PNUD e parceiros debatem gestão territorial e ambiental com povos indígenas

Organizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e outros organismos, seminário que começou em Brasília nesta quarta-feira (4) discute a capacitação de indígenas para o gerenciamento de suas terras e do meio ambiente. Encontro vai até sexta-feira (6).

Gestão territorial e ambiental em comunidades indígenas é tema de seminário promovido pelo PNUD e parceiros. Foto: PNUD / Tiago Zenero

Gestão territorial e ambiental em comunidades indígenas é tema de seminário promovido pelo PNUD e parceiros. Foto: PNUD / Tiago Zenero

A fim de construir as bases de projetos de formação que vão capacitar indígenas brasileiros para o gerenciamento de suas terras, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e parceiros deram início nesta quarta-feira (4), em Brasília, ao Seminário Nacional sobre Formação Indígena para a Gestão Territorial e Ambiental.

Até a próxima sexta-feira (6), o encontro reúne indígenas e instituições para discutir políticas públicas que podem aprimorar a atuação dos diferentes atores envolvidos na preservação do meio ambiente e na administração dos territórios.

Atualmente, as iniciativas de capacitação do governo são orientadas por um conjunto de princípios próprios – a Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas (PNGATI). A sustentabilidade do uso das terras será um dos focos dos debates sobre os programas de formação.

Outra questão fundamental do seminário será o papel das diferentes categorias que participam dos processos de capacitação, como os agentes agroflorestais e socioambientais indígenas, brigadistas e outros.

O objetivo é investigar quais atividades cada profissional desempenha nos territórios, como eles foram treinados para desenvolver seu trabalho e como a profissionalização respeita a diversidade de cada povo. O reconhecimento profissional dos indígenas também será incluído na pauta dos debates.

Ao longo do seminário, haverá a apresentação de iniciativas e trabalhos de grupo, além de plenários para diálogos que vão estabelecer as bases da elaboração do documento final. À noite, serão exibidos vídeos relacionados ao tema.

O encontro é fruto de uma parceria entre o PNUD, o Projeto Gestão Ambiental e Territorial Indígena (GATI), a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), o Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF) e o Instituto Internacional de Educação do Brasil (IIEB). O seminário conta ainda com o apoio do Centro de Trabalho Indigenista (CTI), da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e do Instituto de Pesquisa e Formação Indígena (Iepé).

Acesse aqui a programação completa do evento.

Serviço
Evento: Seminário Nacional sobre Formação Indígena para a Gestão Territorial e Ambiental.
Data: 4 a 6 de maio de 2016.
Endereço: Centro Cultural Brasília/CCB, L2 Norte, quadra 601, Brasília-DF.
Mais informações: Robert Miller (9963-7126), Vera Olinda (9845-8911) e Marcela Menezes (9643-6211).