República Democrática do Congo: ataques e situação humanitária preocupam ACNUR

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) anunciou hoje que está cada vez mais preocupado com a situação humanitária e com os contínuos ataques do grupo rebelde de Uganda, o Exército de Resistência do Senhor (LRA, na sigla em inglês), à população civil da República Democrática do Congo.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) anunciou hoje que está cada vez mais preocupado com a situação humanitária e com os contínuos ataques do grupo rebelde de Uganda, o Exército de Resistência do Senhor (LRA, na sigla em inglês), à população civil da República Democrática do Congo.

LEIA A ÍNTEGRA EM www.acnur.org.br

Assessoria de Comunicação
ACNUR Brasil
(61) 3367-4187