Rapper 50 Cent visita projetos do PMA no Chifre da África e reafirma apoio à região

Para cantor que se comprometeu em 2011 a doar um bilhão de refeições aos necessitados, situação de mulheres e crianças em campo de deslocados na Somália é “devastadora”.

 O rapper, Curtis “50 Cent” Jackson com crianças em uma favela de Nairóbi. (WFP/Rose Ogola)A estrela do rap Curtis Jackson, conhecido como 50 Cent, pôde ver de perto esta semana a crise alimentar no Chifre da África. Durante sua visita de campo a Somália e Quênia organizada pelo Programa Mundial de Alimentos (PMA), 50 Cent prometeu ajudar a região.

O cantor, que no ano passado assumiu compromisso público de doar um bilhão de refeições para os necessitados, visitou diversos locais com o PMA, como por exemplo um campo de refugiados na Somália. “O que eu vi foi devastador – essas mulheres e crianças arriscaram tudo para vir a este campo na Somália só por comida”, disse. “Elas precisam da nossa ajuda”.

“Conhecer essas crianças foi tão inspirador. Elas não têm nada, ainda assim são tão otimistas e positivas. Eu quero fazer minha parte para que elas consigam comida e educação. Espero que mais pessoas se juntem a mim para acabar com essa situação devastadora”, ressaltou 50 Cent, reafirmando sua determinação em lutar contra a fome no Chifre da África.