Programa Mundial de Alimentos da ONU e MasterCard fazem parceria por ‘comida digital’

Através do projeto “Alimento Digital”, o sistema de pagamento e a ‘expertise’ em tecnologia da empresa vão ajudar o PMA a refinar e melhorar os seus sistemas de entrega de vales-alimentação e de doações online.

Programa Mundial de Alimentos da ONU e MasterCard fazem parceria por 'comida digital' (Foto: WFP/Matthias Steinbach)A empresa MasterCard e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas anunciaram hoje (13) uma parceria global que irá utilizar a inovação digital para ajudar pessoas em todo o mundo a quebrar o ciclo da fome e da pobreza. A parceria combina a experiência da MasterCard em sistemas de pagamento eletrônico com o alcance global do PMA junto às populações mais necessitadas do mundo, para atender às necessidades nutricionais dos mais vulneráveis.

“A nossa parceria com a MasterCard é um verdadeiro exemplo de como as parcerias transformadoras com o setor privado podem ser inovadoras na luta contra a fome”, afirmou Nancy Roman, Diretora de Comunicação, Políticas Públicas e Parcerias Privadas do PMA. Roman acrescentou ainda que “recorrendo ao know-how técnico e ao alcance internacional da MasterCard, o PMA continuará a desenvolver tanto o seu programa de voucher eletrônico, que permite que famílias sem acesso a alimentação comprem alimentos nutritivos nos mercados locais, bem como os seus mecanismos de doação online, que envolvem indivíduos e marcas, trabalhando em conjunto numa comunidade global, para resolver o problema da fome”.

Quando os mercados estão estáveis, o PMA muitas vezes distribui vouchers que podem ser trocados por alimentos e outros itens básicos em lojas locais. Estes vouchers visam ajudar a impulsionar as economias locais, permitindo às comunidades pobres receber assistência alimentar com dignidade. Através do “Projeto Alimento Digital”, o sistema de pagamento e a expertise em tecnologia da MasterCard vão ajudar o PMA a refinar e melhorar os seus sistemas de entrega de vales-alimentação, através de celulares ou cartões bancários, chegando a pessoas sem acesso regular a bancos ou serviços financeiros.

Segundo Ann Cairns, Presidente da MasterCard para os Mercados Internacionais, “a visão de um mundo para além do dinheiro vivo da MasterCard é o parceiro perfeito para a visão de um mundo para além da fome do PMA”.

“Hoje temos o compromisso de participar de uma parceria pioneira, que vai garantir que a nossa iniciativa ‘Alimento Digital’ continue a dar resposta às necessidades dos que mais precisam em todo o mundo”. Juntamente com o projeto “Alimento Digital”, a MasterCard vai ajudar o PMA a criar um mecanismo de doação online mais ambicioso, que vai permitir a mais pessoas doar, através de uma ampla variedade de métodos de pagamento pela Internet.

Este mecanismo de doação online é parte de uma plataforma de ‘doação integrada’, que permitirá às marcas integrar mecanismos de doação nos seus produtos. Os atacadistas podem disponibilizar a opção de doação no check-out ou ato de pagamento, para que os clientes possam doar diretamente ao PMA, no próprio local. Além disso, as empresas que desenvolvem aplicações móveis ou jogos serão capazes de oferecer opções para apoio direto ao Programa da ONU integradas nas suas aplicações ou jogos. Todas as doações serão rastreadas e creditadas tanto à marca como ao consumidor, oferecendo novas oportunidades de interação a consumidores e marcas, para que possam ter um impacto significativo e mensurável no esforço de luta contra a fome.

Além disso, a MasterCard tem o compromisso de usar a sua capacidade de marketing e de marca para ajudar a conscientizar e levantar fundos para o PMA em vários mercados-chave. A empresa já realizou duas campanhas de arrecadação de fundos para o Programa de Alimentos da ONU, na Polônia e na Holanda, levantando dezenas de milhares de euros para as operações do PMA em todo o mundo.