Presidente do Banco Mundial felicita o lançamento do Novo Banco do Desenvolvimento

“Esses tipos de parceria serão essenciais para alcançarmos nossos objetivos comuns de pôr fim à miséria até 2030″, disse Jim Yong Kim.

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

O Grupo do Banco Mundial publicou na última segunda-feira (20) uma declaração do presidente do Grupo, Jim Yong Kim, sobre o lançamento do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), fundado pelos países do BRIC – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

“O Novo Banco de Desenvolvimento vem juntar-se a um número crescente de instituições multilaterais, como o Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura, que estão trabalhando para fazer face às enormes necessidades de infraestrutura no mundo”, disse Kim, acrescentando que “os mercados emergentes e os países de baixa renda enfrentam um déficit anual de gastos em infraestrutura que varia entre 1 trilhão e 1,5 trilhão de dólares”.

Kim também declarou que o Banco Mundial está empenhado em trabalhar em estreita cooperação com o Novo Banco de Desenvolvimento e outras instituições multilaterais, e está disponível para dividir os conhecimentos do Banco Mundial e cofinanciar projetos de infraestrutura.

“Esses tipos de parceria serão essenciais para alcançarmos nossos objetivos comuns de pôr fim à miséria até 2030, aumentar a prosperidade compartilhada e reduzir as desigualdades”, finalizou.