Programa da ONU lidera atividades de conferência global sobre AIDS na Holanda

Durante a 22ª Conferência Internacional de AIDS, que acontece de 23 a 27 de julho em Amsterdã, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) vai liderar diferentes painéis sobre o atual estado da epidemia. Atividades do organismo da ONU abordarão desafios de saúde sexual e reprodutiva e os problemas específicos da África, do Leste Europeu e da região central da Ásia.

Conferência internacional em Amsterdã discutirá desafios ao fim da AIDS. Foto: AIDS Conference

Conferência internacional em Amsterdã discutirá desafios ao fim da AIDS. Foto: AIDS Conference

Durante a 22ª Conferência Internacional de AIDS, que acontece de 23 a 27 de julho em Amsterdã, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) vai liderar diferentes painéis sobre o atual estado da epidemia. Atividades do organismo da ONU abordarão desafios de saúde sexual e reprodutiva e os problemas específicos da África, do Leste Europeu e da região central da Ásia.

O encontro na Holanda é a maior conferência do mundo dedicada a uma questão de saúde global. Neste ano, o tema do evento é “Quebrando Barreiras, Construindo Pontes”. A proposta é discutir abordagens baseadas nos direitos humanos e em evidências científicas, garantindo o atendimento de comunidades particularmente vulneráveis.

O UNAIDS também participará de debates sobre políticas de sucesso da Europa para pôr fim à AIDS e cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS). Outros temas que a agência discutirá incluem a resposta ao HIV no Quênia; os obstáculos vividos por mulheres adolescentes e jovens para ter acesso a serviços de HIV; o uso e disponibilidade de preservativos; e mecanismos internacionais de financiamento.

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) também participarão da conferência.

Acesse toda a programação do UNAIDS na conferência clicando aqui.