PNUD é 2ª organização mais transparente na área de cooperação e desenvolvimento

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) foi escolhido como a 2ª organização mais transparente do mundo na área de cooperação e desenvolvimento pela campanha “Publique o que você financia”. Iniciativa avaliou as 45 maiores agências de financiamento para elaborar o ranking Índice de Transparência em Cooperação, divulgado nesta semana (20).

PNUD apoia com recursos financeiros associação de coleta de lixo e reciclagem no Peru. Foto: PNUD/Omar Lucas

PNUD apoia com recursos financeiros associação de coleta de lixo e reciclagem no Peru. Foto: PNUD/Omar Lucas

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) foi escolhido como a 2ª organização mais transparente do mundo na área de cooperação e desenvolvimento pela campanha “Publique o que você financia”. Iniciativa avaliou as 45 maiores agências de financiamento para elaborar o ranking Índice de Transparência em Cooperação, divulgado nesta semana (20).

O organismo da ONU pontuou 95,4%, valor que representa um aumento de 2,1% em relação ao seu índice anterior, publicado em 2016. Com a classificação no topo da lista, o PNUD é a agência das Nações Unidas mais bem colocada em todo o levantamento.

A Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA), vinculada ao Grupo Banco Mundial, ficou em sexto lugar, à frente do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), ocupante da nona posição do ranking. A Corporação Internacional de Finanças, também do Grupo Banco Mundial, foi classificada em 27ª. Mais abaixo, o Escritório da ONU de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) ocupa a 41ª posição.

“Transparência é um pilar de nosso trabalho no PNUD. Lutamos continuamente para encontrar meios efetivos e inovadores de garantir o alcance do nosso objetivo de ser um parceiro confiável e transparente para todos os interessados em nosso trabalho”, afirmou o administrador do programa, Achim Steiner.

PNUD lança novo portal de transparência

No mesmo dia da divulgação do ranking, o PNUD lançou seu novo Portal da Transparência, que disponibiliza ferramentas inéditas para informar o público e seus parceiros sobre o trabalho do programa. O site apresenta informações detalhadas sobre os 3.937 projetos mantidos pela agência em 153 países, com dados sobre uso de orçamento e contribuições de doadores.

Acesse a plataforma clicando aqui.

O PNUD é membro da Iniciativa Internacional de Transparência em Cooperação (IATI), desde a criação do projeto, em 2008. Como integrante da estratégia, o programa da ONU defende que países e outras agências das Nações Unidas adotem padrões reconhecidos de transparência, seja no planejamento do desenvolvimento nacional, na gestão das finanças públicas ou na prestação de contas em financiamento humanitário.

“Acolhemos a colocação deste ano e estamos orgulhosos por termos continuado a melhorar nosso desempenho geral no Índice de Transparência em Cooperação. E parabenizamos o crescente número de organizações que decidiram se comprometer com a transparência e participar desse valioso índice”, acrescentou Steiner.

Desde a última revisão do índice, em 2016, o PNUD aprimorou a divulgação de informações sobre seus projetos, aumentando o número de documentos e avaliações de resultados disponíveis para o público.


Mais notícias de:

Comente

comentários