Rumo ao Dia Mundial da Ação Humanitária, Assembleia Geral vira cenário de vídeo com Beyoncé

Ao longo dos últimos dias, técnicos têm trabalhado no “cenário” para a gravação ao vivo da canção “I Was Here”, da artista Beyoncé.

Secretário-Geral Ban Ki-moon se reúne com Beyoncé durante os ensaios no salão da Assembleia Geral da ONU, para a gravação da canção "I Was Here". (ONU/Mark Garten)

Embora o foco habitual dos eventos que ocorrem na plenária da Assembleia Geral da ONU sejam os assuntos internacionais, na noite de hoje (10) o local será palco de um evento internacional de natureza um pouco diferente — a gravação de um videoclipe da música escolhida para o próximo Dia Mundial da Ação Humanitária.

Ao longo dos últimos dias, técnicos de iluminação e de camarim têm trabalhado dia e noite para preparar o cenário, localizado na sede da ONU em Nova York, para a gravação ao vivo, na frente de uma plateia, da canção “I Was Here”, da artista Beyoncé.

Juntamente com a compositora Diane Warren, Beyoncé está doando o vídeo para a campanha do Dia Mundial da Ação Humanitária, que cai no domingo, 19 de agosto — mesmo dia em que o vídeo será lançado em todo o mundo, com exposições em telões nas cidades de Dubai, Genebra, Addis Abeba, Nova York, entre outros lugares.

Durante os ensaios na quinta-feira (9) à noite, Beyoncé se encontrou com o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon (foto). “Aqui é onde eu converso com todos os presidentes, primeiros-ministros e ministros das Relações Exteriores sobre a importância da assistência humanitária, e eu vou falar sobre você e seu papel humanitário muito nobre”, disse Ban, enquanto agradecia à artista por sua contribuição. Beyoncé respondeu que era “tão excitante estar aqui na Assembleia Geral. Esta é realmente uma grande lembrança para mim”.

Mais de mil pessoas, incluindo muitos funcionários humanitários de alto nível, são esperadas para assistir a gravação do vídeo da música hoje à noite.

A Assembleia Geral proclamou o dia 19 de agosto como Dia Mundial da Ação Humanitária em 2008, para lembrar a explosão do Hotel Canal em 2003, em Bagdá (Iraque). O atentado tirou a vida de 22 membros da ONU, incluindo o chefe da missão da ONU no Iraque, o brasileiro Sérgio Vieira de Mello, ferindo mais de 150 pessoas. A data pretende honrar aqueles que perderam suas vidas no serviço humanitário e aqueles que continuam a ajudar e socorrer milhões, além de chamar atenção para as necessidades humanitárias e de cooperação internacional.

Confira o vídeo da campanha deste ano, com Beyoncé:

Confira a mensagem de Ban Ki-moon:

http://youtu.be/t3KQnMMMsJw

Acesse o site da campanha: www.whd-iwashere.org