Projeto brasileiro de prevenção e recuperação de desastres começa a ser implantado em El Salvador

Financiados pelo governo brasileiro, voluntários da ONU implantarão projeto pioneiro para prevenção de desastres e recuperação de crises

Um projeto pioneiro desenvolvido pelo Brasil na área de prevenção e recuperação de crises começará a ser implantado em El Salvador com a ajuda de voluntários brasileiros. Neste domingo (25/09), quatro dos cinco profissionais selecionados pelo programa Voluntários das Nações Unidas (VNU) viajaram ao país com a missão de ajudar os salvadorenhos a se prevenir contra desastres naturais e promover a segurança alimentar e nutricional da população.

O projeto Escuelas Vivas será implantado na região de San Vicente, que fica ao pé de um vulcão. A iniciativa envolverá três estabelecimentos de ensino fundamental dos municípios de Tepetitan, Verapaz e Guadalupe em sua fase inicial. Segundo Ribeiro, o objetivo é capacitar alunos, professores e familiares e equipar as escolas, a fim de contribuir de forma sustentável para a segurança alimentar e nutricional.

O projeto também vai abordar a prevenção e a antecipação dos desastres naturais para que a resposta a essas ocorrências seja mais eficaz, oportuna e adequada, e para que as necessidades sejam identificadas prontamente, facilitando assim a assistência a mais vítimas nos momentos cruciais. Para mais informações, clique aqui.