Representante da ONU destaca valor de políticas integradas para alcançar Agenda 2030

O acesso universal a serviços energéticos é um dos objetivos da Agenda 2030. Foto: PNUD

O presidente do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC), Oh Joon, apresentou o relatório anual para os membros das Nações Unidas nesta segunda-feira (19), classificando o ano como “altamente produtivo e significativo”. Entre outras atividades, o órgão desempenhou um papel fundamental para reunir os atores implicados na elaboração dos novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

“Abordagens inclusivas e integradas para alcançar nossa ambiciosa agenda vão exigir instituições fortes, amplas parcerias, planos de implementação robustos e detalhada revisão e acompanhamento”, afirmou.

Para o presidente do ECOSOC, os países-membros precisam levar em consideração os aspectos econômicos, políticos, sociais e ambientais, garantindo uma sinergia entre esses setores.

“O ECOSOC está comprometido a apoiar os Estados-membros na política de integração e na implementação da Agenda 2030. Eu posso assegura que todo o sistema ECOSOC, incluindo as comissões, os comitês e especialistas funcionais e regionais estão mobilizados para esse fim”, acrescentou Oh Joon.