São Paulo recebe 1º fórum no mundo sobre investimentos nas metas sustentáveis da ONU

Em São Paulo (SP), empresas e investidores se reuniram com representantes do governo na quarta-feira (20) para discutir como o setor privado pode mobilizar investimentos em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Com mais de 140 representantes do mundo corporativo, setor público, sociedade civil e academia, o SDG Investment Forum — o primeiro realizado no mundo — enfatizou que a agenda da ONU é uma oportunidade para os negócios.

Ao final do prefão da bolsa, representantes da ONU e do setor privado tocaram a campainha pela sustentabilidade nos negócios. Foto: Pacto Global/Bruno Noda

Ao final do prefão da bolsa, representantes da ONU e do setor privado tocaram a campainha pela sustentabilidade nos negócios. Foto: Pacto Global/Bruno Noda

Em São Paulo (SP), empresas e investidores se reuniram com representantes do governo na quarta-feira (20) para discutir como o setor privado pode mobilizar investimentos em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Com mais de 140 representantes do mundo corporativo, setor público, sociedade civil e academia, o SDG Investment Forum — o primeiro realizado no mundo — enfatizou que a agenda da ONU é uma oportunidade para os negócios.

“O know how empresarial é muito valioso e determinante para dar escala a boas práticas que viabilizem uma economia sustentável”, afirmou no evento o coordenador-residente da ONU no Brasil, Niky Fabiancic.

Durante o encontro, promovido pelo Pacto Global da ONU, lideranças empresariais discutiram os desafios de alinhar os interesses do setor privado aos ODS. Companhias brasileiras apresentaram cases ligados às metas da ONU. “Sustentabilidade não é um custo adicional, não é um pedágio, é um investimento para melhores negócios”, defendeu o CEO da Natura, João Paulo Ferreira.

Organizações do mercado financeiro ressaltaram que a inclusão da agenda de sustentabilidade nas estratégias corporativas tem chamado atenção de investidores.

“Nós da Pimco vemos como uma feliz oportunidade ajudar a criar um mercado de títulos ODS. Encorajamos empresas e governos a considerar instrumentos ligados aos ODS para financiar seus objetivos sustentáveis. Essa é uma maneira que podemos ajudar para responder os bilhões-para-trilhões de desafios dos ODS”, disse Gavin Power, chefe de sustentabilidade da gestora de investimentos.

Realizado na sede da B3, na capital paulista, o fórum contou com uma cerimônia em que representantes da ONU e do setor privado tocaram a campainha pelos negócios sustentáveis.

A série de SDG Investment Forums, que ocorrerá em outros países, é uma oportunidade para governos entenderem os desafios que empresas e investidores enfrentam ao coordenar suas operações com base no proposto pelos Objetivos Globais.

“Para atingir os ODS, precisamos engajar negócios e investidores em todas as partes do mundo. Nossos fóruns regionais nutrem um diálogo colaborativo para refletir sobre o papel que o setor privado pode desempenhar ao direcionar o capital em torno dos ODS, ajudando a inspirar ações para fechar a lacuna de financiamento dos ODS. Juntos com nosso co-organizador (Principle Responsible Investment — PRI), temos o potencial para realmente fazer os Objetivos Globais e os negócios locais”, disse Lise Kingo, CEO do Pacto Global.

O evento em São Paulo teve o apoio da Pimco, B3, ONU Meio Ambiente, Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas (UNDESA) e Banco Itaú.


Comente

comentários