Programa de educação empreendedora da ONU completa 20 anos no Brasil

Programa Empretec, uma metodologia de formação de empreendedores, é uma das maiores ações da história do Sebrae.

Coordenador-residente do Sistema Nações Unidas no Brasil, Jorge Cheidiek, entrega homenagem aos presidentes do Sebrae, Luiz Barretto, e do Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae, Roberto Simões. Foto: Sebrae/Rodrigo de Oliveira

Coordenador-residente do Sistema Nações Unidas no Brasil, Jorge Cheidiek, entrega homenagem aos presidentes do Sebrae, Luiz Barretto, e do Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae, Roberto Simões. Foto: Sebrae/Rodrigo de Oliveira

O Brasil ocupa atualmente a terceira posição no ranking de países com o maior número de empreendedores – ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos. Uma parte significativa desta ascensão do empreendedorismo nacional passa pelo trabalho realizado no programa Empretec, uma metodologia de formação de empreendedores, que completa 20 anos de atuação no Brasil este ano.

O Empretec, programa de educação empreendedora concebido pelas Nações Unidas, é uma das maiores ações da história do Sebrae: nestes 20 anos, mais de 185 mil pessoas já passaram pelas mais de 8 mil turmas de formação organizadas em todos os 27 estados, fazendo do país um líder mundial de capacitação.

O projeto é fruto da parceria entre o Sebrae, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) do Ministério das Relações Exteriores.

A proposta é desenvolver um conjunto de características que compõem o perfil ideal para o empreendedor. De maneira dinâmica, o trabalho desenvolvido nos seminários permite uma aplicabilidade direta no mercado e nos negócios.
A metodologia do Empretec é inovadora e interativa – inclui palestras, vídeos, dinâmicas individuais e em grupo – trazendo um estímulo adicional para os empreendedores participantes além de fortalecer a estratégia para a condução dos seus negócios de forma competitiva.

Os participantes do seminário são orientados a identificar oportunidades, entender seu comportamento ao assumir riscos calculados, avaliar seu planejamento e sua capacidade para solução de problemas, entre outros tópicos.

O seminário incentiva a identificar oportunidades empresariais e a entender o comportamento em determinadas situações do cotidiano da empresa. Durante seis dias, os participantes aprendem também a fazer avaliações sistemáticas do planejamento da empresa, fundamentais para definir metas e objetivos.

Segundo pesquisa do Sebrae, após o seminário, 54% dos participantes disseram se sentir mais seguros para tomar decisões e 31% passaram a escrever seus planos de negócios, contra apenas 7% identificados como aptos antes da formação.

O estudo apontou ainda que 71% das empresas cresceram e 99% dos alunos indicariam o Empretec para outros empresários. A pesquisa também destaca que, em média, os empreendedores registraram um acréscimo de R$ 24,6 mil por mês na renda após participarem do Empretec. Mais de 90% dos entrevistados de uma amostra de 1.871 empresas confirmaram o aumento dos lucros após a conclusão do seminário e a aplicação imediata de mudanças em seus produtos e serviços com base nos conhecimentos adquiridos.

Com o Empretec, a área de conhecimento de estudo dos negócios saiu dos centros de ensino e foi levada para o espaço dos empreendedores, fortalecendo sua atitude empreendedora e criando novos líderes empreendedores no país. E os números do programa tendem a aumentar – a expectativa da instituição, de acordo com o diretor-técnico Carlos Alberto dos Santos, é chegar a 2017 com quase 300 mil brasileiros capacitados pelo Empretec.

Encontro Nacional de Educação Empreendedora

A comemoração dos 20 anos do Empretec aconteceu durante o Encontro Nacional de Educação Empreendedora, evento realizado pelo Sebrae no último dia 28 de maio. O evento trouxe discussões sobre a necessidade de uma educação inovadora que promova a capacitação das pessoas para se tornarem empreendedoras tanto na âmbito pessoal quanto no mundo nos negócios.

Mais de mil pessoas acompanharam as falas dos especialistas em educação Bunker Roy, indiano que atua na Universidade dos Pés Descalços, e José Pacheco, professor português que falou sobre a experiência da Escola da Ponte.

Durante o encontro, a UNCTAD entregou um certificado de excelência ao Sebrae, em reconhecimento aos 20 anos de atuação do Empretec na formação de empreendedores por todo o Brasil. A homenagem foi feita por Jorge Chediek, coordenador residente do Sistema ONU no Brasil e representante residente do PNUD no país.