ONU treina Polícia Nacional do Timor Leste

160 oficiais participam de curso oferecido pela Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento e pela Missão Integrada no país. O programa aborda má conduta da profissão.

Policiais do Timor Leste participaram a partir deste mês de um curso para abordar má conduta no exercício da profissão. O projeto apoiado pela polícia da Missão Integrada das Nações Unidas em Timor Leste (UNMIT), em parceria com o Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento (PNUD), vai durar três meses – entre os dias 4 de outubro e 31 de dezembro – e tem o objetivo de aumentar a credibilidade da polícia local durante o processo de recuperação do país.

“Uma força policial que toma ações apropriadas para lidar com infrações disciplinares ganha confiança e credibilidade na comunidade”, afirmou o Diretor Nacional Adjunto do PNUD, Alissar Chaker. O programa tem cinco áreas prioritárias: legislação, treinamento, administração, disciplina e operações. Após completar o curso, 160 oficiais servirão como líderes da Polícia Nacional do Timor Leste (PNTL).

No início deste ano, a UNMIT completou a entrega do comando das operações para a força nacional. Desde 2006, a ONU ajuda a estabilizar o país após a greve das forças armadas que provocou uma onda de violência no país. “Os oficiais da PNTL dão boas-vindas ao treinamento e à oportunidade de aumentar a responsabilidade da polícia do Timor Leste em questões importantes”, defendeu o comandante PNTL, Carlos Almeida Sousa Jeronimo.