Portugal começa consulta pública para debater Objetivos Globais da ONU na próxima semana (22)

Primeiro de uma série de workshops sobre a Agenda 2030 acontece em Lisboa. Guimarães, Porto, Coimbra, Covilhã, Évora e Faro também vão receber encontros promovidos por organizações da sociedade civil e com o apoio do Centro Regional de Informação da ONU para a Europa Ocidental.

Workshop sobre Objetivos Globais da ONU acontece na próxima semana (22) em Lisboa. Foto: Flickr / Robert S. Donovan (CC)

Workshop sobre Objetivos Globais da ONU acontece na próxima semana (22) em Lisboa. Foto: Flickr / Robert S. Donovan (CC)

Em Portugal, organizações da sociedade civil promovem junto à população uma consulta pública nacional sobre a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. O primeiro de uma série de workshops acontece na próxima sexta-feira (22), das 14h às 17h30, na Fundação Cidade de Lisboa – na Rua do Campo Grande, 380, na capital. Inscreva-se clicando aqui.

Ao longo de maio e junho, encontros acontecem também em Guimarães, Porto, Coimbra, Covilhã, Évora e Faro. A iniciativa quer promover debates sobre como todos os cidadãos poderão contribuir para o cumprimento, em Portugal, da Agenda 2030.

Como os workshops serão realizados em diversas cidades, o projeto espera consultar um conjunto amplo de organizações da sociedade civil e outras organizações locais relevantes.

A Comissão Organizadora da consulto pública nacional é constituída pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local (ANIMAR), o Centro Português de Fundações (CPF), a Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional (CGTP-IN), o Conselho Nacional de Juventude (CNJ), a Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas de Portugal (CONFAGRI), a Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local (Minha Terra), a Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres (PpDM), a Plataforma Portuguesa das Organizações Não Governamentais de Desenvolvimento (PPONGD).

Estas organizações contam ainda com o apoio do Centro Regional de Informação das Nações Unidas para a Europa Ocidental (UNRIC), do Instituto da Cooperação e da Língua – Camões – e do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES).

Saiba todos os detalhes sobre a consulta pública clicando aqui.