Programa Mundial de Alimentos divulga aplicativo de doações em regata que chega ao Brasil

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A Transat Jacques Vabre é uma regata internacional que parte da França e percorre rotas de café. Na edição de 2017, os velejadores partiram no início de novembro (5) de Le Havre, na França, e chegarão no fim do mês a Salvador, na Bahia. Para chamar a atenção dos atletas e dos fãs do esporte para a questão da fome no mundo, o Programa Mundial de Alimentos (PMA) fez uma parceria com o evento para divulgar o aplicativo ShareTheMeal, que facilita a doação de pessoas físicas para iniciativas de segurança alimentar e nutricional.

Regata Transat Jacques Vabre de 2017. Foto: Wikimedia Commons/Pymouss (CC)

Regata Transat Jacques Vabre de 2017. Foto: Wikimedia Commons/Pymouss (CC)

A Transat Jacques Vabre é uma regata internacional que parte da França e percorre rotas de café. Na edição de 2017, os velejadores partiram no início de novembro (5) de Le Havre, na França, e chegarão no fim do mês a Salvador, na Bahia.

Para chamar a atenção dos atletas e dos fãs do esporte para a questão da fome no mundo, o Programa Mundial de Alimentos (PMA) fez uma parceria com o evento para divulgar o aplicativo ShareTheMeal, com a campanha “O PMA navega contra a fome”.

O ShareTheMeal é um aplicativo de celular que facilita a doação de pessoas físicas para iniciativas de segurança alimentar e nutricional do PMA. Criado em 2015, nasceu da constatação de que alimentar uma criança não custa mais do que 1,60 real por dia. Com cerca de 850 mil usuários, o ShareTheMeal já possibilitou alimentar 16 milhões de crianças.

Dentro do aplicativo, o PMA criou a iniciativa “Time Transat Jacques Vabre”, que desafio os velejadores e fãs do esporte a compartilhar uma refeição para cada milha náutica percorrida. A iniciativa está sendo apoiada pelo Centro de Excelência contra a Fome, aproveitando que a chegada da regata será no Brasil. Com isso, o PMA espera ampliar o número de usuários do ShareTheMeal tanto na França quanto no Brasil.

Solidariedade

Para Gildas Gautier, organizadora da regata, a solidariedade é parte essencial do evento. “A regata Transat Jacques Vabre sempre esteve engajada em causas ambientais, sociais ou humanitárias, por isso, foi simplesmente natural apoiar o PMA. A vela é uma forma magnífica de solidariedade e estamos honrados com essa parceria”.

Geneviève Wills, representante do PMA na França e ex-velejadora, manifestou seu contentamento. “Velejadores e trabalhadores humanitários compartilham os mesmos valores de solidariedade e espírito de equipe. Estamos entusiasmados em fazer parte dessa aventura e contamos com este evento para ampliar a conscientização sobre nossa missão em todo o mundo”, declarou.

O último relatório das Nações Unidas sobre a segurança alimentar e nutricional no mundo mostrou o agravamento da fome no mundo, com 815 milhões de pessoas enfrentando fome crônica.


Mais notícias de:

Comente

comentários