentos que reduzirão a pandemia e fornecerão informações que promovam a saúde física e mental. A parceria começou nesta terça-feira (23) com atletas olímpicos de todo o mundo, apresentando exercícios para estimular as pessoas manterem-se saudáveis durante esse período.

Projeto visa ao desenvolvimento sustentável das grotas de Maceió. Foto: ONU-Habitat

ONU-Habitat apoia debate online com lideranças comunitárias de Maceió (AL)

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) apoiou o debate online “Ouvindo as comunidades em tempos de pandemia: ocupações, grotas e bairros populares em Maceió”, realizado no início de junho (8) pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), com apoio do Instituto Ideal.

O evento discutiu como ocupações, grotas e bairros populares de Maceió estão vivendo a crise da COVID-19 e como a arquitetura e o urbanismo podem contribuir para a solução dos problemas durante e depois da pandemia.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, fala em Genebra sobre a pandemia da COVID-19. Foto: ONU/Eskinder Debebe

OMS registra maior aumento diário em casos de COVID-19 no mundo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) registrou no domingo (21) o maior aumento diário em casos de novo coronavírus no mundo, superando 183 mil novas infecções em 24 horas, o que eleva o total para cerca de 8,8 milhões de casos em todo o mundo, com mais de 465 mil mortes.

“Parece que quase todos os dias alcançamos um novo e sombrio recorde”, disse o diretor-geral Tedros Adhanom Ghebreyesus, dirigindo-se a jornalistas na segunda-feira (22), durante coletiva de imprensa.

A escala e a velocidade dos fechamentos de escolas e universidades representa um desafio sem precedentes para o setor da educação. Foto: UNESCO

UNESCO: 40% dos países mais pobres não apoiam estudantes em situação de vulnerabilidade na pandemia

Menos de 10% dos países têm leis que ajudam a garantir a inclusão plena na educação, de acordo com o Relatório de Monitoramento Global da Educação de 2020, lançado nesta terça-feira (23) pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

O relatório identificou um aumento da exclusão durante a pandemia da COVID-19, e estimou que cerca de 40% dos países de renda baixa e média-baixa não apoiaram os estudantes desfavorecidos durante o fechamento temporário das escolas.

Foto: Banco Mundial/Dominic Chavez

OPAS e Global Citizen unem-se em campanha e show para resposta à COVID-19 nas Américas

No próximo sábado (27), será realizado um show transmitido online que fornecerá aos governos, líderes de corporações e filantropos(as) uma plataforma para assumir seus compromissos com a distribuição justa de ferramentas e tratamentos para a COVID-19.

Apresentado por Dwayne Johnson, o show terá apresentações de Chloe x Halle, Christine e Queens, Coldplay, J Balvin, Jennifer Hudson, Miley Cyrus, Shakira, entre outros.

Também haverá a participação de celebridades como Charlize Theron, Chris Rock, David Beckham, Diane Kruger, Forest Whitaker, Hugh Jackman e outros.

Produtores rurais, aterros sanitários e indústrias relacionadas à agropecuária podem produzir biogás. Foto: CIBiogás

UNIDO e Sebrae-PR lançam comunidade digital com artigos sobre biogás

A comunidade digital “Biogás Brasil”, desenvolvida pelo Sebrae-PR, foi lançada no âmbito do projeto GEF Biogás Brasil, que é implementado pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) e coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

Objetivo da comunidade é promover um espaço colaborativo para a publicação de artigos de análise, notícias setoriais, informações sobre novas tecnologias e outros assuntos ligados ao biogás no Brasil.

Empreendedores, produtores rurais, pesquisadores, estudantes, gestores públicos e outros atores-chave do setor podem colaborar com artigos temáticos. A comunidade funciona como um blog e já conta com 16 publicações.

Jon Witt, professor de ioga, durante prática em Jersey City, EUA. Foto: Winnie Witt

ONU destaca poder da ioga para ajudar a aliviar estresse na pandemia

A ONU celebrou no domingo (21) o sexto dia internacional da ioga, reconhecendo a prática como uma abordagem holística de saúde e bem-estar e uma ferramenta poderosa para lidar com as inúmeras tensões provocadas pela pandemia de COVID-19.

A ioga é uma prática física, mental e espiritual milenar que se originou na Índia e agora é praticada de várias formas no mundo todo. A palavra “yoga” deriva do sânscrito e significa “juntar-se ou unir-se”, simbolizando a união do corpo e da consciência.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) enfatizou os benefícios da ioga desde os primeiros dias da crise de COVID-19, recomendando a prática como uma maneira de cuidar do bem-estar físico e mental em casa.

Renata Fernandes é moradora da comunidade Jundiaí Figueiras, no município de Orobó (PE). Foto: ANATER

Projeto de fomento produtivo melhora renda de agricultores familiares do Semiárido

Plantar. Colher. Sobreviver. Lutar. Sonhar. Esses verbos sempre fizeram parte da vida de Renata Fernandes, moradora da comunidade Jundiaí Figueiras, no município de Orobó (PE).

Ela é uma das agricultoras familiares beneficiadas pelo Projeto Dom Helder Câmara, ação financiada pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) das Nações Unidas em apoio ao desenvolvimento rural sustentável na região do Semiárido.

PNUMA apoia ação para plantar 1 trilhão de árvores no mundo e restaurar Mata Atlântica no Brasil

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) está apoiando uma iniciativa para coordenar, de forma técnica, a plantação de 1 trilhão de árvores no mundo. A ação, realizada pela plataforma global TerraMatch, beneficiará a Mata Atlântica brasileira, florestas do México, do Peru e de países africanos.

No Brasil, governos locais e organizações parceiras estão cooperando para restaurar a biodiversidades da Mata Atlântica com árvores originais.

Meninas na vila de Danja, no Níger, durante campanha de enfrentamento à violência contra as mulheres e meninas. Foto: UNFPA/Ollivier Girard

‘Não há desculpa. E deve haver tolerância zero’, diz vice da ONU sobre violência de gênero

Em meio ao aumento da violência contra mulheres e meninas em todo o mundo – incluindo o estupro –, a vice-secretária-geral das Nações Unidas, Amina J. Mohammed, enviou uma forte mensagem nessa segunda-feira (22) alertando para o frequente hábito de culpar as vítimas da violência de gênero.

Na mensagem em vídeo, Amina pediu que os homens e meninos se tornem aliados no enfrentamento desse tipo de violência.

Com a pandemia, governos federal, estaduais e municipais tiveram que readequar normas e desenvolver estratégias para dar continuidade à entrega de alimentos a estudantes. Foto: Prefeitura do Rio de Janeiro

Entrega de alimentos a estudantes tem continuidade no Brasil durante a pandemia

Criado há mais de 60 anos, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) apoia diariamente cerca de 42 milhões de estudantes da rede pública de ensino. Com a pandemia de COVID-19, governos federal, estaduais e municipais tiveram que readequar normas e desenvolver estratégias para dar continuidade à entrega de alimentos a milhões de alunos e alunas no país.

Para compartilhar experiências de execução do PNAE durante a suspensão das atividades escolares, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) no Brasil e a Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável promoveram webinar visto por mais de 4 mil pessoas na semana passada (18).

UNOPS comprou 25 ventiladores pulmonares que serão destinados a hospitais do estado de Rondônia. Foto: TRT14

UNOPS, MPT e TRT entregam 25 ventiladores pulmonares a hospitais em Rondônia

O Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) comprou 25 ventiladores pulmonares que serão destinados a hospitais de Rondônia. Os equipamentos foram entregues na quinta-feira (18) para fortalecer a resposta do estado à pandemia de COVID-19.

A compra foi realizada com recursos provenientes da atuação da Procuradoria Regional do Trabalho da 14ª Região, em ações civis públicas na Justiça do Trabalho e termos de ajuste de conduta firmados extrajudicialmente.

Foto: EBC

ONU: informais perderam 60% dos rendimentos no 1º mês da pandemia

As Nações Unidas lançaram nessa sexta-feira (19) um documento de políticas públicas que aponta uma perda de 60% dos rendimentos por parte dos trabalhadores e trabalhadoras informais – aqueles que, em geral, não possuem direitos trabalhistas ou proteção social. O dado se refere apenas ao primeiro mês da crise econômica decorrente da pandemia de COVID-19.

O relatório também aponta que centenas de milhões de empregos foram perdidos, destacando medidas a serem adotadas para mitigar os efeitos da crise.

“A pandemia virou ao avesso o mundo do trabalho. Todos os trabalhadores, todos os negócios e todos os cantos do mundo foram afetados”, disse o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, em uma mensagem em vídeo para o lançamento do documento.

Confira aqui o vídeo e o documento.

Agências da ONU participam de debate virtual sobre segurança alimentar

A editora Colli Books realiza um debate virtual sobre segurança alimentar em tempos de COVID-19, neste sábado (20) às 16h, e contará com a participação do representante da Organização das Nações para Agricultura e a Alimentação (FAO) no Brasil, Rafael Zavala; e do representante do Programa Mundial de Alimentos (WFP) no Brasil e diretor do Centro de Excelência contra a Fome, Daniel Balaban.

As estimativas sugerem que em 2020 o número de pessoas empurradas para a pobreza extrema poderá chegar a cerca de 49 milhões. A ideia é propor caminhos para ajudar os países a reduzir os efeitos da pandemia no contexto alimentar.

O debate acontecerá no YouTube e Facebook da Editora Colli Books. 

Segundo dados de 2014 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), negros e negras, o que inclui pardos e pretos, compõem 53,6% da população brasileira.

Nove em cada dez brasileiros dizem que negros têm mais chance de serem abordados de forma violenta pela polícia

O primeiro webinário Fórum Data Favela, com a organização da Central Única das Favelas (CUFA), do Instituto Locomotiva e da UNESCO no Brasil, apresentou na quarta-feira (17) dados inéditos da pesquisa “As Faces do Racismo”.

O levantamento aponta as desigualdades que os negros enfrentam para entrar no mercado de trabalho e para ter acesso e oportunidades de estudo. Também revela que nove em cada dez brasileiros reconhecem que pessoas negras têm mais chance de serem abordados de forma violenta pela polícia.

ARTIGO: Reabrir as escolas: quando, onde e como?

O fechamento prolongado das escolas pode aumentar as desigualdades, aprofundar a crise de aprendizagem e expor as crianças mais vulneráveis a um maior risco de exploração. A análise é feita pela Stefania Giannini, diretora-geral adjunta de Educação da UNESCO; Robert Jenkins, chefe de Educação e diretor associado do UNICEF; e Jaime Saavedra, diretor global de Educação do Banco Mundial. Eles afirmam que quanto mais tempo as crianças vulneráveis estiverem fora da escola, menor será a probabilidade de elas voltarem a frequentá-la.

Em artigo, os dirigentes compartilham a aspiração de que as escolas reabram oportunamente e com segurança, garantindo o direito à educação de todas as crianças e jovens. Apresentam também orientações que oferecem conselhos práticos às autoridades nacionais e locais sobre como manter as crianças seguras quando voltarem à escola. Leia o artigo na íntegra.