Relator Especial da ONU para Direitos Humanos inicia visita a Mianmar

Para Tomás Ojea Quintana, estamos testemunhando desenvolvimento significativo e os encontros acontecem num importante momento da história do país.

O Relator Especial das Nações Unidas para a Situação dos Direitos Humanos em Mianmar, Tomás Ojea Quintana, começa hoje (31/01) uma missão de seis dias no país. A visita foi um convite do governo local.

“Estamos testemunhando um significativo desenvolvimento em Mianmar e essa missão será feita num importante momento da história do país”, afirmou Quintana. “Meu principal objetivo é avaliar a situação dos direitos humanos à luz desses avanços e será uma continuação da minha última missão em agosto de 2011.”

Durante a visita de seis dias, o relator independente, nomeado pelo Conselho das Nações Unidas para Direitos Humanos para monitorar e relatar sobre a situação em Mianmar, vai se encontrar com Ministros, membros do Parlamento e da recente Comissão Nacional de Direitos Humanos e outros stakeholders.

No domingo (05/02),  Ojea Quintana vai apresentar suas observações em uma coletiva de imprensa em Yangon. Seu relatório completo sobre a visita será apresentado na 19ª sessão do Conselho de Direitos Humanos.