PNUD entrega Prêmio Mais Movimento para incentivar combate à ‘epidemia de inatividade física’

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) entregará o Prêmio Mais Movimento a seus vencedores no Museu de Arte do Rio (MAR), na sexta-feira (2). O representante do PNUD no Brasil, Niky Fabiancic, participa da cerimônia. Premiação reconhece projetos que promovam experiências positivas para crianças desde cedo e/ou integrem a atividade física no dia a dia das pessoas em todas as faixas etárias.

Foto: UNICEF Brasil / Rocha

Foto: UNICEF Brasil / Rocha

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) entregará o Prêmio Mais Movimento a seus vencedores no Museu de Arte do Rio (MAR), nesta sexta-feira (2). A cerimônia encerra as atividades da IV Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social, iniciativa da Rede Esporte pela Mudança Social (REMS).

A proposta do Prêmio Mais Movimento é conscientizar a sociedade sobre a importância da prática de atividade física. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 30% da população é fisicamente ativa. Entre 2% e 5% dela pratica 30 minutos de atividade por dia, a frequência considerada ideal. No Brasil, cerca de 300 mil pessoas morrem por ano de doenças associadas diretamente à falta de exercícios físicos. No mundo, esse número chega a 5,3 milhões de mortes por ano.

De acordo com estudo do Ministério do Esporte, o percentual de brasileiros envolvidos com esportes ou atividades físicas é de apenas 55% (Diesporte, 2015). No conjunto das capitais brasileiras, a frequência da prática de atividade física é de 41,6% entre homens, com percentual ainda mais baixo entre as mulheres, de 30,4% (Vigitel, 2014).

O Prêmio Mais Movimento é uma das iniciativas do PNUD para combater essa epidemia. A agência da ONU vem trabalhando para promover e reconhecer o esporte e a atividade física como fatores de desenvolvimento humano no Brasil, atuando junto a diferentes setores para fomentar ações nesse âmbito na agenda nacional.

Nesse sentido, o PNUD lançou o Prêmio com o intuito de valorizar iniciativas que promovam experiências positivas para crianças desde cedo e/ou integrem a atividade física no dia a dia das pessoas em todas as faixas etárias.

O Prêmio Mais Movimento está alinhado aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), em especial os objetivos 3 (saúde e bem-estar) e 11 (cidades e comunidades sustentáveis) e com as recomendações da Plataforma Desenhado para o Movimento.

Os vencedores do Prêmio Mais Movimento, entre eles um veículo de comunicação, receberão certificados e troféus do PNUD, atestando a relevância das iniciativas, e um kit de divulgação com book de fotos profissionais, vídeo editado e parecer de avaliação externa sobre os projetos. Além disso, o PNUD fará a divulgação das iniciativas em seus canais de comunicação, com o objetivo de disseminar essas práticas e fazer com que elas se multipliquem em outros contextos e regiões.

Os ganhadores foram selecionados por um júri independente, composto por representantes do PNUD, de outras agências internacionais, do governo, de organizações da sociedade civil e do setor privado. Para a escolha dos vencedores, o júri levou em consideração os seguintes aspectos: inovação, originalidade, impacto qualitativo, acesso universal, trabalho em rede, escala e potencial de multiplicação da ação.

A cerimônia terá a participação dos ganhadores, do representante do PNUD no Brasil, Niky Fabiancic, de parceiros financiadores da IV Semana Internacional do Esporte pela Mudança Social (Nike e GIZ), além de jornalistas.

Serviço:
Cerimônia de entrega do Prêmio Mais Movimento
Local: Museu de Arte do Rio (MAR) – Praça Mauá, 5, Rio de Janeiro
Data/horário: 2 de dezembro, das 16h às 18h

Mais informações:
PNUD Brasil
Luciano Milhomem (Oficial de Comunicação do PNUD Brasil)
Gabriela Borelli (Analista de Comunicação do PNUD Brasil)
Tel.: (61) 3038-9119
comunica.br@undp.org


Mais notícias de:

Comente

comentários