Programa de voluntariado da ONU fecha parceria com Samsung na América Latina

A cooperação entre Samsung e ONU será iniciada com um projeto-piloto no Brasil, que abriga a sede das operações da Samsung na América Latina.

Stepanka Pechackova, jovem voluntária da ONU trabalha como oficial juvenil no setor de comunicação e divulgação no Programa de Voluntários das Nações Unidas (UNV) e no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), na Mongólia. Foto: UNV

Foto: UNV

O Programa de Voluntários das Nações Unidas (UNV) lançou na semana passada uma parceria com a Samsung na América Latina, com o objetivo de engajar voluntários para superar os desafios do desenvolvimento sustentável.

A parceria pretende expandir o alcance do programa de voluntariado das Nações Unidas e explorar métodos inovadores para garantir a participação mais ampla de todos os segmentos da sociedade.

Além trocar experiências sobre melhores práticas com voluntários da ONU, a Samsung pretende diversificar suas próprias práticas de voluntariado, afetar positivamente um número maior de pessoas e se tornar uma referência global nessas atividades, segundo a empresa.

A cooperação entre Samsung e ONU será iniciada com um projeto-piloto no Brasil, que abriga a sede das operações da Samsung na América Latina.

Inicialmente, a companhia contribuirá para promover o voluntariado online e o serviço do programa da ONU no país e, mais tarde, ampliará a atividade para outros países da América Latina.

A Samsung irá fornecer apoio a organizações não governamentais parceiras de diversos setores para impulsionar os serviços fornecidos pelo programa de voluntariado online da ONU e irá encorajar seus funcionários a se voluntariar.

A meta é ajudar as Nações Unidas a atingir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.