Para Secretário-Geral da ONU, futuro do planeta depende de desenvolvimento sustentável

Durante palestra em universidade norte-americana, Ban Ki-moon oferece caminhos para superar fase de transição mundial.

O mundo está passando por grandes mudanças econômicas, políticas e de desenvolvimento, afirmou o Secretário-Geral da ONU nesta quinta-feira (17). Em palestra na Universidade Stanford, na Califórnia, Estados Unidos, Ban Ki-moon destacou três caminhos essenciais para superar esta transição: avançar realmente no desenvolvimento sustentável; ajudar pessoas a satisfazer suas aspirações de democracia e dignidade; e empoderar mulheres e jovens.

“Ao longo dos tempos, pessoas disseram que o mundo está em meio a uma grande mudança. Mas o nível e o grau de mudança global que enfrentamos hoje é muito mais profundo do que em qualquer outro período da minha vida adulta. Eu chamo esse período de a grande transição”, declarou Ban.

O Secretário-Geral observou que a transição é econômica, uma vez que os motores do crescimento e do poder econômico continuam a mudar com a ascensão da região Ásia-Pacífico; mas é também de desenvolvimento, com a busca de um caminho mais sustentável para as pessoas e para o planeta; assim como política, com as mudanças históricas para além do mundo árabe trazendo nova esperança para lugares que há muito tempo têm sido desertos de democracia.

“Acredito que estamos diante de uma oportunidade única. Porque as mudanças que enfrentamos são muito profundas – as decisões que tomamos terão um impacto mais profundo e mais duradouro do que talvez qualquer outro conjunto de decisões das últimas décadas”, avaliou. “Nós não temos tempo a perder.”

Sobre o desenvolvimento sustentável, Ban destacou que nos próximos 20 anos, o mundo precisará de no mínimo 50% a mais de comida, 45% a mais de energia e 30% a mais de água.

“No ritmo atual, em breve vamos precisar de dois planetas Terra. Mas temos apenas um planeta. Não pode haver nenhum plano B, porque não há um planeta B. Tanto a ciência quanto a economia nos dizem que temos de mudar de curso – e logo.”

Enquanto se trabalha para alcançar o desenvolvimento sustentável, também é vital lutar por uma paz sustentável, ressaltou o Secretário-Geral, destacando em particular os desafios que a ONU enfrenta com os conflitos em curso na Síria e no Mali.

Este momento de grande transição é também um período de grande oportunidade, de acordo com o chefe da ONU. “E acredito que com a sua ajuda e apoio, as Nações Unidas e a comunidade internacional podem e irão se fortalecer”, acrescentou Ban.


Comente

comentários