Ação de Israel contra flotilha em Gaza foi “claramente ilegal”, afirma Conselho de Direitos Humanos

Forças israelenses violaram os direitos humanos e o direito humanitário internacional durante o incidente de 31 de maio passado envolvendo um comboio de navios contendo ajuda internacional com destino a Gaza, concluiu a Missão de Inquérito Independente do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas. “Conduta do pessoal militar israelense com os passageiros abordo do navio não foi apenas desproporcional para a ocasião”, demonstrando “um nível inaceitável de brutalidade”.

Sobe para 17 milhões o número de pessoas afetadas pelas inundações no Paquistão

As Nações Unidas estão expandindo suas operações de ajuda no Paquistão, devido ao aumento das áreas inundadas e o número de pessoas significantemente afetadas pelo desastre. Notícias publicadas na mídia indicam que o Talibã ameaçou matar os trabalhadores humanitários das Nações Unidas que operam na zona de inundação. O Subsecretário-Geral para Assuntos Humanitários afirmou que isso não vai impedir que o pessoal da ONU e seus parceiros continuem o trabalho.

ONU adverte que operações de ajuda no Iêmen permanecem com falta de fundos

As Nações Unidas expressaram preocupação sobre a situação humanitária no norte de Iêmen, onde as necessidades da população deslocada por causa de conflitos ultrapassam amplamente os fundos fornecidos pelos doadores. Menos de 70 milhões de dólares, ou 36% dos 187 milhões prometidos este ano por agências humanitárias, foram recebidos, reportou o Escritório das Nações Unidas de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).