Começa a formação dos voluntários dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas

Os Jogos acontecem em Palmas (Tocantins), entre 23 de outubro e 1 de novembro. 450 voluntários e 50 monitores foram selecionados para ajudar no evento.

CInquenta pessoas foram selecionadas pelo PNUD para atuarem como instrutores, coordenadores e monitores que acompanharão os voluntários em campo. Foto: ITC/Aguinar Santos

CInquenta pessoas foram selecionadas pelo PNUD para atuarem como instrutores, coordenadores e monitores que acompanharão os voluntários em campo. Foto: ITC/Aguinar Santos

“Ter contato com diversas pessoas, diferentes etnias, realizar um trabalho com os indígenas brasileiros e contribuir para Palmas, a minha cidade”, assim Carolina Vasconcelos de Sousa, 20 anos, expressa suas motivações para se inscrever como monitora dos voluntários dos  I Jogos Mundiais dos Povos Indígenas (JMPI), que acontecem entre os dias 23 de outubro e 1º de novembro deste ano em Palmas, capital do Tocantins.

Assim como Carolina, 50 pessoas foram selecionadas pelo Programa da ONU para o Desenvolvimento (PNUD) para ser instrutores, coordenadores e monitores que acompanharão os voluntários na sua atuação em campo.

A preparação para os jogos, realizada entre os dias 27 e 30 de agosto, consistiu em processo de formação de aproximadamente 20 horas/aula em Palmas. Nessa capacitação, os monitores “receberam conteúdos relacionados ao histórico dos JMPI, como os jogos surgiram, as modalidades que serão apresentadas, modalidades tradicionais, modalidades de competição, um pouco mais da cultura indígena e de como receber o visitante”, explica a responsável de programas do PNUD, Moema Freire.

Para levar aos monitores a visão que as Nações Unidas têm sobre o voluntariado, como prática universal, inclusiva e diversa, o PNUD convidou o programa de Voluntários das Nações Unidas (VNU) para o curso de formação dos monitores.

O próximo curso de capacitação começa em 28 de setembro, dessa vez para os voluntários selecionados de Palmas. Ao todo, 450 voluntários receberão formação para participar do evento. O programa de voluntariado dos JMPI é realizado pelo PNUD, em parceira com o VNU, a Prefeitura de Palmas, o Ministério do Esporte e o Comitê Intertribal (ITC).