Pedidos de registros de patentes sobem 11% em 2011, diz OMPI

China, Japão e Estados Unidos somam 82% do crescimento total, com a empresa chinesa “ZTE Corporation” reunindo a maioria dos registros.

Os registros de patentes internacionais tiveram em 2011 seu crescimento mais rápido desde 2005, disse nesta segunda-feira (05/03) o Diretor-Geral da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), Francis Gurry, acrescentando que isso sinaliza uma recuperação estável apesar das condições econômicas globais.

Mais de 180 mil pedidos de registro de patentes foram submetidos ao Tratado de Cooperação de Patente (PCT), administrado pela OMPI, representando um crescimento de 11%. “Isso ressalta o papel importante desempenhado pelo sistema PCT em um mundo onde a inovação é uma característica de importância crescente na estratégia econômica”, disse Gurry. “Isso também mostra que as empresas continuaram a investir em inovação, mesmo em tempos de incerteza econômica”.

China, Japão e Estados Unidos somam 82% do crescimento total, com a empresa chinesa “ZTE Corporation” reunindo a maioria dos registros. A OMPI afirma que patentes relacionadas às comunicações digitais lideram um total de 7,1% dos registros, fazendo este o campo com o maior número de pedidos de registro seguido de máquinas eletrônicas, tecnologia médica e informática.