Projetos do Brasil e Portugal ganham prêmio do ONU-Habitat

Foram reconhecidas práticas que melhoram a qualidade de vida. Iniciativa Conservador das Águas, da Prefeitura de Extrema (MG) está entre as vencedoras.

Premiada iniciativa de conservação da águaLeda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Um projeto brasileiro está entre os 12 vencedores do Prêmio Internacional Dubai de Melhores Práticas 2012, promovido pelo Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) e o município de Dubai, nos Emirados Árabes.

A prefeitura da cidade de Extrema, em Minas Gerais, foi reconhecida pela iniciativa Conservador das Águas. Segundo a prefeitura, o projeto é pioneiro no país e destaca o cuidado com a água e com o meio ambiente.

[audio:http://downloads.unmultimedia.org/radio/pt/ltd/mp3/2012/1212271.mp3%5D

Regiões

Os recursos da cidade são utilizados para o pagamento de incentivos aos produtores rurais que estão dispostos a fazer da adequação ambiental uma prioridade.

Outro premiado entre os países da América Latina foi um projeto de hortas de vegetais orgânicos em escolas do Uruguai. O ONU-Habitat reconheceu também iniciativas na África, Ásia, América do Norte e países árabes.

Portugal

Representando a Europa, o programa Esportes Me Inspiram, de Lisboa, Portugal, e uma iniciativa envolvendo crianças e cidades na Espanha foram os vencedores.

Os critérios do Prêmio Dubai incluem sustentabilidade, impactos, parcerias, inovação, contribuição para a igualdade de gênero e inclusão social. A entrega do troféu e prêmio em dinheiro será feita no município árabe, em 2013.