Polícias do Timor-Leste e da ONU treinam para garantir segurança nas eleições de 2012

Treinamento conjunto vai garantir proteção e segurança no processo eleitoral. ONU mantém 1.280 políciais no país e pretende encerrar a missão de paz após o pleito.

PNTL e UNPOL desenvolvem atividades conjuntas (Foto:UN Photo/Martine Perret)Na preparação para as eleições de 2012, cerca de 50 integrantes da Polícia Nacional do Timor-Leste (PNTL) e da Polícia das Nações Unidas (UNPOL) participaram nesta quarta-feira (27/07) de um treinamento conjunto.

“PNTL e UNPOL estão treinando juntas para garantir proteção e segurança durante o período eleitoral”, explicou o Comandante-Geral da PNTL, Longuinhos Monteiro. “Ao nos concentrarmos na segurança durante o período eleitoral, apoiamos o processo democrático”, afirmou o Comissário da UNPOL, Luis Carrilho.

Em 28 de março deste ano a ONU passou a responsabilidade de policiamento para as autoridades timorenses em todo o país. Agora, a UNPOL se dedica à formação, consultoria e tutoria dos policiais da PNTL. A ONU mantém 1.280 policiais no país para apoiar a PNTL até as eleições de 2012, quando a Missão Integrada das Nações Unidas no Timor-Leste (UNMIT) planeja deixar o país.