Segundo o Observatório Regional de Banda Larga (ORBA, na sigla em espanhol), da CEPAL, a América Latina e o Caribe avançaram de forma sustentável em matéria de acesso à Internet na última década. Foto: EBC

Países latino-americanos reúnem-se no Chile para discutir políticas públicas digitais

Representantes de países de América Latina e Caribe reuniram-se esta semana em Santiago, no Chile, para discutir a nova agenda digital regional, denominada eLAC2020, com a convicção de que a revolução tecnológica em curso exige uma atualização permanente das políticas públicas digitais, em linha com os objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Em um cenário de baixo crescimento regional e de aumento do protecionismo no mundo, “é necessário implementar políticas de mudança estrutural na América Latina e no Caribe, priorizando a adoção das tecnologias digitais como catalizadoras da produtividade, do crescimento, da inclusão e da sustentabilidade ambiental”, disse Alicia Bárcena, secretária-executiva da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL).

Lideranças da indústria reunidas no Festival Internacional de Criatividade de Cannes Lions como parte da Aliança sem Estereótipo Foto: Getty Images /Cannes Lions

Em Cannes, ONU Mulheres convida indústria global a eliminar estereótipos de gênero na publicidade

A diretora-executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka, pediu esta semana durante o Festival Internacional de Criatividade Cannes Lions um maior compromisso das empresas com a igualdade de gênero e uma atuação coletiva para a eliminação de estereótipos na publicidade.

Durante o evento, 25 empresas se comprometeram com uma agenda global para enfrentar estereótipos de gênero nos anúncios e campanhas publicitárias.

Banco Mundial chama população a opinar sobre parceria entre o organismo financeiro e o Brasil

O Banco Mundial chama a população brasileira a participar de uma consulta pública sobre os rumos da parceria entre o organismo financeiro e o Brasil. Até 31 de maio de 2017, a agência da ONU receberá contribuições por e-mail de qualquer pessoa interessada. Recomendações do público serão levadas em conta na elaboração da nova estratégia nacional do Banco para o período 2017-2023.

Refugiados no campo de Bahirka, perto de Erbil, no norte do Iraque. Foto: UNAMI

Cátedra Sérgio Vieira de Mello promove temática do refúgio nas universidades brasileiras

Cerca de 3 mil alunos universitários do Brasil têm acesso à temática do refúgio e dos deslocamentos forçados por meio de disciplinas oferecidas pela Cátedra Sérgio Vieira de Mello (CSVM). As universidades associadas à cátedra têm facilitado o ingresso e a permanência de refugiados no ensino superior.

Os resultados da iniciativa no Brasil, promovida pela Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) desde 2003, foram divulgados na quinta-feira (24) durante a I Conferência Latino-Americana e VII Seminário Nacional da Cátedra, na Universidade Federal do ABC (UFABC), em São Bernardo do Campo (SP).