Port Harcourt, na Nigéria, é nomeada ‘Capital Mundial do Livro de 2014’

A cidade de Port Harcourt (Nigéria) foi nomeada como Capital Mundial do Livro para o ano de 2014, após o Comitê de Seleção, composto por representantes das três principais associações internacionais de editoração e da UNESCO, reunir-se em 05 de julho na sede da Organização.

A cidade de Port Harcourt (Nigéria) foi nomeada como Capital Mundial do Livro para o ano de 2014, após o Comitê de Seleção, composto por representantes das três principais associações internacionais de editoração e da UNESCO, reunir-se em 05 de julho na sede da Organização.

A cidade de Port Harcourt foi escolhida “por conta da qualidade do seu programa, em particular o seu foco sobre a juventude e o impacto que terá na melhoria da cultura de livros, leitura, escrita e publicações da Nigéria, no sentido de melhorar as taxas de alfabetização”, de acordo com a Comissão de Seleção.

“Quero estender os meus parabéns para a cidade de Port Harcourt pela qualidade do seu programa proposto, que prevê a extensa participação do público e visa desenvolver a leitura para todos”, disse a diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova. “Eu sinceramente endosso o compromisso de Port Harcourt para apoiar a alfabetização por meio das atividades organizadas durante o ano”.

A diretora-geral também ressalvou o número ea qualidade das candidaturas recebidas pela UNESCO para o título de Capital Mundial do Livro de 2014.

Cada ano, a UNESCO e as três organizações (Internacional Publishers Association (IPA), International Booksellers Federation (IBF) e a Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias (IFLA) escolhem a Capital Mundial do Livro por um período de um ano, efetivada no dia 23 de abril de cada ano. Esta iniciativa, além da celebração do Dia Mundial do Livro e Direitos Autorais, representa um compromisso de colaboração entre os principais interessados no mundo editorial e das cidades para promover livros e alfabetização.

Port Harcourt é a 14ª cidade a ser designada Capital Mundial do Livro na sequência de Madrid (2001), Alexandria (2002), Nova Deli (2003), Antuérpia (2004), Montreal (2005), Turim (2006), Bogotá (2007), Amsterdam (2008), Beirute (2009), Liubliana (2010), Buenos Aires (2011), Yerevan (2012) e Bangkok (2013).