Programa da ONU divulga metas de desenvolvimento sustentável para servidores de Alagoas

Em Maceió (AL), o Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) reuniu neste mês cerca de cem servidores públicos para explicar como é possível articular o plano plurianual de Alagoas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) — a agenda da ONU para combater a pobreza, reduzir as desigualdades e promover saúde, educação e habitação de qualidade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em Maceió (AL), o Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) reuniu neste mês cerca de cem servidores públicos para explicar como é possível articular o plano plurianual de Alagoas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) — a agenda da ONU para combater a pobreza, reduzir as desigualdades e promover saúde, educação e habitação de qualidade.

O governo alagoano está alinhando a sua estratégia de crescimento para os próximos quatro anos a essas metas globais. Em parceria com as autoridades, o ONU-Habitat promoveu a capacitação “Compatibilizando a gestão pública do Governo do Estado de Alagoas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”. O evento em 8 de julho reuniu servidores que trabalham no plano plurianual, bem como assessores de governança.

Para o secretário estadual do Planejamento, Gestão e Patrimônio (SEPLAG), Fabrício Marques, a formação foi uma oportunidade inovadora de envolver os técnicos na formulação e implementação das ações do governo.

A atividade teve a participação de Rodrigo Nunes, gerente de Indicadores da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão de Belo Horizonte (MG). O gestor apresentou a experiência da capital mineira com o Observatório do Milênio — centro criado para monitorar o cumprimento, em nível municipal, dos Objetivos do Milênio, a agenda de desenvolvimento da ONU para o período 2000-2015.

Para Nunes, a divulgação do Observatório contribui para que governos locais incorporem os ODS, usando as metas das Nações Unidas como uma ferramenta de mapeamento da distribuição dos recursos públicos e de definição das prioridades das políticas.

Durante a capacitação, a equipe local do ONU-HABITAT organizou um exercício prático com os servidores. A dinâmica permitiu que, a partir de exemplos concretos de diferentes medidas previstas no plano plurianual, os técnicos compreendessem como essas ações podem ser alinhadas aos ODS.

ONU-Habitat em Alagoas

Desde 2017, em parceria com o governo estadual, o ONU-Habitat implementa o projeto “Prosperidade Urbana Sustentável e Inclusiva no Estado de Alagoas: Uma Iniciativa Integrada”. O objetivo do programa é a produção de diagnósticos e de estratégias de ação nas seguintes áreas: indicadores de prosperidade urbana, assentamentos informais e moradia, segurança urbana, desenvolvimento econômico local e capacidades institucionais e dos servidores públicos.