Porto Alegre recebe ‘Virada Sustentável’ com apoio do PNUD

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) apoia a 3ª edição da Virada Sustentável de Porto Alegre (RS), que ocorre de sexta-feira (6) a domingo (8) com o tema educação e seus desafios na agenda de sustentabilidade. O evento terá debates e oficinas sobre redução das desigualdades, cidades resilientes, consumo responsável, água potável e saneamento, acesso à Justiça, empreendedorismo sustentável e ecogastronomia, tendo como base a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) apoia a 3ª edição da Virada Sustentável de Porto Alegre (RS), que ocorre de sexta-feira (6) a domingo (8) com o tema educação e seus desafios na agenda de sustentabilidade. O evento terá debates e oficinas sobre redução das desigualdades, cidades resilientes, consumo responsável, água potável e saneamento, acesso à Justiça, empreendedorismo sustentável e ecogastronomia, tendo como base a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Serão mais de 200 atrações e atividades simultâneas em diferentes locais da cidade e em cinco “Ecopontos” — Casa de Cultura Mário Quintana, Associação Cultural Vila Flores, Parque da Redenção, Unisinos e SESC Protásio Alves. Todas as atividades serão gratuitas e abertas ao público. Em cada “Ecoponto”, haverá postos de coleta de resíduos eletrônicos, frascos de perfume, óleo de cozinha e outros produtos nocivos ao meio ambiente.

Nesta edição, 14 roteiros – chamados de “Trilhas” – reúnem as atividades por temas específicos, como acessibilidade, literatura, ecogastronomia, música e empreendedorismo sustentável, por exemplo. Cada uma dessas “Trilhas” está ligada ao menos a um ODS, de forma a apresentar a transversalidade dos Objetivos da Agenda 2030.

“A parceria com o PNUD é muito importante porque os ODS representam uma referência para a Virada Sustentável, para toda a nossa visão do evento e também para os conteúdos da programação”, afirmou o produtor executivo da Virada Sustentável, Vitor Ortiz.

Na opinião do assessor sênior do PNUD, Haroldo Machado Filho, abordagens que dialogam com as realidades locais são essenciais para o cumprimento dos ODS. “A Virada Sustentável, que reúne representantes da sociedade civil, governos, setor privado, academia e mídia, é uma grande aliada para discutirmos com a sociedade, de forma prática e direta, quais as reais necessidades para erradicarmos a pobreza, promovermos o crescimento econômico e garantirmos a sustentabilidade do planeta”, disse.

A Virada Sustentável é o maior festival de mobilização e educação para a sustentabilidade do Brasil. Envolve cocriação, articulação e participação direta de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, escolas e universidades, empresas, coletivos e movimentos sociais. Teve sua primeira edição realizada em 2011, em São Paulo e, desde então, vem ampliando seu escopo de atuação, promovendo edições em cidades como Sinop, Manaus, Salvador, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Em 2017, o PNUD assinou Memorando de Entendimento com o Instituto Virada Sustentável. Na parceria, estão previstas atividades para mobilização e disseminação da Agenda 2030 e dos ODS. O objetivo é promover a ação social colaborativa com diferentes setores da sociedade para garantir o alcance do desenvolvimento sustentável no país.

Confira aqui a programação completa da Virada Sustentável de Porto Alegre.


Mais notícias de:

Comente

comentários