Políticas públicas devem ser voltadas para felicidade e bem-estar

Resolução pede mais importância ao tema em medidas adotadas pelos governos para alcançar o desenvolvimento econômico e social. Painel discutirá felicidade e bem-estar.

Políticas públicas devem ser voltadas para felicidade e bem-estarA Assembleia Geral da ONU adotou na terça-feira (19/07) uma resolução para que os governos deem mais importância à felicidade e ao bem-estar na elaboração de políticas públicas para alcançar e medir o desenvolvimento econômico e social.

Por sugestão do Butão, que há muitos anos usa a Felicidade Nacional Bruta em vez do Produto Interno Bruto (PIB) como marcador de sucesso, haverá convocação para discutir a felicidade e o bem-estar num painel durante a próxima sessão da Assembleia, em setembro.

A resolução sublinha que o indicador do PIB “não foi concebido para e não reflete adequadamente a felicidade e o bem-estar das pessoas” e “padrões insustentáveis de produção e consumo podem impedir o desenvolvimento sustentável”.