OPAS: remédios devem ser entregues a pacientes com orientações sobre consumo e em doses adequadas

Em nova publicação sobre uso racional de medicamentos, Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) alerta que a disponibilização dos fármacos nas redes de saúde deve vir acompanhada de mais informações para pacientes. Assistência farmacêutica deve ser fortalecida, segundo especialistas.

Disponibilização de medicamentos para pacientes deve ser feito com orientações e na dose correta, alertam especialistas em nova publicação da OPAS. Foto: Pixabay

Disponibilização de medicamentos para pacientes deve ser feito com orientações e na dose correta, alertam especialistas em nova publicação da OPAS. Foto: Pixabay

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) publicou nesta semana (19) mais um fascículo da série “Uso Racional de Medicamentos”. No novo capítulo, o tema é a disponibilização adequada de remédios para os pacientes nas redes de saúde.

A publicação aborda a diferença entre dois processos distintos que especialistas chamam “dispensação” e “entrega” de fármacos.

“A dispensação enquanto serviço integrado às ações de saúde na rede de atenção tem como elementos norteadores a promoção do uso racional de medicamentos para população e a efetiva participação do farmacêutico, enquanto na entrega de medicamentos nem todas as informações necessárias para o uso correto de medicamentos estão asseguradas”, explica o farmacêutico e mestre em Saúde Pública, José Miguel do Nascimento Júnior, um dos autores do fascículo.

A dispensação de medicamentos pode ocorrer durante a consulta farmacêutica ou diretamente nos pontos de acesso da Rede de Unidades de Saúde. Neste momento, segundo os especialistas, é fundamental assegurar que o medicamento seja entregue ao usuário certo, na dose prescrita, na quantidade correta e com orientações sobre seu uso.

De acordo com Nascimento, é por isso que o desenvolvimento de políticas específicas que fortaleçam a assistência farmacêutica e readequem o modelo da Rede de Atenção à Saúde (RAS) se torna cada vez mais necessário.

Para acessar o fascículo, clique aqui.

Saiba mais sobre a série “Uso Racional de Medicamentos” clicando aqui.