ONU socorre vítimas das enchentes no Haiti

Trabalhadores da Força de Paz ajudam a socorrer vítimas no Haiti, onde enchentes causadas por tempestades mataram pelo menos dez pessoas esta semana na capital, Porto Príncipe. Desde a noite de segunda-feira (06/06), seis regiões foram duramente atingidas – Carrefour, Cité Soleil, Delmas, Pétion-Ville, Gressier e Les Palmes -, informou hoje o Escritório das Nações Unidas de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

O OCHA dispõe de kits de combate ao cólera e de assistência médica para atender a 120 mil pessoas, além de abrigos emergenciais para até 110 mil famílias. Também há estoques de alimentos como cereais, grãos, óleo e sal para distribuição rápida, se necessário.

Capacetes azuis e funcionários do OCHA estão trabalhando com equipes de emergência e a Organização Internacional para as Migrações (OIM) na avaliação dos danos causados pelas chuvas e inundações. Trabalhadores das Forças de Paz também transferiram alguns deslocados internos e seus pertences para campos em locais mais seguros.

A Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH) informou que tem helicópteros prontos para retirada de pessoas e também disponibilizou equipamentos de engenharia.

Na semana passada, a ONU informou que o Haiti está mais bem preparado que no ano passado para a temporada de furacões que começou oficialmente em 1o. de junho. Mas meteorologistas alertam que esta temporada pode ter uma atividade acima do normal, com até 18 tempestades tropicais e furacões na região do Caribe.