Rio recebe Conferência Internacional de Autoridades Reguladoras de Medicamentos em agosto

Evento acontece entre 24 e 29 de agosto para discutir, entre outros temas, qualidade dos medicamentos, fitoterápicos, homeopatia, reforma regulatória, medicamentos de segurança, falsificação etc.

Evento discutirá qualidade de medicamentos, entre outros temas. Foto: Sesa/Assessoria de Comunicação

Evento discutirá qualidade de medicamentos, entre outros temas. Foto: Sesa/Assessoria de Comunicação

Entre 24 e 29 de agosto o Rio de Janeiro será a sede da 16ª edição da Conferência Internacional de Autoridades Reguladoras de Medicamentos (ICDRA, na sigla em inglês). A ICDRA é o único fórum de autoridades reguladoras de medicamentos dos Estados-membros da Organização Mundial da Saúde (OMS), uma oportunidade estratégica para as autoridades reguladoras discutirem tendências e desafios mundiais, bem como compartilharem as soluções encontradas em diferentes países.

As conferências têm sido realizadas desde 1980, com o objetivo de fortalecer a cooperação internacional e promover a troca de informações e esforços na harmonização de normas internacionais relativas a medicamentos. O encontro, que acontece a cada dois anos, busca também sugerir prioridades de ação nacional e internacional sobre regulação, vacinas, produtos biológicos e fitoterápicos.

Como uma plataforma criada para desenvolver um consenso internacional, a ICDRA continua a ser uma ferramenta importante para as autoridades reguladoras de medicamentos da OMS nos seus esforços para harmonizar a regulamentação e melhorar a segurança, eficácia e qualidade dos medicamentos.

As autoridades reguladoras são continuamente confrontadas com novas questões — tais como a globalização e a extensão do livre comércio –, enquanto o aumento das responsabilidades de expansão do mercado e a melhoria e sofisticação dos produtos colocam demandas pesadas sobre os sistemas regulatórios. O desenvolvimento de tecnologias de ponta, de técnicas de cuidados de saúde e o uso extensivo da Internet impõem desafios ainda mais complexos.

Os tópicos discutidos durante os quatro dias da ICDRA abordam temas como qualidade dos medicamentos, fitoterápicos, homeopatia, reforma regulatória, medicamentos de segurança, falsificação, acesso, regulação dos ensaios clínicos, harmonização, novas tecnologias e comércio eletrônico.

Informações completas em www.icdra.com.br