‘Países vizinhos à Síria estão sobrecarregados’, alerta representante da ONU

Apesar dos esforços da comunidade internacional, os países vizinhos estão recebendo grande número de refugiados sírios e precisam de ajuda financeira com urgência.

Refugiados sírios esperam na área de recepção do campo jordaniano de Azraq. Foto: ACNUR/ J.Q.Chen

Refugiados sírios esperam na área de recepção do campo jordaniano de Azraq. Foto: ACNUR/ J.Q.Chen

Em visita à Jordânia, o subsecretário-geral de Assuntos Humanitárias, Stephen O’Brien, agradeceu a ajuda da comunidade internacional aos refugiados sírios, mas ressaltou que os países vizinhos estão sendo sobrecarregados e precisam de mais auxílio.

Segundo o Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), cerca de 630.000 refugiados sírios foram registrados na Jordânia, mas há ainda muitos outros casos irregulares no país.

O’Brien destacou que uma responsabilidade desproporcional foi dada aos países da região. Apesar da grande ajuda financeira recebida para solucionar a crise na Síria, uma injeção maior de doações é necessária para garantir as operações, alertou OCHA. Apenas 38% dos 7,4 bilhões de dólares necessários chegaram para dar auxílio à Síria e países vizinhos esse ano.

“Eu agradeço àqueles que já contribuíram, mas peço agora que cada país da comunidade internacional preste mais apoio à Jordânia e outros países da região para aumentar a resposta da ajuda humanitária emergencial”, afirmou O’Brien, frisando a responsabilidade compartilhada do mundo de responder às necessidades humanitárias criadas com a crise na Síria.