Parceiro de agência da ONU lança campanha para levar energia sustentável a campos de refugiados

Lanterna solar ajuda mãe e filho somalis no campo de refugiados em Kobe, no leste da Etiópia. Foto: Fundação IKEA/Åsa Sjöström

A Fundação IKEA lançou na segunda-feira (3) a campanha “Vidas mais Brilhantes para Refugiados”, que, durante dois meses, vai arrecadar fundos para fornecer lâmpadas solares e outras tecnologias de energia sustentável para os acampamentos da agência da ONU para os refugiados (ACNUR) em países como Bangladesh, Chade, Etiópia e Jordânia.

Para cada lâmpada LED da IKEA vendida até o dia 29 de março, um euro será doado para a agência.

Em muitos campos de refugiados, não há luz após o pôr do sol, o que prejudica a segurança das pessoas, principalmente mulheres e crianças, além de atrapalhar atividades básicas, como estudar, ir ao banheiro, visitar um amigo.

“Em 2013, mais de dois milhões de pessoas tornaram-se refugiadas – um recorde em quase 20 anos. Com as emergências humanitárias em curso, o apoio do setor privado torna-se mais crucial e mais urgente. Essa campanha representa um novo e único capítulo em nosso relacionamento com a Fundação IKEA, a maior parceira do ACNUR no setor privado. Juntos, esperamos conseguir transformar as vidas de muitos refugiados”, disse o alto comissário da ONU para Refugiados, António Guterres.

Segundo o diretor-geral da Fundação, Per Heggenes, a campanha “vai ajudar a levar luz e energia renovável para as ruas e lares nos campos de refugiados, para que o ACNUR possa auxiliar na construção de uma vida cotidiana melhor para crianças e famílias refugiadas”.