Programa de cooperação ‘PAA África’ realiza seminário de trocas de experiências no Senegal

Iniciativa conjunta do governo brasileiro com a FAO e o PMA realiza evento de avaliação sobre segurança alimentar com a presença de participantes de cinco países africanos e do primeiro-ministro do Senegal.

O primeiro-ministro do Senegal, Abdoul Mbaye, durante abertura do seminário internacional. Foto: PMA/Rosana Miranda

O primeiro-ministro do Senegal, Abdoul Mbaye, durante abertura do seminário internacional. Foto: PMA/Rosana Miranda

Dos dias 23 a 25 de abril, cerca de 50 participantes — entre representantes do Programa Mundial de Alimentos da ONU (PMA) e da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) em Roma e nos países do PAA África, membros da sociedade civil de cada país, especialistas brasileiros e membros do governo senegalês — se reunirão para discutir o andamento dos projetos-piloto em cada país e as possibilidades de avanço na área.

O PAA África é uma iniciativa conjunta do governo brasileiro em parceria com a FAO, o PMA e o governo do Reino Unido para promover segurança alimentar e nutricional e geração de renda para agricultores e comunidades vulneráveis em países africanos.

O primeiro-ministro do Senegal, Abdoul Mbaye, presidirá a mesa de abertura do seminário – o projeto-piloto no país é visto com entusiasmo pelas autoridades locais. A delegação brasileira conta com representantes do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA).

O seminário visa promover um espaço para a troca de experiências tanto do componente operacional como do de aprendizado do Programa entre os países participantes — Brasil, Senegal, Etiópia, Moçambique, Malauí e Níger. Durante os três dias os participantes poderão compartilhar as diversas visões, expectativas, desafios e experiências na implementação do Programa, encorajando o debate e a avaliação das atividades atuais e discutindo possibilidades para o futuro.

Segundo Darana Souza, coordenadora do PAA África, o seminário “permitirá ao Brasil e aos países africanos envolvidos no PAA África discutir o projeto em cada contexto nacional, bem como os desafios e soluções estratégicas. Esta será uma oportunidade importante para conhecer todas as diferentes experiências dos parceiros e identificar possibilidades para o futuro”.

A agenda do primeiro dia incluiu uma mesa de abertura, presidida pelo primeiro-ministro senegalês, Abdoul Mbaye. Em seu discurso, ele destacou a importância da cooperação liderada pelo governo brasileiro e reafirmou o compromisso do governo senegalês com a segurança alimentar e nutricional. Ele afirmou ainda que considera o PAA África não apenas “a expressão da vontade política dos chefes de Estado do Brasil, Senegal, Etiópia, Moçambique, Malauí e Níger, mas também um modelo exemplar de cooperação Sul-Sul apoiada pelo comunidade internacional através do PMA, FAO e Reino Unido”.

Mbaye ressaltou as boas práticas do PAA brasileiro, que foi “um sucesso contra a fome e a pobreza”, antes de convidar os envolvidos no programa a fazer do PAA África “uma verdadeira ferramenta para o desenvolvimento econômico e social do continente” africano.

Para saber mais sobre o PAA África, visite www.paa-africa.org ou escreva para info@paa-africa.org

Mais informações
Rosana Miranda, Assistente de Comunicação, PAA África
rosana.miranda@wfp.org Tel: +55 61 2030-6349