PNUD apoia elaboração de plano de desenvolvimento do Paraná

Foto: Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social

Por meio de parceria com o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) apoiará a definição dos indicadores a serem usados no Plano Plurianual (PPA) e a proposição dos macro-objetivos do Plano de Desenvolvimento de Longo Prazo (PDLP) do Paraná, ambos em fase de elaboração.

O PPA é um plano de médio prazo que estabelece as diretrizes, objetivos e metas a serem seguidos pelo governo ao longo de quatro anos. Já o PDLP definirá metas e objetivos estratégicos para o estado para os próximos 20 anos.

Na última semana, técnicos do PNUD estiveram em Curitiba com a proposta de ministrar o primeiro treinamento para capacitar pesquisadores do IPARDES na utilização da ferramenta de simulação “International Futures” (IFs), usada para analisar tendências em curto, médio e longo prazos, levando em consideração áreas como meio ambiente, economia, agricultura e educação. Participaram da capacitação pesquisadores do IPARDES e representantes da Itaipu Binacional.

De acordo com o gerente de projetos da Unidade de Desenvolvimento Humano do PNUD, Gabriel Vettorazzo, o treinamento e a geração de relatórios com cenários futuros sobre o Paraná são resultado de uma parceria já firmada com Itaipu, dentro do projeto “Oeste 2030: Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável”.

Para o diretor-presidente do IPARDES, Carlos Gomes Pessoa, o produto dessa parceria com o PNUD proporcionará um suporte científico inovador para o estado. “As simulações da International Futures nos ajudarão na reflexão sobre os indicadores que comporão o PPA e PDLP, contribuindo para o acompanhamento e alinhamento das ações de governo rumo ao desenvolvimento sustentável do Paraná”, afirmou.

O treinamento também é um desdobramento do projeto “Cenários e Análises Subnacionais para o Alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)”, que envolve a participação de parceiros técnicos da Rede ANIPES (Associação Nacional das Instituições de Planejamento, Pesquisa e Estatística) juntamente com o PNUD.