Organização Mundial da Saúde identifica países em risco de epidemia de ebola

Devido à sua proximidade com os países que sofrem com o surto, Benin, Burkina Faso, Costa do Marfim, Guiné-Bissau, Mali e Senegal correm risco de propagação do ebola.

O mapa mostra os lugares com maior transmissão do ebola. Fonte: OMS

“Os seguintes países têm fronteiras terrestres e importantes ligações de transporte com os países afetados e, portanto, possuem o risco de propagação do surto de ebola: Benin, Burkina Faso, Costa do Marfim, Guiné-Bissau, Mali e Senegal”, informou na sexta-feira (29) a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A agência da ONU também disse que neste momento está trabalhando com estes países para “garantir que os planos de vigilância e de resposta ao ebola estejam funcionando da forma devida”.

O mais recente número de casos de ebola em Guiné, Libéria, Nigéria e Serra Leoa é de 3.069, com mais de 1.552 mortes, fazendo deste surto o maior já registrado.