ONU promove semana de vacinação para imunizar 60 milhões de pessoas nas Américas

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Semana de Vacinação nas Américas, tem início no próximo sábado (22) e se encerra no dia 29 de abril. Iniciativa é da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e completa 15 anos em 2017.

Atividades especiais estão previstas no Brasil e no México. Desde 2003, campanha imunizou 640 milhões de pessoas vivendo no continente americano.

Personagens da Vila Sésamo estrelam campanha de vacinação da OPAS. Imagem: OPAS

Personagens da Vila Sésamo estrelam campanha de vacinação da OPAS. Imagem: OPAS

Mais de 60 milhões de pessoas receberão imunização durante a Semana de Vacinação nas Américas, que tem início no próximo sábado (22) e se encerra no dia 29 de abril. Iniciativa é da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e completa 15 anos em 2017. Atividades especiais estão previstas no Brasil e no México.

Durante a campanha, Estados-membros da agência regional da ONU planejam vacinar suas populações contra rubéola, sarampo, difteria, gripe, febre amarela, diarreia provocada por rotavírus, caxumba, papilomavírus humano (HPV), tétano neonatal e coqueluche.

“Nestes 15 anos, demonstramos que a vacinação é uma das estratégias mais poderosas para prevenir doenças e salvar vidas”, afirmou a diretora da OPAS, Carissa Etienne, por ocasião do lançamento da iniciativa. Desde 2003, 640 milhões de pessoas foram vacinadas no âmbito da campanha.

Em 2015, a rubéola e a síndrome congênita a ela associada foram declaradas como problemas de saúde eliminados nas Américas. No ano seguinte, a região também obteve a certificação para a eliminação do sarampo. A vacinação contra as duas doenças continua para minimizar o risco de ressurgimento dos vírus, sobretudo porque os agentes patogênicos podem vir de outros territórios.

Outro avanço citado pela OPAS é a erradicação da poliomielite, doença da qual o continente americano está livre há 25 anos. Atualmente, 28 países-membros vacinam contra o pneumococo e 19 nações contra o rotavírus e o HPV.

Iniciativas no México e no Brasil

Uma série de eventos da Semana de Vacinação ocorrem no México e no Brasil. Em 24 de abril, o México será o anfitrião do primeiro lançamento regional, que acontece na Secretaria de Saúde do país, na capital mexicana.

A segunda atividade ocorrerá em 29 de abril, quando uma aldeia indígena de Rondônia — a Linea 9 Amaral, da etnia Suruí — sediará o lançamento da iniciativa da OPAS. A ideia é levar vacinas para um dos grupos prioritários visados pelas iniciativas da agência da ONU e pelo governo brasileiro. O evento faz parte das celebrações para o Mês de Vacinação dos Povos Indígenas, organizado pelo Brasil.


Mais notícias de:

Comente

comentários