Ao abrir a cerimônia, a representante-residente do PNUD no Brasil, Katyna Argueta, destacou que o RDH explora, com novas lentes, as diferentes desigualdades nos distintos grupos populacionais. Foto: Pedro Maziero

Ao abrir a cerimônia, a representante-residente do PNUD no Brasil, Katyna Argueta, destacou que o RDH explora, com novas lentes, as diferentes desigualdades nos distintos grupos populacionais. Foto: Pedro Maziero

Ao abrir a cerimônia, a representante-residente do PNUD no Brasil, Katyna Argueta, destacou que o RDH explora, com novas lentes, as diferentes desigualdades nos distintos grupos populacionais. Foto: Pedro Maziero

Ao abrir a cerimônia, a representante-residente do PNUD no Brasil, Katyna Argueta, destacou que o RDH explora, com novas lentes, as diferentes desigualdades nos distintos grupos populacionais. Foto: Pedro Maziero