Projeto impulsiona aprendizagem profissional inclusiva para jovens em Cristalina (GO)

A Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério da Economia lançam o Projeto de Aprendizagem Profissional Inclusiva (API), no Auditório da Câmara Municipal de Cristalina (GO), nesta quarta-feira (4), às 13h30.

O programa visa promover oportunidades de acesso ao trabalho decente e produtivo para jovens em situação de vulnerabilidade social e educacional.

Vista aérea de Cristalina (GO). Foto: Prefeitura de Cristalina

Vista aérea de Cristalina (GO). Foto: Prefeitura de Cristalina

A Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério da Economia lançam o Projeto de Aprendizagem Profissional Inclusiva (API), no Auditório da Câmara Municipal de Cristalina (GO), nesta quarta-feira (4), às 13h30.

O programa visa promover oportunidades de acesso ao trabalho decente e produtivo para jovens em situação de vulnerabilidade social e educacional.

A primeira turma de aprendizes contará com 18 jovens de 15 a 21 anos matriculados na rede municipal de ensino, que terão acesso a vagas de trabalho ofertadas pelas empresas que aderirem ao Projeto Piloto API.

Com isso, o projeto busca ajudar na transição dos jovens para o ingresso no mercado de trabalho formal por meio da aprendizagem profissional

O lançamento contará com a presença de autoridades e representantes da Prefeitura de Cristalina, da Associação Comercial Agroindustrial de Cristalina (ACAIC), da AlfaSol, do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), da Associação Comercial Agro Industrial de Cristalina e suas empresas parceiras, entidades formadoras e alunos e alunas da rede pública.

Em todo o mundo, países de diferentes níveis de desenvolvimento têm colocado a aprendizagem profissional como uma das prioridades de suas agendas políticas e sociais, por reconhecer seu potencial para suavizar a transição de jovens da escola para o mercado de trabalho formal.

A aprendizagem profissional é considerada pela OIT uma política fundamental na erradicação do trabalho infantil e na promoção do emprego juvenil.

Uma aprendizagem profissional de qualidade caracteriza-se por combinar a aquisição de experiência profissional aplicada diretamente no local de trabalho.

Também inclui a aprendizagem de conhecimentos aplicados e competências que permitam entender a lógica por trás das tarefas exigidas, possibilitando o enfrentamento de situações não previstas e a aquisição de habilidades sociais e emocionais importantes para a autonomia.

A API surge como uma vertente da aprendizagem profissional que reconhece a necessidade de desenvolver competências de natureza emocional e mitigar as desigualdades de natureza social e educacional de jovens em situação de maior vulnerabilidade.

Ela estabelece como principal estratégia a busca de aperfeiçoamento e adequação da matriz curricular da formação básica. Para tal, um módulo inclusivo é adicionado, com conteúdo para o desenvolvimento de habilidades sociais e educacionais e reforço de conteúdos básicos orientados para o mundo do trabalho.

Agenda

Local: Auditório da Câmara Municipal de Cristalina
Rua Aymorés – Oeste.Horário: 13h às 16h

13h30 Mesa de Abertura

Prefeito de Cristalina
Presidente da Câmara Legislativa de Cristalina
Representante da Organização Internacional do Trabalho (OIT)
Representante do Ministério Público do Trabalho (MPT)
Representante do Ministério da Economia/Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT)
Representante do Ministério da Economia/Secretaria de Políticas Públicas de Emprego (SPPE)
Presidente da Associação Comercial Agro Industrial de Cristalina (ACAIC)
Diretor SENAC Goiás

14h – Apresentação do Programa de Aprendizagem Profissional Inclusiva – (SENAC)

14h10 – Apresentação da Tecnologia Social da AlfaSol – Desenvolvimento de competências socioemocionais de jovens

14h25 – Depoimento do jovem aprendiz Douglas Muriel da Mota Barros

14h30 – Assinatura das Carteiras Profissionais de Aprendizes

14h45 – 15h30 – Encerramento