Rio+20 deve resultar em decisões concretas sobre o desenvolvimento sustentável, pede Ban Ki-moon

A Conferência é uma oportunidade única em uma geração para haver real progresso rumo ao desenvolvimento sustentável com maior igualdade entre as pessoas e nações.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, fez hoje (6/6) um apelo para que os líderes mundiais fechem acordos concretos na Rio+20 rumo ao desenvolvimento sustentável, combatendo a pobreza e promovendo maior igualdade econômica e social. A declaração foi feita durante conferência de imprensa na sede da ONU, em Nova York.

“A Rio+20 é uma oportunidade única em uma geração para fazer um progresso real para a economia sustentável do futuro”, disse Ban Ki-moon. “É necessário que os governantes tenham visão de longo prazo rumo ao desenvolvimento sustentável”.

Apesar do lento progresso nas negociações prévias à Conferência para se chegar a um rascunho do documento final, Ban afirmou estar otimista quanto aos resultados. “Não é incomum que negociações desse tipo demorem mais do que o previsto, são questões complexas que exigem longos debates e muitas vezes o acordo fica para o último momento”, justificou.

No último sábado, em Nova York, foi concluída a última rodada de negociações preparatórias da Rio+20 – com foco no documento final do encontro. Chegou-se a entendimento em mais de 20% do documento, com muitos pontos adicionais próximos de um acordo.