Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) número 3 prevê alcançar a cobertura universal de saúde. Foto: Agência Brasil / Marcello Casal Jr.

Vencedores da ‘Mostra Brasil Aqui tem SUS’ são anunciados durante congresso em Fortaleza

O 32º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde foi encerrado no sábado (4) em Fortaleza (CE) com a divulgação da lista de trabalhos vencedores da 13ª edição da “Mostra Brasil Aqui tem SUS”, na qual foram premiadas as ações mais bem-sucedidas nos municípios para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

A representação da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil participou da comissão julgadora.

Sistema ONU iniciou a campanha global "Solte a Fera Pela Vida". Foto: ONU

Cantor Lenine une-se a campanha da ONU contra tráfico de animais silvestres

Com o objetivo de provocar na sociedade uma reflexão sobre o combate ao comércio ilegal de animais silvestres, o Sistema ONU iniciou a campanha global “Solte a Fera Pela Vida”. Sob a hashtag #WildforLife, a iniciativa visa a mobilizar milhões de pessoas a assumir compromissos e tomar medidas para acabar com as práticas de tráfico e comércio ilegal desses animais. O cantor e ecologista Lenine aderiu à campanha.

Poluição no centro de Pequim. Foto: Greenpeace/Kuang Yin

Poluição do ar nas cidades aumenta 8% e mata 7 milhões de pessoas por ano, alertam agências da ONU

Aumento foi verificado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) entre 2008 e 2013, com apoio de dados da Organização Mundial da Saúde. Menos de 20% dos países avaliados pela agência da ONU regulam a queima a céu aberto de resíduos, que é uma das principais causas da poluição do ar. Brasil é citado por tentar promover eficiência energética e ampliar redes de transporte público.

Participantes do encontro na Turquia, em maio de 2016. Foto: UNOHRLLS

ONU pede mais apoio a países menos desenvolvidos; encontro adota nova declaração política

Reunião com 48 países menos desenvolvidos define uma série de iniciativas para ajudar a erradicar a pobreza e enfrentar outros desafios. Participantes adotaram, na Turquia, declaração política.

Países menos desenvolvidos do mundo compreendem mais de 880 milhões de pessoas – cerca de 12% da população mundial –, representando porém menos de 2% do PIB mundial e cerca de 1% do comércio mundial de bens.

Mais de cem mil elefantes foram mortos em apenas três anos, segundo a ONU. Foto: PNUMA

‘Combater a ganância e preservar nosso patrimônio natural, em benefício dessa e de novas gerações’

No Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) deste ano, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, pediu que todos se comprometam a acabar com o comércio ilegal de vida silvestre – “desde cidadãos comuns, que podem se comprometer a não comprar produtos proibidos, a governos, que podem buscar mudanças ao implementar políticas efetivas de proteção a espécies e ecossistemas”. Confira a mensagem na íntegra abaixo.

Autor conta que ficou impressionado com relação afetiva entre médicos e pacientes. Foto: Araquém Alcântara

Mais Médicos é essencial para ampliar cobertura universal de saúde, diz coordenador da OPAS/OMS

O programa Mais Médicos é essencial para ampliar a cobertura universal de saúde, disse o coordenador do Mais Médicos na representação da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil, Renato Tasca, durante o 32º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde em Fortaleza (CE). “Temos 700 municípios que antes nunca tiveram um médico residente”, disse Tasca.

A indústria automobilística foi uma das mais afetadas em 2015. Foto: Fotos Públicas/GM Brasil

Países emergentes respondem por maior parte do crescimento industrial no 1º trimestre, diz UNIDO

A produção mundial subiu 2,1% no primeiro trimestre de 2016, comparado ao mesmo período do ano anterior. Desse total, 0,3% correspondeu ao crescimento da produção industrial das economias industrializadas, e 4,7% das economias industriais em desenvolvimento.

A produção industrial da América Latina, que sofreu com a queda da demanda global por commodities e a baixa do preço dos combustíveis, recuou 3,3%. Um dos maiores declínios foi o do Brasil, de 11,2%. A produção industrial chinesa, por outro lado, teve alta de 7,4%.

ONU Mulheres destaca que prefeitos e legisladores devem estar atentos às demandas das mulheres, pois elas estão lideran mobilizações por mais direitos em todo o Brasil. Foto: Mídia Ninja

ONU Mulheres pede preservação das políticas de defesa dos direitos das mulheres no Brasil

O governo da presidente afastada Dilma Rousseff tem legado de políticas públicas de defesa dos direitos das mulheres, na opinião da representante do escritório da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman.

“Existe um leque de políticas públicas de proteção e erradicação da violência contra as mulheres que são importantes. É uma construção de muitos anos, fruto dos movimentos de mulheres, que tem que ser política de Estado, não de governo”, disse.

Agência de desenvolvimento industrial da ONU busca parcerias para expandir curso de capacitação

A Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) abriu chamada pública em busca de parcerias com instituições públicas e privadas, nacionais e internacionais, com o objetivo de expandir seu programa de capacitação online.

Gratuito, o programa de capacitação da UNIDO utiliza metodologia de ensino à distância e foi desenvolvido por instituições espanholas, abordando temas como energias renováveis.

Agricultores familiares no Rio de Janeiro. Foto: GERJ/Paulo Filgueiras

Mudanças climáticas ameaçam agricultura familiar nas regiões Norte e Nordeste, diz centro da ONU

As mudanças climáticas terão fortes efeitos negativos para a agricultura familiar das regiões Norte e Nordeste do país nas próximas décadas, ameaçando a segurança alimentar dessas comunidades rurais, segundo estudo do Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG) do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) da ONU.

Castanha é produto florestal importante para comunidades que vivem na região amazônica. Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

Brasil, Bolívia e Peru discutem estratégias para promover desenvolvimento de comunidades amazônicas

Preservação da biodiversidade da Amazônia e desenvolvimento sustentável a partir de produtos das florestas e do turismo foram tema de encontros que reuniram representantes de reservas nacionais dos três países em Rio Branco, no Acre.

Evento foi realizado pela organização latino-americana Redparques — cuja secretaria técnica é exercida pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

Na maioria dos países analisados pela FAO, é necessário compromisso para que sistemas de monitoramento conversem com setores envolvidos na luta contra a fome. Foto: Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Países devem adotar diretrizes alimentares que levem em conta a sustentabilidade, diz FAO

Segundo estudo da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), de 215 países analisados, somente 83 adotam diretrizes alimentares para seus cidadãos, sendo que apenas quatro — entre eles o Brasil — consideram tanto aspectos de saúde como do meio ambiente em suas recomendações.

O levantamento mostrou que dietas ricas em vegetais e cereais, além de serem saudáveis, são ambientalmente sustentáveis.

Favela na periferia de Salvador, Bahia. Foto: Scott Wallace/Banco Mundial

América Latina precisa voltar a crescer para avançar contra a extrema pobreza, diz Banco Mundial

A meta número 1 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas deve ser uma das mais difíceis de alcançar nos próximos 15 anos: acabar com a pobreza em todas as formas, em todo o mundo. E, para a América Latina, na qual os tempos de bonança da década passada ajudaram milhões de pessoas a chegar à classe média, o desafio é ainda maior, pois a região atravessa o quinto ano de desaceleração econômica, afirmou o Banco Mundial.